Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!




ATUALIZAÇÕES DO FÓRUM




Absolutamente TUDO de novo que foi adicionado ao fórum DEVE ser postado neste tópico (localizado em "Noticias e Atualizações" do Mural Divino). Esse é um tópico de uso exclusivo da ADM para expor novas informações e servirá como um meio de comunicação onde os players poderão se manter atualizados sobre aquilo que vem acontecendo dentro do fórum.
Por isso peço encarecidamente que sempre estejam olhando este tópico e que o enviem aos novatos para se ater das mesmas coisas que vocês, avisem colegas e amigos sempre que virem algo novo acontecendo.
Se você, jogador, tiver algo para falar a respeito do que foi postado aqui, use nossa chatbox ou mesmo o tópico da central de atendimento: http://www.heroisdoolimpo.com/t46-central-de-atendimento-ao-campista

IMPORTANTE: Esse tópico é para ser atualizado sempre que algo mudar, não precisa ser preenchido somente por Ártemis e Hefesto. Se vc tem algo novo para postar, POSTE COMO COMENTÁRIO AQUI, seja uma mega missão, ou qualquer outra coisa.

Veja em: http://www.heroisdoolimpo.com/t2341-atualizacoes-do-forum-leiam-e-fiquem-por-dentro-do-que-esta-acontecendo

Novidades serão postadas como comentários ao longo do tópico!



Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Acampamentos » Acampamento Meio-Sangue » Outros Locais » Floresta » 

Ir à página : 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 2]

Mini-Missão Cavaleiro da Morte

por Íris em Seg 17 Dez 2012 - 15:47

Íris

Íris
Deusa Menor
Deusa Menor
Ver perfil do usuário
Era uma manhã fria e úmida, Petala voltava para a Casa Grande com os relatórios matinais e havia deixado Fofuxa amarada do lado no corrimão firme da varanda. Ela sabia que Quíron esperava por ela, então seguiu direto para a sala de reuniões. Se sentou à mesa de ping-pong e esperou o centauro entrar para pegar as informações que coletara. Alguns minutos se passaram e finalmente o coordenador do acampamento apareceu.
- Petala, preciso de um favor urgente seu - ela logo se levantou, percebeu que era sério, pois o centauro esta ofegante - Ah um monstro estranho na floresta, descubra, mate e pegue um fragmento de seu corpo e roupas, vamos estudá-lo mais tarde. Ele é perigoso, um novato estava andando por perto e foi atacado brutalmente, ele esta muito mal, disse ser um Cavaleiro da Morte. Aqui pegue estes frascos para guardar os fragmentos, quero uma descrição detalhada quando chegar aqui. Tome cuidado Petala, ele tem companhias. - ela pegou os frascos, entregou os relatórios e saiu em disparada, processando rapidamente as palavras de comando.
5 min a garota já estava equipada e entrava na floresta com Fofuxa. Ela não via nada de estranho na floresta, e seguia silenciosa para o punho de Zeus, sabendo que teria uma boa vista de lá. A campista sentia que algo a seguia com o olhar e não gostava nada daquilo, sempre atenta, parou na clareira que se encontrava o amontoado de pedras parecendo um punho. Ela olhou a sua volta e logo seu cheiro forte atraiu monstros, com o coração acelerado e adrenalina viajando pelas veias ela avistou dois monstros, à 40 metros de distância.

Hiena do submundo/ menor: 350 de vida
Hiena do submundo/ maior: 400 de vida

Petala: (167/167) de vida
(145/145) de energia


monstros:

#1

Re: Mini-Missão Cavaleiro da Morte

por Petala em Seg 17 Dez 2012 - 21:35

Petala

Petala
Filho(a) de Atena
Filho(a) de Atena
Ver perfil do usuário

Passei rapidamente no meu chalé para pegar meus itens: Coloquei minha armadura de guerra, coloquei minha adaga na cintura, guardei os frascos na mochila e fui andando com a espada na mão até a floresta. Chegando na entrada respirei fundo e continuei minha missão. Na medida em que caminhava na direção do punho de Zeus senti ser observada, e aquilo me incomodava. Quando cheguei ao meu destino, na clareira onde poderia ter uma varredura melhor da floresta, notei a aproximação de 2 feras. Fiz uma análise ao redor para saber se mais nada apareceria, por enquanto, era apenas as duas.

_ São... hienas? - Observava aquelas duas criaturas, estudando seu porte e traçando planos. Intuitivamente transmutei minha pulseira em escudo e posicionei minhas pernas para melhor movimentação de batalha. Eram feras, obviamente, não eram nada inteligentes, atacariam apenas pelo instinto. Seriam velozes graças a disposição das patas, e quanto aos ataques, teriam estilos semelhantes aos de qualquer canídeos: arranhões e mordidas. Era isso que eu teria que evitar. Estávamos a 40 metros uns dos outros, teria tempo para bolar algo. Agilmente peguei na minha mochila uma faca de arremesso e segurando minha espada na mão que prendia ao escudo esperei o momento certo. Caso as hienas se aproximassem eu arremessaria a faca na direção de uma,voltaria minha espada para a mão livre e prepararia meu escudo para o ataque da outra. Adaptaria o seguinte estilo de batalha: usaria meu escudo grande para evitar as mordidas e com a espada longa afastaria ambas quando necessário, além de tentar, em todos contra-ataques acerta-las com minha lâmina. Também usaria as próprias lâminas do escudo para corta-las, além de bater na cabeça delas com o metal. Caso elas não ataquem fico parada observando-as.

Spoiler:
Considere:
Sabedoria: Por ser filho de Atena, você é o mais sábio entre os campistas, e saberá usar sua inteligência em batalha. Também pode ler muito rapidamente, e em qualquer língua ou dialeto. ( Para a análise de guerra das fera, também considerar conhecimento de bestas do livro: O domador.)
Ambidestria: O herói controla armas com as duas mãos com total habilidade. ( Para ataques e defesas simultâneas)
Flexibilidade com Armadura: O filho de Atena, poderá se locomover bem em batalhas, de forma que a armadura não lhe causa algum problema, desconforto ou atrapalhe. ( Movimentação em batalha sem perder a velocidade, necessária no combate contra canídeos)
Regeneração de Batalha I: Os heróis regeneram 2 pontos de vida & 2 pontos de energia por rodada, quando estão em batalha.
Pericia com Escudos [Intermediário]: Garante o nível Intermediário para pericia com Escudos. Permite ao herói treinar as demais pericias até o nível Intermediário. ( Defesa aprimorada no combate contra feras)
Adaptador[Intermediário]: Após completar todos os golpes do nível [Inicial] existentes para certo tipo de arma, o filho de Atena pode elevar a perícia desta arma para o nível [Intermediário]. ( Habilidade intermediária com a espada e perícia inicial corporal)

#2

Re: Mini-Missão Cavaleiro da Morte

por Íris em Seg 17 Dez 2012 - 23:47

Íris

Íris
Deusa Menor
Deusa Menor
Ver perfil do usuário
As hienas eram selvagens, mas nada ingênuas, elas pensavam claramente e, em alguns segundos, Petala percebeu que elas pulavam rapidamente, uma pela direita e outra pela esquerda. Elas eram ágeis e pulavam a alturas surpreendentes, quando tomavam impulso. A hiena da direita avançou morder a perna da filha de Atena, procurando aleija-la, e a da esquerda atacou o pescoço da garota. De uma forma, ou de outra, ela sairia ferida, amenos que fosse muito sábia.


Hiena do submundo/ menor/ à esquerda: 350 de vida
Hiena do submundo/ maior/ à direita: 400 de vida

Petala: (167/167) de vida
(145/145) de energia

#3

Re: Mini-Missão Cavaleiro da Morte

por Petala em Ter 18 Dez 2012 - 0:11

Petala

Petala
Filho(a) de Atena
Filho(a) de Atena
Ver perfil do usuário
Analisei, sem me surpreender, a forma como elas se moviam, em saltos e muito velozes e me preparei para o confronto. Conhecia bem os movimentos de uma canídeo ( mesmo esses sendo geneticamente crescidos). A hiena menor tentou atacar meu pescoço e para isso teria que saltar, enquanto a que atacou minha perna a direita por ser a maior não teria/poderia que fazer o mesmo, já que almejava minha perna. Estava preparada pra isso. Assim que a menor saltasse, ela não poderia mais mudar a direção do salto, e por isso assim que ela saltasse, esticaria meu braço que segurava a espada na direção dela para que o próprio peso da besta fosse o suficiente para que a espada fincasse no corpo dela. Mantive minhas pernas bem fixas ao chão para não perder o equilíbrio. E POR ESTAR ATENTA A MOVIMENTAÇÃO, a maior, assim que tentasse morder minha perna, á direita, colocaria meu escudo entre nós duas bem na hora para que ela se chocasse contra ele. Minha ambidestria ajudaria para que a força empregada em cada uma das mãos fossem firmes. Caso consiga interceder o ataque da maior, tentaria corta-la, num combo de contra ataque, com as lâminas do meu escudo.


Spoiler:
Considerar todas as passivas do post anterior

#4

Re: Mini-Missão Cavaleiro da Morte

por Íris em Qua 19 Dez 2012 - 23:57

Íris

Íris
Deusa Menor
Deusa Menor
Ver perfil do usuário
Petala foi sábia ao levantar sua espada, isso matou uma das hienas, mas por outro lado, o peso arrancou a espada de suas mãos e ela ainda tinha um monstro para combater. A segunda e mais forte hiena, encostou suas patas no chão e tomou um novo impulso, pulando por cima do escudo que a jovem havia abaixado para proteger a perna, o monstro mordeu sem muita gravidade a lateral do abdômen da menina (-35) e se afastou, indo a uma clareira, perto da espada da garota. Se ela quisesse o item de volta, teria que lutar no campo aberto.
PS: A filha de Atena está a 50 metros do cão, que está a 5 metros da espada.


Hiena do submundo/ maior/ à direita: 400 de vida

Petala: (132/167) de vida
(145/145) de energia

#5

Re: Mini-Missão Cavaleiro da Morte

por Petala em Qui 20 Dez 2012 - 0:27

Petala

Petala
Filho(a) de Atena
Filho(a) de Atena
Ver perfil do usuário
8) Meu plano deu certo em partes: Dei um hit kill num dos monstros porém fui acertada pelo outro, de leve por causa da posição do escudo ter forçado, de última hora, uma contra reação da hiena maior.

Perdi minha espada na execução do ataque porém isso não era o que me incomodava de verdade. O fato da hiena ter mudado de investida em cima da hora para me acertar um golpe foi inteligente. Mudar táticas no ato exige um grau de raciocínio muito superior ao das bestas comuns. Encostei onde ela tinha me ferido, aquilo incomodava, mas eu precisava me concentrar na batalha. Observei ao meu redor mais uma vez analisando o lugar, tudo o que eu não queria era uma surpresa desagradável. Então percebi que a hiena havia recuado, muito por sinal, porém perto o suficiente da minha espada. Meu cérebro estava trabalhando a mil naquele momento.

" Ela é capaz de se mover muito rápido, tem impulsos impressionantes e tem algum senso de batalha, não me admira o campista novato ter se machucado tanto, ela está dando trabalho para mim. Mas já sei o que fazer, vou usar da inteligencia dela contra ela mesma."

Percebi que a intensão dela era me forçar a buscar a espada, já que ela tinha recuado para perto dela, passaria a impressão de que eu faria de tudo para ir pegar meu item, mostraria pra ela uma fragilidade e uma necessidade de ir buscar aquilo que ela se apressou em ir proteger . Uma impressão que eu não poderia fazer nada sem a espada. Numa tentativa de vê-la abrir a guarda ao achar que eu estava desarmada.

Cobrindo com o escudo minha adaga envenenada na cintura e pegando-a sem deixá-la notar, começo a dar passos lentos na direção da minha arma caída. Deixando transparecer um medo bolado, já que, todo predador sente o medo da presa e analisando cara movimento da hiena, qualquer que fosse a investida dela, manteria os passos uniformes e adaptaria minha defesa mais avançada para o contra ataque perfeito:

Se ela apenas corresse na minha direção correria em sua direção também e no instante do impacto tiraria o escudo da frente e jogando meu corpo para o lado no momento mais adequado fincaria minha adaga em qualquer parte do seu corpo e bastaria para o próximo movimento.

Caso ela salte com sua super impulsão esperarei a hora certa, e farei um rolamento simples para a diagonal que me daria uma aceleração necessária para completar o golpe: lançaria meu escudo assim que eu levantasse do rolamento, ou seja, uniforme a queda dela ao chão, e para saltar ou correr, um monstro do tamanho dela deveria obedecer a inércia e demorar uns segundos para conter a força que a manteria em movimento pós tamanha impulsão.

Caso ela apenas fique parada vou até minha espada e de fato a pego no chão atenta a tudo ao meu redor ( caso ela tente me atacar enquanto eu pego a espada eu largo-a e coloco em prática o plano 1 pois tão perto de mim ela não teria como tomar uma impulsão anormal) , o que me deixaria próxima a hiena, então tentaria acertar uns golpes de corte sempre na horizontal para que minha defesa não fosse desbancada mesmo em ataque.

Considerar
Adaga envenenada: Esta Arma causa uma paralisia proporcional ao dano causado. Ou seja, danos pequenos, dificultam a movimentação. Danos médios, paralisam de 1 a dois turnos. Danos críticos, paralisia total por mais de dois turnos. Se for acertado muitas vezes, danos pequenos, o veneno causa vômitos ao oponente

Caso seja executado o plano 2:

Nível 5 - Escudo Bumerangue: Os filhos de Atena podem usar o seu escudo como arma, arremessando-o até o inimigo. O uso desta habilidade requer 30 pontos de energia.

#6

Re: Mini-Missão Cavaleiro da Morte

por Íris em Qui 20 Dez 2012 - 15:44

Íris

Íris
Deusa Menor
Deusa Menor
Ver perfil do usuário
Como a filha de Atena previa, a hiena correu em sua direção com uma velocidade impressionante, assim que a garota pulou para o lado e enfiou profundamente, acertando o coração com sua adaga envenenada, o monstro virou pó. A menina se levantou e limpou o suor que escorria pelo seu rosto, feliz por ter sido tão fácil, mas, ela olhou para os lados, ainda tinha a mesma impressão de ser observada de longe por alguma coisa nada amigável e também sabia que não era a hiena o pior dos monstros, o que o novato havia enfrentado, certamente não era aquela inúteis feras. Petala se virou para a espada e, em cima do punho de Zeus, estava seu verdadeiro oponente, um homem sombrio, de 1 metro de 70, grandes e obscuros olhos, armadura e elmo completamente fechado, espada longa, que alcançava 90 centímetros de puro metal afiadíssimo, com uma aura escura, como o submundo... A filha de Atena recuou um paço, ela estava na frente de um monstro nunca visto antes. O Cavaleiro da Morte.

Cavaleiro da Morte: 600 de vida

Petala: (132/167) de vida
(145/145) de energia

Cavaleiro da Morte:

#7

Re: Mini-Missão Cavaleiro da Morte

por Petala em Qui 20 Dez 2012 - 17:58

Petala

Petala
Filho(a) de Atena
Filho(a) de Atena
Ver perfil do usuário
A hiena se movimentou exatamente como previsto e dei fim a ela também com um único golpe. Limpei-me feliz por ter dado jeito ao que ameaçava a floresta e coloquei minha adaga novamente na cintura, então caminhei até minha espada para pega-la. Só que ainda me incomodava a sensação de ser observada. Foi quando vi, muito distante de mim, em cima das pedras que formam o punho de Zeus, uma coisa que me deu calafrios por todo o corpo. Firmei os olhos para que pudesse analisá-lo melhor e ele tinha uma áurea que que eu conhecia muito bem: a áurea do mundo inferior, o mundo de Hades.

_ Bom, as hienas não eram nada, certo? ~Falei para mim mesma descrente ao saber que estava apenas dando "àquilo" um pequeno show com minhas habilidades, agora ele sabia do que eu podia fazer e eu, em contrapartida, não sabia exatamente nada sobre ele. Comecei a analisa-lo e a pensar no que fazer, mais uma vez, meu cérebro pensava em mil coisas enquanto meus grandes olhos cinzentos estudavam as possibilidades com tudo ao meu redor. Imediatamente comecei a usar o que tinha herdado de minha mãe: a Estratégia.

"Bom, ele só me viu atuando em campo aberto, preciso diminuir essa desvantagem mudando o cenário da batalha, além do mais ainda tenho algumas cartas na manga."

Aproveitando da distância entre nós, corri na diagonal contrária a dele, sem tirar os olhos do mesmo, rumo a floresta, assim que eu me adentrasse nela já logo ativaria uma de minhas mais úteis habilidades numa floresta: a camuflagem. Manteria meu ritmo acelerado até conquistar uma distância segura para colocar em prática meu segundo plano.

Caso ele arremesse em mim algo que me impeça de correr para a floresta farei um rolamento simples, contando com nossa distância e com minha habilidades estrategista ativada seria mais difícil de não notar alguma movimentação dele que me impedisse de adequar uma defesa avançada.

Assim que eu estiver segura e camuflada passarei um comando para Fofuxa de permanecer protegida nas sombras e se manter distante de mim, para quando eu der um sinal que ela solte seu melhor latido e faça uma movimentação de recuo para tirar a atenção do meu adversário. Que atentamente estarei estudando seus movimentos de aproximação.

Para que eu aplicasse a segunda parte do meu plano que era muito complexa e cheia de detalhes era necessária a certeza que de ele viria ao meu encontro. Para isso ficaria atenta a tudo ao meu redor, tentando buscar a todo momento de onde ele viria, para que, automaticamente eu adquirisse uma vantagem.

Considerar:

Nível 4 - Estrategista: Os filhos de Atena conseguem prever um movimento do inimigo ,tendo mais chance de acertar o alvo.[de 30 a 50% mais chance] O uso desta habilidade requer 25 pontos de energia.
Nível 2 - Camaleão: O filho de Atena sabe como procurar um esconderijo. normalmente se camufla muito bem, conseguindo encontrar um lugar pra fugir do perigo. O uso desta habilidade requer 15 pontos de energia.

#8

Re: Mini-Missão Cavaleiro da Morte

por Íris em Qui 20 Dez 2012 - 22:39

Íris

Íris
Deusa Menor
Deusa Menor
Ver perfil do usuário
A garota sabia que teria de arrumar uma nova forma de batalha, pois seria desvantagem depois de o monstro a observá-la numa clareira. Além de que, as árvores, poderiam ajudar muito na distração e na camuflagem. Depois de seguir para dentro da mata e avisar sua cadela infernal para ficar afastada, ela espiou o punho de Zeus, escondida. O homem descia das pedras olhando diretamente para Petala, que praguejou. Seu cheiro e a habilidade sobrenatural do monstro, era mais que suficiente para ele saber, pelo olfato, onde a filha de Atena estava. Ele não a enxergava, mas logo a encontraria. Com a espada levantada, foi se aproximando da árvore onde a garota estava, chegando a 10 metros ele viu um dos galhos se mexerem e encontrou o esconderijo. Com um brilho nos olhos e um sorriso psicótico o cavaleiro seguiu calmamente em linha reta, a cada passo, sua espada parecia ganhar mais força e brilho, assim como Petala, começava a se sentir aos poucos, muito aos poucos, fraca.

Cavaleiro da Morte: 600 de vida

Petala: (132/167) de vida
(145/145) de energia

#9

Re: Mini-Missão Cavaleiro da Morte

por Petala em Qui 20 Dez 2012 - 23:31

Petala

Petala
Filho(a) de Atena
Filho(a) de Atena
Ver perfil do usuário
O lado bom era que eu tinha conseguido entrar na floresta o que me daria a oportunidade de mudar minhas tática e me camuflar. Porém assim que eu tinha conseguido me camuflar percebi que por magia ou por hipersensibilidade ele ainda me notava e tinha noção de onde estava - xinguei em grego - e tive que mudar alguns pontos do meu plano no ato. Esperei em silencio enquanto ele se aproximada e borrifei um pouco do perfume - artefato das filhas de Afrodite"Herácles Personalité" - para me dar uma força sobre-humana, suficiente para surpreender meu adversário. Então contando seus passos comecei a medir a distância mais adequada para começar a movimentação. Estava pondo em prática um plano que possibilitaria uma ação rápida e sem muitas possibilidades de rota de fuga.

A cada passo dado em minha direção sua espada ganhava um brilho mais forte e uma tristeza tomava conta de mim, me enfraquecendo aos poucos, como se minha alma não quisesse mais o meu corpo. Eu tinha que manter muito minha concentração na batalha, caso contrário somente aquilo já seria uma distração fatal. Aliás, acredito que seria muito difícil para um semideus menos experiente do que eu se manter concentrado nessa situação, com certeza somente a presença desse monstro já era uma
forma da própria morte. Teria que manter uma distância. Na verdade, teria que acabar com aquilo rápido. E ele estava na posição perfeita para isso. Já que, sendo um espadachim, ele tenderia a ataques de curto alcance, logo teria que se aproximar de mim, e isso eu iria evitar com um ataque de média a longa distância.

Resolvi, como parte clímax da batalha, usar um combo de ataque feroz - o que era totalmente oposto do que eu costumava fazer numa batalha. Mas as vezes é preciso adaptar. Fiz um sinal positivo para minha cadela, bem adestrada ( livro O domador), fazendo-a entender que era esse o momento para o combinado. Ao mesmo tempo, já sentindo o efeito do perfume agir sobre meu corpo, preparei meu escudo para o golpe encantando-o com uma benção(Ασπίδα της Ευλογίας I): Assim que Fofuxa latisse e se movimentasse no lado oposto que eu e o cavaleiro estávamos, o que provavelmente criaria uma distração, eu levantaria e de onde eu estava já arremessaria meu escudo em forma de bumerangue, assim que ele saísse de minhas mãos, puxaria o anel de meu dedo para que as lâminas banhadas pelas sombras fossem de encontro a ele e rasgasse a armadura ( sombras é o elemento usado para romper defesas.).

Tática: Já que ele tinha estudado minha forma de batalha e notado que eu era uma espadachim, obviamente esperaria de mim investidas com minha espada ou adaga, porém o que ele não contava era com meu ataque a longa distância: o arremesso de escudo . Com o bônus do perfume minha força aumentaria consideravelmente, o que aumentaria proporcionalmente as rotações do escudo, ou seja, ele chegaria mais rápido, como ele estava próximo, um ataque tão rápido surpresa seria muito difícil de esquivar, com ou sem o susto da cadela infernal. As lâminas potencializariam as rotações e o elemento nelas ajudaria a quebrar a defensa da armadura. A benção no meu escudo combinada ao elemento impediria que as mesmas quebrassem com o impacto. Independente se ele se assustasse ou não com o latido poderoso de um cão infernal, eu estou sobre a benção de minha mãe com a estrategista, o que, sabendo a posição exata dele, eu poderia prever qual seria a próxima ação dele e no último instante mudar a direção do meu arremesso, sem sombras de dúvida ele era poderoso, mas eu também sou.


Caso ele sobreviva grito para que Fofuxa entre na batalha e comece a fazer aquilo que a ensinei ( Livro O domador): se movimentar em círculos ameaçando-o com rosnados, me dando tempo para recompor e pensar em algo.

Considere:
Nível 4 - Estrategista: Os filhos de Atena conseguem prever um movimento do inimigo ,tendo mais chance de acertar o alvo.[de 30 a 50% mais chance] O uso desta habilidade requer 25 pontos de energia.
Nível 5 - Escudo Bumerangue: Os filhos de Atena podem usar o seu escudo como arma, arremessando-o até o inimigo. O uso desta habilidade requer 30 pontos de energia.
Nível 6 - Ασπίδα της Ευλογίας I: O herói torna seu escudo mais rígido e ao mesmo tempo mais leve, podendo até mesmo quebrar armas de [Bronze][Comum]. O uso desta habilidade requer 40 pontos de energia e dura uma rodada.



#10

Re: Mini-Missão Cavaleiro da Morte

por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado


#11

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 2]

Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum