Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!




ATUALIZAÇÕES DO FÓRUM




Absolutamente TUDO de novo que foi adicionado ao fórum DEVE ser postado neste tópico (localizado em "Noticias e Atualizações" do Mural Divino). Esse é um tópico de uso exclusivo da ADM para expor novas informações e servirá como um meio de comunicação onde os players poderão se manter atualizados sobre aquilo que vem acontecendo dentro do fórum.
Por isso peço encarecidamente que sempre estejam olhando este tópico e que o enviem aos novatos para se ater das mesmas coisas que vocês, avisem colegas e amigos sempre que virem algo novo acontecendo.
Se você, jogador, tiver algo para falar a respeito do que foi postado aqui, use nossa chatbox ou mesmo o tópico da central de atendimento: http://www.heroisdoolimpo.com/t46-central-de-atendimento-ao-campista

IMPORTANTE: Esse tópico é para ser atualizado sempre que algo mudar, não precisa ser preenchido somente por Ártemis e Hefesto. Se vc tem algo novo para postar, POSTE COMO COMENTÁRIO AQUI, seja uma mega missão, ou qualquer outra coisa.

Veja em: http://www.heroisdoolimpo.com/t2341-atualizacoes-do-forum-leiam-e-fiquem-por-dentro-do-que-esta-acontecendo

Novidades serão postadas como comentários ao longo do tópico!



Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Acampamentos » Acampamento Meio-Sangue » Outros Locais » Floresta » 

Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 7]

Hermes

Hermes
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
O dia estava nublado. O céu cinzento e a ameaça de trovões assolava o acampamento meio-sangue. Uma coisa anormal, considerando as fronteiras mágicas do local, que deixavam os dias sempre ensolarados e frescos. A situação estava tão diferente do habitual que Quíron fora consultar o oráculo, para saber se a vontade dos deuses era a responsável por aquilo.

O sátiro retorna com uma expressão severa no rosto, dizendo que os deuses estão interessados em dois meio-sangues. Mas estes eram especiais. Deveriam ser dois destaques do chalé de Hermes que ainda não haviam sido reconhecidos. O sátiro olha o grande grupo de crianças e adolescentes que estavam tensos no local, até que finalmente decreta:

- Maegon Breick, Peter Collins. Os dois se mostraram destaques dentro da arena e nos treinamentos do cotidiano, cada um à sua maneira. Portanto, vocês dois serão minhas escolhas para o desejo dos deuses, seja lá qual for. Os dois devem comparecer à floresta do acampamento às 16:00 em ponto. Estejam lá com seus devidos equipamento e bem... Que os deuses os protejam. Se por acaso não se sentirem prontos para prosseguir, avisem agora que eu terei de escolher outra pessoa. Não vou obrigar nenhum de vocês a fazer nada... Portanto, decidam-se.

Ainda eram 10:20 quando o comunicado foi passado. Os rapazes teriam um bom tempo para se preparar e talvez pensar no que fazer, ou se iriam mesmo aceitar o chamado do velho centauro, que estava com uma expressão severa. Restava saber o que eles fariam...


Observações de Narração::


- Este será um teste para reclamação dos grandes deuses olimpianos. Não será fácil, mas também não precisam ficar receosos;
- Ambos precisarão interpretar e mostrar suas características como filhos dos seus respectivos pais, isso aumentará suas chances de aprovação;
- O teste não é apenas uma prova de força. Atente-se aos detalhes e verá que algumas coisas são resolvidas de forma mais rápida e prática com outros meios além da força propriamente dita;
- Boa Sorte e Divirtam-se!

#1

Maegon Breick

Maegon Breick
Filho(a) de Hades
Filho(a) de Hades
Ver perfil do usuário
Muito tempo havia me guardado dentro daquele chalé cheio, mas sabia que ali não era meu lugar, meu chalé era outro e precisava de um sinal de meu pai, qualquer sinal que seja, ou ao menos uma chance de mostrar minhas habilidades como filho de Hades, tinha certeza que ele era meu pai.

Chovia muito naquele dia, a primeira chuva que eu presenciara desde minha chegada ao acampamento, não fazia muito tempo, talvez algumas semanas, mas Quiron disse que não choveria, isso era estranho, será que o meu possível sinal ??.. Não não pode.- penso comigo.

Então a porta se abre revelando Quiron, um centauro que ganhara meu respeito no primeiro dia de acampamento, este se diz atrás de dois semideuses, eu e um outro garoto, então penso "Finalmente, minha chance." Pego minhas poucas coisas que tinha e vou conversar com o garoto, não o conhecia, mas por este motivo precisaria conhecer.

equips:
Equipamento:

Elmo Comum
Peitoral de Couro
Espada Curta
__________________
Mochila Comum:

Poção de Cura [Heroica] (x2)*
*mudar na ficha que colocaram 4 eu só comprei duas, e não descontaram o dinheiro das demais.

Após uma breve conversa com garoto me dirijo para o local combinado e fico sentado esperando meu caminho se abrir, esperando a hora chegar, para que eu possa finalmente mostrar meu valor.

#2

Peter Collins

Peter Collins
Filho(a) de Zeus
Filho(a) de Zeus
Ver perfil do usuário
Do chalé de Hermes era possível ver o céu cinzento que ocupava o Acampamento Meio-Sangue. O Sol que aquecia o local sem parar desde que eu havia chegado não era mais visto. Alguns semideuses observavam a mudança no tempo com certo receio. Tinha certo fascínio e curiosidade ao observar tal ambiente nebuloso. No seu antigo bairro, sempre se sentia melhor em dias nublados, ainda mais quando uma tempestade chegava até onde estava. Era sempre o primeiro à visualizá-la por sua janela de casa ou até mesmo ao ar livre.

A moça abandonada sobre o topo do morro vinha em meu pensamento. O conto narrado no ápice de minha infância retratava a história de uma moça jovem que conhecera um deus e que por ele se apaixonou. Esse deus, caracterizado por ser incrivelmente belo e majestoso, descera dos céus na forma de um homem e pela moça havia se apaixonado. Assim como ele, ela era dona de uma beleza estonteante. Possuía cabelos loiros e olhos tão belos que nenhum lugar já visto pela humanidade se comparava a ela. Permaneceram juntos por algum tempo, exatamente um ano. Aproveitaram seu amor jovem sem planos para tornar o romance algo sério. No dia de seu aniversário de 25 anos, a garota descobrira que, apesar de todos os cuidados do deus, havia engravidado. Feliz pela notícia, contou à ele, que não pareceu gostar muito da notícia. Sem explicações, foi levada ao topo de uma montanha tão alta que levemente podia tocar os céus. Sobre o pico mais alto da mesma, ele explica para ela que nunca poderiam dar certo, por ele ser um deus e ela uma simples mortal. Mesmo com as súplicas da donzela, o deus não à deu ouvidos. "Quando ele tiver idade suficiente para entender, farei contato", dizia o deus à pobre moça que permanecia chorando, implorando por aceitação. Não parecer nem um pouco arrependido, o ser divino simplesmente se transfigurou em um raio que subiu na direção do espaço até sumir do campo de visão de qualquer um que ali estivesse. E ali, no pico mais alto daquela montanha, a mortal que daria a luz à um filho de um deus permaneceu chorando, durante o restante de seu aniversário.

Meus olhos abrem-se me levando de volta à realidade. Me deparo novamente com o décimo primeiro chalé do Acampamento, dedicado aos filhos de Hermes e para aqueles que ainda não foram sido reclamados por seu pai/mãe olimpiano, assim como eu. O chalé encontra-se vazio, apenas preenchido por mim. Todos os ocupantes originais do local se dirigiram ao pátio, ansiosos pela volta de Quíron, o centauro, que foi ao oráculo em busca de informações sobre a mudança repentina no tempo. Assim que ele retorna, com uma expressão não muito boa no rosto, decido me dirigir até o pátio, assim como todos. Me junto à outros reclamados, quando Quíron transmite um recado.

- Maegon Breick e Peter Collins. Os dois se mostraram destaques dentro da arena e nos treinamentos do cotidiano, cada um à sua maneira. Portanto, vocês dois serão minhas escolhas para o desejo dos deuses, seja lá qual for. Os dois devem comparecer à floresta do acampamento às 16:00 em ponto. Estejam lá com seus devidos equipamento e bem... Que os deuses os protejam. Se por acaso não se sentirem prontos para prosseguir, avisem agora que eu terei de escolher outra pessoa. Não vou obrigar nenhum de vocês a fazer nada... Portanto, decidam-se.

Uma dúvida surge em minha mente. O que os deuses podem querem comigo? Mesmo não sabendo a resposta, sei que se Quíron, considerado por muito o mais sábio do Acampamento, confia em mim para realizar sua vontade, ou a dos deuses, tenho capacidade para isso. Respondo à Quíron em voz alta:

- Eu aceito sua tarefa! - respondo esperando que Quíron me reconheça como Peter Collins.

Sigo ao chalé 11 bruscamente, ignorando os olhares que me ocupam por completo. Sento em minha cama, designada para mim logo em que entrara no Acampamento. Fico algum tempo deitado ali, pensando que certamente poderia ter tido algum tempo para pensar se aceitaria minha missão ou não. Ignoro esse pensamento, sei que posso enfrentar o que me for designado. Meus olhos se fecham, dando início à um sono pesado.

Um filho de Hermes me acordam algumas horas depois, ainda à tempo de almoçar. Com certa fome, me dirijo ao refeitório. O local permanece silencioso, ao contrário dos outros dias em que havia passado por lá. Sento na mesa referente ao chalé 11 e como sempre, lasanha e Coca Cola ocupam meu prato e meu copo, respectivamente. Rapidamente, como uma parte de minha refeição, queimando a outra em homenagem aos deuses, pedindo força quando adentrasse a floresta. Retorno ao meu quarto exatamente às 15h30min, pegando o essencial. Equipo meu elmo e meu peitoral de couro, assim como guardo minha espada e minha adaga em suas respectivas bainhas. Fecho a maleta em que meus equipamentos estavam guardados e me dirijo à floresta um pouco mais cedo do que o estipulado. Aguardo sentado em uma pedra presente ali. Passa-se algum tempo, quando Quíron e outro garoto, provavelmente o outro semideus que me acompanharia, chegam ao local.

- Preparados? Confio em vocês! - diz Quíron, com uma expressão de nervosismo gravada em seu rosto.

Sorrio para o centauro e concordo com a cabeça, tentando tranquilizá-lo. Respiro fundo e adentro a floresta, já sem receios. O que quer que me aguardasse, eu estaria preparado para enfrentar.



Equipamentos Levados:
Equipamento:
Elmo Comum
Peitoral de Couro
Escudo Aegis

Armas:
Espada Curta
Adaga Curta [Bronze Celestial]

Poções:
Poção de Cura [Comum]
Poção de Cura [Heroico][x3]
Poção de Cura [Mítico]
Poção de Energia [Heroico][2x]

Outros Itens Levados:
Salame de Zeus
#3

Hermes

Hermes
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
O tempo se passa e os rapazes passam o tempo restante cada um à sua maneira. Eles conversam um pouco, mas o papo não é longo. Talvez a diferença de personalidades tenha dificultado essa aproximação. Mas uma coisa era certa. Se os dois foram designados para irem juntos, teriam de trabalhar juntos.

Finalmente chega o momento. Os dois rapazes adentram a floresta com seus respectivos equipamentos e depois de caminhar alguns minutos veem que o cenário simplesmente muda. O céu que estava escondido pelas enormes árvores agora estava completamente visível e ainda nublado. A floresta desaparece dando lugar a uma cidade. Ao observar as placas, eles percebem que estão no centro de Nova York! Ambos ficam espantados e olham seus bolsos. Havia um pedaço de papel escrito “Compareçam à estação de metrô. Seu primeiro objetivo está lá”

Quando terminam de ler a mensagem, um pequeno mapa que indicava o local aparece magicamente no papel. O ponto de ônibus estava perto e aparentemente o transporte se aproximava...

#4

Peter Collins

Peter Collins
Filho(a) de Zeus
Filho(a) de Zeus
Ver perfil do usuário
Passo entre as árvores com o outro semideus ao meu lado.

- Então...Qual o seu nom...?

Antes que pudesse terminar minha frase, todo o local se altera, sendo substituído por uma cidade enorme, cheia de prédios e carros. As placas indicam que o local é...Nova York? Como havíamos parado ali? Estávamos rodeados por árvores e agora estávamos rodeados por concreto.

- Uaaau...! - exclamo de boca aberta.

Coloco a mão em meu bolso, revelando assim um papel com o seguinte enunciado: “Compareçam à estação de metrô. Seu primeiro objetivo está lá”. Sem muitas escolhas, decido ir até lá.

- Bom, pelo que pude ver, teremos que pegar aquele metrô para chegar ao nosso destino!

Me dirijo até à estação com a mão no punhal da espada, preparado para retirá-la caso precisasse. Meu objetivo é chegar ao metrô correto que me levará ao meu destino. Revisto o local com o olhar à procura de monstros ou de algum de observador dentro ou fora do metrô.



Equipamentos Levados:
Equipamento:
Elmo Comum
Peitoral de Couro
Escudo Aegis

Armas:
Espada Curta
Adaga Curta [Bronze Celestial]

Poções:
Poção de Cura [Comum]
Poção de Cura [Heroico][x3]
Poção de Cura [Mítico]
Poção de Energia [Heroico][2x]

Outros Itens Levados:
Salame de Zeus
#5

Maegon Breick

Maegon Breick
Filho(a) de Hades
Filho(a) de Hades
Ver perfil do usuário
Espero tranquilo pela hora e quando chega adentro a floresta com o garoto ao meu lado, já que a tentativa de conversa não deu certo,  desisto do garoto, mas de qualquer modo era meu parceiro de teste e isto podia significar alguma coisa. Enquanto eu vagava na floresta, não dando tempo para muito minha visão muda e fico me perguntando “mas .. oque?”, então me lembro de estar lidando com deuses.
Olho para as placas e percebo que era em Nova York que me encontrava, assim que coloco a mão no bolso para caminahar, sinto um papel, estranho ..., retiro do bolso e leio rapidamente:

“Compareçam à estação de metrô. Seu primeiro objetivo está lá”

Então escuto o garoto falar ao meu lado :

- Bom, pelo que pude ver, teremos que pegar aquele metrô para chegar ao nosso destino!

Olho para a cara dele e respondo :

-Serio ?

Mas ok, talvez ele não sabia que minha carta vinha escrita o mesmo que a dele, sigo viagem não me importando com a companhia até onde vinha o transporte para a estação de metro, assim que subo me pergunto se o motorista vai falar sobre pagar, caso fale dou um dracma para ele, podia não significar muito mas ainda era um pedaço de metal dourado e brilhante, podia impressiona-lo, afinal me sento no fundo onde eu podia visualizar todos e espero o meu destino chegar atento ao máximo possível de perigo, me lembrando sempre, “Nosso cheiro é forte”.

#6

Hermes

Hermes
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
Os dois garotos fazem sinal para a parada do ônibus e Maegon paga as passagens. Os garotos repararam que dólares americanos estavam em seu outro bolso, o que foi muito conveniente. Um grupo de aproximadamente 13 pessoas entra no ônibus, incluindo a dupla de semideuses, que encontra assentos no meio do veículo.

Depois de uma troca de olhares, mas nenhuma palavra, os dois sentam juntos. Mas era evidente que Maegon queria ficar isolado. Dentre os passageiros, uma velha senhora que carregava uma cesta de flores sorri gentilmente para os rapazes enquanto vai para um dos assentos do final do ônibus.

A viagem começa e depois de alguns minutos, eles reparam que um cheiro forte de rosas estava impregnando o veículo. Os passageiros que antes conversavam estavam adormecidos e era possível escutar uma risadinha vindo... do final do veículo!

- Eu não esperava encontrar dois semideuses juntos assim, do nada. O cheiro de vocês chamou minha atenção desde que os vi e resolvi usar esse truque para confirmar minhas suspeitas...

Os rapazes olham e veem que a velha senhora havia mudado de aparência. Garras e asas ganharam espaço e a pele enrugada ganhou uma coloração acinzentada. Presas poderosas também haviam aparecido.

Peter observa que o motorista também havia adormecido e que o ônibus ficaria fora de controle, enquanto Maegon identifica o monstro como uma Empousai.


Empousai:

Teste de Reclamação! - Maegon Breick e Peter Collins 7480911

#7

Maegon Breick

Maegon Breick
Filho(a) de Hades
Filho(a) de Hades
Ver perfil do usuário
Estou tranquilo no ônibus e começo a sentir um cheiro forte, não queria ser interrompido agora, era o sinal queria encontrar com meu pari para ele me dizer ... “olá filho”, mas pensando bem, talvez tenha sido meu pai a me colocar nisto, talvez ele queira uma demonstração de poder.

Okay... uma empousai, já tinha ouvido falar lendas nas mesas do acampamento, durante as refeições, por mais que não me misturasse, alguns falavam alto demais. Logo que percebo o motorista desmaiado, olho para a cara do garoto e digo:

-Cara, luta em um ambiente fechado é suicídio e este ônibus vai bater, segura este monstro por algum tempo.

Corro em direção ao motorista adormecido e o mais rápido possível tiro ele dali, não sabia dirigir, mas aprendi o suficiente para parar o veículo, ou quase, seja como for, me sento no banco do motorista e pressiono o freio lentamente, visando parar o ônibus, nada muito arriscado, não me importava com parar no meio da rua, apenas não queria bater em alguma parede e morrer, então controlo o volante levemente.

Neste momento podia sentir o coração batendo, então abro as portas do ônibus, em algum botão por ali, provavelmente estará marcado, e grito:

-Pula para fora.

Assim que saio do ônibus me preparo para a batalha com minha espada curta em mãos.

#8

Peter Collins

Peter Collins
Filho(a) de Zeus
Filho(a) de Zeus
Ver perfil do usuário
Tudo passa muito rápido. Um cheiro forte de rosas ocupa o local, todos os outros que ocupavam o metrô a senhora idosa que anteriormente passara por nós se transformara num monstro. Logo percebo que o motorista havia desmaiado sobre o volante, fazendo com que logo logo o ônibus perdesse o controle. Antes que avançasse para pará-lo, fui surpreendido pelo outro garoto.

- Cara, luta em um ambiente fechado é suicídio e este ônibus vai bater, segura este monstro por algum tempo.

Não ouve tempo de contradizê-lo. Saco a espada e a adaga e fico em frente ao monstro. Mantenho a espada na diagonal para me proteger de possíveis ataques. Caso um ataque seja realizado, fico preparado para um contra-ataque com a adaga.

O ônibus poderia ser usado contra ela, mas percebi que não fora isso que o garoto fizera. E não havia mais como fazer.

-Pula para fora. - o garoto falava enquanto o ônibus parava.

Caso as portas estejam abertas e eu veja que possa sair sem ser atacado pela Empousai, saio para fora.

Caso elas estejam fechadas, por algum motivo, fico apenas me defendendo com a espada esperando um possível ataque.



Equipamentos Levados:
Equipamento:
Elmo Comum
Peitoral de Couro
Escudo Aegis

Armas:
Espada Curta
Adaga Curta [Bronze Celestial]

Poções:
Poção de Cura [Comum]
Poção de Cura [Heroico][x3]
Poção de Cura [Mítico]
Poção de Energia [Heroico][2x]

Outros Itens Levados:
Salame de Zeus
#9

Hermes

Hermes
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
Maegon pensa rápido e coloca sua ideia em prática. Ele corre para parar o ônibus, e o faz com sucesso, apesar de nunca ter pego um veículo para dirigir antes. Quando as portas abrem ele vê que seu companheiro estava tendo algumas dificuldades. Peter havia colocado sua espada na diagonal e assumiu uma posição defensiva, mas a Empousai era esperta. A passos leves se aproximou do rapaz, que quando viu as portas abrirem tentou sair, mas recebeu um ataque das garras do monstro antes de conseguir fazê-lo (-10). O golpe pegou de raspão pelos fatos de o rapaz estar atento e possuir um peitoral para protege-lo.

Quando os dois saem com suas espadas empunhadas, percebem que estão em um local vazio. Só havia eles, o ônibus e a Empousai, que saiu aos trancos do veículo com um olhar maligno de tom avermelhado.

- Vamos começar a diversão. – Dizia a criatura que tinha saliva a pingar da boca.

A placa da estação de metrô estava próxima, mas era óbvio que eles só poderiam seguir quando a criatura à sua frente fosse eliminada. O monstro começa a correr na direção dos dois rapazes com as garras e presas à mostra...


Empousai:

Teste de Reclamação! - Maegon Breick e Peter Collins 7480911



Maegon Breick
HP: 106/106
MP: 106/106




Peter Collins
HP: 96/106
MP: 106/106

#10

Conteúdo patrocinado


#11

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 7]

Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum