Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!




ATUALIZAÇÕES DO FÓRUM




Absolutamente TUDO de novo que foi adicionado ao fórum DEVE ser postado neste tópico (localizado em "Noticias e Atualizações" do Mural Divino). Esse é um tópico de uso exclusivo da ADM para expor novas informações e servirá como um meio de comunicação onde os players poderão se manter atualizados sobre aquilo que vem acontecendo dentro do fórum.
Por isso peço encarecidamente que sempre estejam olhando este tópico e que o enviem aos novatos para se ater das mesmas coisas que vocês, avisem colegas e amigos sempre que virem algo novo acontecendo.
Se você, jogador, tiver algo para falar a respeito do que foi postado aqui, use nossa chatbox ou mesmo o tópico da central de atendimento: http://www.heroisdoolimpo.com/t46-central-de-atendimento-ao-campista

IMPORTANTE: Esse tópico é para ser atualizado sempre que algo mudar, não precisa ser preenchido somente por Ártemis e Hefesto. Se vc tem algo novo para postar, POSTE COMO COMENTÁRIO AQUI, seja uma mega missão, ou qualquer outra coisa.

Veja em: http://www.heroisdoolimpo.com/t2341-atualizacoes-do-forum-leiam-e-fiquem-por-dentro-do-que-esta-acontecendo

Novidades serão postadas como comentários ao longo do tópico!



Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Acampamentos » Acampamento Meio-Sangue » Casa Grande » Livros e Fichas » 

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

 ✓[Ficha] Cassandra Thorn Empty ✓[Ficha] Cassandra Thorn

por Cassandra Thorn em Seg 17 Nov 2014 - 20:30

Cassandra Thorn

Cassandra Thorn
Filho(a) de Poseidon
Filho(a) de Poseidon
Ver perfil do usuário
Ω Nome: Cassandra Thorn (sobrenome real desconhecido)
Ω Idade: 15 anos
Ω Aparência: Cabelos castanho escuros, olhos castanho avermelhados e pele pálida. É pequena e delicada, com um rosto suave e uma aparência de princesa, delicada e suave.
_________________________________________________________________________________________________________________________
Características Psicológicas: É desconfiada, arisca e dificilmente confia nas pessoas. Sente um profundo ódio de toda sua família, seja ela quem for. Ser criada em um orfanato desde que nasceu a tornou rancorosa e também irritadiça, como o mar tempestuoso. Quando aceita alguém como amigo, é leal ao extremo, cuidando da pessoa e gostando de ser cuidada. É carente, mas nunca demonstra para pessoas, reservando seu carinho para os animais e seus poucos amigos.
Ω Humor: Desconfiada e séria.
Ω Três Qualidades: Decidida, leal e amável.
Ω Três Defeitos: Desconfiada, vingativa e teimosa.
_________________________________________________________________________________________________________________________

Ω História:
Desde que me lembro, vivia num orfanato. As pessoas que cuidavam da instituição, freiras que cuidavam do Orfanato St. Ana, me contavam que cheguei lá sozinha, em um berço lindo. Como se trazida pelo mar ou pelos ventos, já que estávamos ao lado do mar, em Long Island. Na temporada de furacões. Foi simplesmente ótimo, de modo que as freiras cuidavam de mim e tinham medo da criança estranha que surgira do nada. Achavam que eu era um monstro.
Sempre que podia, saia de perto delas para me sentar na praia, com os pés na água. Sorria vendo o lugar. Não sei como não fui expulsa, acho que por ser um orfanato. Mas passei por mais lares que qualquer das outras crianças. Cinco famílias tentaram me adotar. Nenhum ficou comigo por mais que dois dias. Todos me devolviam. Fosse algum acidente estranho, algum animal que nos atacava... Eu trazia azar, sempre.
Em menos de 10 anos fui considerada inapta para adoção. Foi melhor assim. Embora não tenha durado muito tempo. Cerca de 2 anos depois um homem, pouco mais velho, chegou. Usava chapéu e também mancava, mas insistiu em me levar. Mostrou papéis em branco para a Madre Superiora, que parecia achar que aqueles papéis davam a ele o direito de me levar. Fugi. Sem pensar duas vezes, peguei uma mochila e fugi do local, seguindo as ondas para longe, deixando que o mar apagasse minhas pegadas.
Sentia que o mar me protegia.
Dei muita sorte naquele dia. O monstro que me perseguia era nada menos que um Manticore, de modo que por pouco na me matou. O Sátiro que fora me tirar do orfanato conseguiu me tirar de lá, graças ao mar, que engoliu o monstro quando entrei nas ondas e o monstro me seguiu. A chegada ao acampamento foi simples, discreta quase. Era apenas mais uma garota discreta ali perto. Queria que meu pai me reconhecesse. Para que eu tivesse um nome para culpar pela minha vida horrível.

#1

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum