Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!




ATUALIZAÇÕES DO FÓRUM




Absolutamente TUDO de novo que foi adicionado ao fórum DEVE ser postado neste tópico (localizado em "Noticias e Atualizações" do Mural Divino). Esse é um tópico de uso exclusivo da ADM para expor novas informações e servirá como um meio de comunicação onde os players poderão se manter atualizados sobre aquilo que vem acontecendo dentro do fórum.
Por isso peço encarecidamente que sempre estejam olhando este tópico e que o enviem aos novatos para se ater das mesmas coisas que vocês, avisem colegas e amigos sempre que virem algo novo acontecendo.
Se você, jogador, tiver algo para falar a respeito do que foi postado aqui, use nossa chatbox ou mesmo o tópico da central de atendimento: http://www.heroisdoolimpo.com/t46-central-de-atendimento-ao-campista

IMPORTANTE: Esse tópico é para ser atualizado sempre que algo mudar, não precisa ser preenchido somente por Ártemis e Hefesto. Se vc tem algo novo para postar, POSTE COMO COMENTÁRIO AQUI, seja uma mega missão, ou qualquer outra coisa.

Veja em: http://www.heroisdoolimpo.com/t2341-atualizacoes-do-forum-leiam-e-fiquem-por-dentro-do-que-esta-acontecendo

Novidades serão postadas como comentários ao longo do tópico!



Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Estados Unidos da América » Estados Unidos da América » Outros Locais » 

Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 4]

Hermes

Hermes
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário

O filho de Hades pela escuridão caminha
Num deserto repleto de gelo e neblina
A procura daquele que do reino desertou
E no mundo Humano se refugiou

No local em que os deuses não podem alcançar
O caminho de gelo e névoa deve-se transpassar
A jóia do submundo será a chave
Para que o  tormento do senhor da morte finalmente acabe

____________________________________________________________________________________________________________________

Era a terceira noite consecutiva em que Joe Yashiro tinha o mesmo sonho. Ele corria desesperadamente num deserto completamente congelado e não ousava olhar para trás. Na verdade, corria desesperadamente num local escuro que retirava completamente sua visão. Aquilo era apavorante, ainda mais quando filhos de Hades enxergam perfeitamente no escuro.

O dia estava aparentemente normal. Joe observava o movimento do acampamento do teto do chalé de Hades, que por algum motivo era mais confortável que a parte interna, pelo menos para ele. Seu momento de relaxamento é interrompido quando uma pedra atinge sua cabeça e quase o derruba. Ele olha para baixo e percebe que dois garotos estão o encarando. Um mais carrancudo com cara de bad boy era Charlie Milkovich, um filho de Ares que como qualquer representante de seu chalé gostava de provocar e encrencar com outros semideuses. Ele trajava uma armadura completa e estava com uma segunda pedra em mãos. O outro era um garoto menos robusto fisicamente. Tinha algumas sardas e tinha um longo arco preso às costas, era Enzo Stark, um filho de Apolo que poderia ser descrito como o oposto de Milkovich, pois vivia socializando e ajudando outros semideuses no que podia.

- Desça daí, palhaço. O bode velho quer falar com você – Disse Charlie num tom áspero e um tanto imperativo.

- Parece que ele quer falar algo importante, ele disse pra ir logo e de preferencia com os equipamentos. – Disse Stark coçando levemente a cabeça olhando Joe com cara de “Quem é esse mesmo?”

O rapaz, que era novo no acampamento acha aquilo totalmente estranho, mas resolve atender ao chamado dos dois outros campistas, que se retiram imediatamente após transmitirem o recado. Aparentemente o Chalé de Hades estava na rota dos dois e eles tiveram a boa vontade de atender a um pedido do coordenador do acampamento.

Após pegar seus itens, Joe vai até a casa grande e adentra o escritório de Quíron, que estava mastigando... feno? O centauro disfarça que estava fazendo um lanche e retira discretamente as palhas da boca enquanto cumprimenta o rapaz:

- Bom dia, Sr. Yashiro. Fico feliz que tenha atendido ao meu chamado. – Joe repara que o centauro está apreensivo no tom de voz e depois de alguns segundos percebe que no fundo da sala estava uma terceira presença. Um homem vestido de negro com longos cabelos loiros e pele branca e extremamente pálida. Ele não demora em perceber que estava na presença de um deus. Não um deus qualquer. Era Thanatos, o deus da Morte.

- Chega disso, vá direto ao ponto -  diz o deus que estava mexendo em um exemplar de IPhone sem sequer olhar para os dois.

- Bem... Ao que parece, uma criatura antiga escapou dos confins do submundo e se refugiou no mundo humano. Um espírito de um rei que seu pai, Hades, realmente detesta e que foi condenado a ficar nos confins do tártaro...

- Não é uma criatura qualquer. – Interrompeu o deus – Ele foi conhecido nos tempos antigos por ser o rei da ira. Uma existência que foi capaz de quebrar as leis da morte apenas uma vez nos tempos antigos ressuscitou nessa época. É por isso que o imperador o odeia, ele zombou da lei que diz que ninguém escapa com vida do submundo. E ele conseguiu isso pela segunda vez recentemente. O Imperador está furioso com isso e está me deixando louco! Para completar o desastre, ao fugir, ele levou um amuleto que impede meus ceifadores de caçá-lo diretamente, o que me deixa com uma encrenca em dobro. Preciso que você recupere esse amuleto e mande o rei da ira de volta pros confins do Tártaro.

Antes que Joe pudesse questionar o porquê de estar ali o deus lhe encarou com um olhar frio, como se tivesse lido a mente e a alma do rapaz.

- Você é a pessoa mais indicada para fazê-lo. Desde o início pedi para que Quíron trouxesse um filho de Hades mas ele insistiu em dar a missão a um filho de Dionísio que simplesmente fracassou!

Ao ouvir aquilo, Joe sentiu um breve arrepio. Um filho de Dionísio? Poderia ser...

- Como era mesmo o nome dele? - Continuou tagarelando o Deus – Ricardo? Rodrigo? Ah! Richard. Isso, Richard Dreyar! Além de ser um completo inútil agora está sendo mantido prisioneiro pelo rei da ira! Seria trágico se não fosse cômico!

O deus então se desfaz em pó e some. Aparentemente fora forçado a fazer isso, pois foi muito súbito.

- Joe – Continuou Quíron – Você foi escolhido pra essa missão porque Richard mandou uma última mensagem de Íris pedindo que você se dirigisse ao Alaska, o local onde ele está. Você precisa se apressar, pois ele disse que seu tempo estava se esgotando. Você precisa não apenas ir até o Alaska recuperar o amuleto de Thanatos, mas também resgatar aquele que te escoltou até aqui. Fui claro? Mandei Charlie e Enzo lhe chamarem para você escolher um deles como parceiro nessa missão. Quando encontrarem o filho de Dionísio totalizarão três, o número ideal para uma missão de semideuses. Procure pelo que achar mais capacitado e vá até as fronteiras. Argus está o esperando. A menos que não queira ingressar na missão e continuar com seus pesadelos constantes, claro.

Observações:

- Poste os Itens que estará levando para a viagem
- Sempre que usar alguma habilidade, coloque-a em spoiler para que seja considerada
- Escolha um dos personagens citados na história para ser seu companheiro em missão. Ele será um NPC e seu desempenho será proporcional ao seu na missão.
- Boa Sorte e Divirta-se!

#1

Joe Yashiro

Joe Yashiro
Filho(a) de Hades
Filho(a) de Hades
Ver perfil do usuário
Eu não tinha pra onde ir. Não queria olhar para trás. Tudo que via era apenas escuridão..e para um filho de Hades ser cegado pelas trevas....algo deveria estar muito errado. Estava frio e eu podia sentir que corria sobre o gelo. Tudo parecia perdido para mim até que...

-Droga! -disse- De novo esse mesmo sonho...

Estava todo suado e minha camisa grudava no meu peito. Me sentei na cama e estendi minha mão para pegar o despertador que ficava na mesinha ao lado. Eram 3 da manhã.
Respiro fundo colocando a mão sobre a testa, para limpar o suor. Olho para a estátua de Hades, meu pai, que ficava no centro do chalé. Eu, filho de um deus...quem diria? Ainda mais o deus dos mortos ...será que isso significava esses pesadelos? Ser assombrado por uma maldição dos sonhos? Não podia pensar nisso, senão iria passar a noite em claro. Me deito novamente com as mãos atrás da cabeça e com mais uma respiração profunda, mergulho no mundo dos sonhos....

-----

Já era dia. Lá estava eu deitado sobre o telhado do Chalé 13, observando a todos. A brisa dali era incrível, consideraria o melhor lugar para se descansar. E estar ali isolado de todos me acalmava, eu não era do tipo que se enturmava...

Sinto algo me atingir na cabeça, quase me derrubando. Sento de imediato, praguejando baixinho e com a mão sobre o local da pedrada. Olho para baixo. la estavam dois campista me encarando. Um deles eu conhecia. Era Charlie, filho de Ares (os únicos que andavam por ai vestidos pra guerra). Por estar segurando outra pedra, imagino que fora ele quem jogara a primeira. Às vezes penso que ele não ia com a minha cara. O segundo eu nunca cheguei a conversar, mas sabia que era bastante popular por lá. O filho de Apolo: Enzo Stark.

- Desça daí, palhaço. O bode velho quer falar com você – Disse Charlie num tom áspero e um tanto imperativo.

- Parece que ele quer falar algo importante, ele disse pra ir logo e de preferencia com os equipamentos. – Disse Stark coçando levemente a cabeça.

-Comigo? -disse, já me preparando para descer. Estava com uma expressão de surpresa no rosto.

Os dois garotos consentiram e se retiraram. Passo pelo meu quarto e arrumo minhas coisas. Não entendia ao certo o porque de ir com os equipamentos, mas se Quíron disse, deveria ser algo sério...

----

Chegando na casa Grande, nem me passou pela cabeça o quão nervoso estava. Será que tinha feito algo de errado e seria punido? Para Quíron querer falar comigo... Dionísio era um deus e ele tomava conta do acampamento. Caso eu tenha feito algo errado ele poderia me transformar em algum tipo de vegetal? Não queria pensar nisso, era melhor eu...
Meu pensamento é interrompido quando entro no escritório e vejo Quíron mastigando feno. O centauro enrubesceu ao me ver e começou a disfarçar.
Assumi uma postura séria, arqueando uma das sobrancelhas. Mas devo admitir que não é todo dia que se vê um ser imortal comendo feno.

- Bom dia, Sr. Yashiro. Fico feliz que tenha atendido ao meu chamado.-Disse Quíron.

Percebo que o tom dele era apreensivo. Desvio o olhar rapidamente para uma poltrona ao fundo. Havia um homem sentado lá. Minha respiração sessa um pouco quando percebo quem era: Thanatos, o deus da Morte.

- Chega disso, vá direto ao ponto -disse o deus.

- Bem...-prosseguiu Quíron- Ao que parece, uma criatura antiga escapou dos confins do submundo e se refugiou no mundo humano. Um espírito de um rei que seu pai, Hades, realmente detesta e que foi condenado a ficar nos confins do tártaro...

- Não é uma criatura qualquer. – Interrompeu o deus – Ele foi conhecido nos tempos antigos por ser o rei da ira. Uma existência que foi capaz de quebrar as leis da morte apenas uma vez nos tempos antigos ressuscitou nessa época. É por isso que o imperador o odeia, ele zombou da lei que diz que ninguém escapa com vida do submundo. E ele conseguiu isso pela segunda vez recentemente. O Imperador está furioso com isso e está me deixando louco! Para completar o desastre, ao fugir, ele levou um amuleto que impede meus ceifadores de caçá-lo diretamente, o que me deixa com uma encrenca em dobro. Preciso que você recupere esse amuleto e mande o rei da ira de volta pros confins do Tártaro.

Em parte estava aliviado por não ter feito nada que me transformasse em comida. Em outra parte, estava me perguntando o porque exatamente eu estava fazendo ali... Antes que eu pudesse perguntar, o deus disse:

- Você é a pessoa mais indicada para fazê-lo. Desde o início pedi para que Quíron trouxesse um filho de Hades mas ele insistiu em dar a missão a um filho de Dionísio que simplesmente fracassou!

Ao ouvir aquilo, estremeci. Um nome veio à tona na minha mente: Richard. Mas será...?

- Como era mesmo o nome dele? - Continuou – Ricardo? Rodrigo? Ah! Richard. Isso, Richard Dreyar! Além de ser um completo inútil agora está sendo mantido prisioneiro pelo rei da ira! Seria trágico se não fosse cômico!

Sinto que minha mente começava à ferver. Mil coisas passavam pela minha cabeça. Pra piorar. o deus da morte desaparece repentinamente, me deixando praticamente à deriva em minhas perguntas. Quíron foi quem se manifestou.

- Joe,Você foi escolhido pra essa missão porque Richard mandou uma última mensagem de Íris pedindo que você se dirigisse ao Alaska, o local onde ele está. Você precisa se apressar, pois ele disse que seu tempo estava se esgotando. Você precisa não apenas ir até o Alaska recuperar o amuleto de Thanatos, mas também resgatar aquele que te escoltou até aqui. Fui claro? Mandei Charlie e Enzo lhe chamarem para você escolher um deles como parceiro nessa missão. Quando encontrarem o filho de Dionísio totalizarão três, o número ideal para uma missão de semideuses. Procure pelo que achar mais capacitado e vá até as fronteiras. Argus está o esperando. A menos que não queira ingressar na missão e continuar com seus pesadelos constantes, claro.

Estremeci novamente. Como ele sabia dos pesadelos? Mas não podia pensar nisso. Richard estava em perigo, tinha que ajudá-lo.

-Certo. -disse, tentando colocar as ideias no lugar.- Pelo que entendi, tenho que ir até o Alasca com um dos dois, Enzo e Charlie, utilizando o Argos, para resgatar Richard, recuperar a joia de Thanatos e mandar o rei de volta para o Tártaro, certo? -uma luz invade minha mente ao dizer essas palavras. Sonho...Alasca.. será que isso tem alguma ligação? Não podia dizer isso à Quíron, até porque, ele com certeza deveria saber. Enfio as mãos dentro dos bolsos da calça.- Tudo bem, sendo assim, eu Escolho o Enzo. Bom..não sei o que pode acontecer no caminho, então algum dinheiro mortal ajudaria, não é?

Olho para Quíron esperando uma resposta, obtendo algum resultado ou não, me retiraria do lugar, aceitando a missão. Primeiro, iria procurar Enzo, para avisar que iriamos para uma missão, isso incluía pedir para que leve um equipamento de batalha. Achando-o, iria para as fronteiras, embarcar no Argos. Era lá que nossa aventura iria começar.

EQUIPAMENTOS::
Elmo Comum
Peitoral de Couro
Espada Curta
Itens: Espada[Média][Prata]
Diamante de Almas[0]*
Adaga Curta[Ferro Estige]

Mochila Comum:
Poção de Cura [Heroico] x3
Poção de Energia[Heroico] x3



[Missão  Teste no Alaska] - Joe Yaashiro e o Rei da Ira XJDxGbv
#2

Hermes

Hermes
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário

Muitas Coisas aparentemente foram ficando mais claras na cabeça do Jovem Joe à medida que Quíron e o deus da morte se revezavam em suas palavras. Ele percebeu que seus sonhos, como os de qualquer outro semideus, não eram nada normais e sempre tinham alguma mensagem que deveria ser interpretada. Ele começou bem ao associar o Alaska ao local repleto de gelo e tinha seus objetivos muito bem definidos, o que por um lado era bom, pois ele sabia o que deveria fazer, mas ao mesmo tempo ruim, pois ele não sabia exatamente como fazer e o que fazer.

Seguir os instintos muitas vezes é a melhor opção, e é isso o que Joe faz. Preocupado com despesas no mundo mortal ele pede a Quíron um auxílio com as despesas e recebe um cartão de crédito que segundo o centauro vai passar em qualquer lugar da terra e possui limite infinito. Ele também é alertado para usar com cuidado, pois a magia liberada ao se utilizar o cartão poderia atrair monstros...

O segundo passo era procurar por Enzo Stark, o semideus que passara no chalé de Hades mais cedo. Deveria ser uma tarefa fácil encontra-lo. A enfermaria ou a aula de Arco e Flecha são os pontos onde se encontra qualquer filho de Apolo... Ou não. No caminho ele se depara com vários filhos de Apolo que dizem não saber onde está o irmão, mas Joe por algum motivo sabia que aquilo não era verdade. Ele então encontra com Cheila Ruller, uma campista por ele já conhecida, pois esta foi sua outra escoltadora naquele emocionante dia...

- O Enzo? Aquele folgado deve estar passeando pelo lago de canoagem. Ele sempre vai pra lá ao invés de ajudar a tratar os feridos na enfermaria. É muito bom saber que está procurando por ele, porque aí você já avisa que ele tem que voltar e cumprir as obrigações dele e logo!

O tom simpático, amigável e receptível de Cheila continuava o mesmo, como se ainda estivesse de TPM se nada tivesse mudado desde então. Joe agradece a informação enquanto vai ao local indicado. Ao chegar lá, se depara com o rapaz que olhava o lago enquanto emitia de sua lira uma das mais belas melodias que o filho de Hades ouvira em toda sua vida. Era ao mesmo tempo em que agradável aos ouvidos, algo relaxante, que fazia parte da tensão com a missão sumir temporariamente. O Som é interrompido quando o filho de Apolo percebe a aproximação do filho de Hades.

- Joe Yashiro? Que inesperado. Esse local costuma ser vazio a essa hora. Pensei ter dito pros meus irmão não falarem que eu estava aqui... Bem, a que se deve sua visita repentina?

Joe fica um tanto quanto espantado com a percepção de Enzo, que o vira a metros de distância e aparentemente sabia que o garoto estaria a sua procura, mas principalmente com o fato de ele ser tagarela. Mas ele rapidamente se volta a seu foco principal e explica que precisa da ajuda do filho de Apolo na missão, e que estava recrutando o filho de Apolo por recomendação do próprio Quíron.

- Eu entendo a situação. Então me colocar pra fora do acampamento é a punição que ele vai me dar só porque não gosto muito de frequentar a enfermaria... Tudo bem, só preciso passar no chalé pra pegar minhas coisas e logo partimos.

Cerca de 20 minutos após isso os dois já estavam nas fronteiras do acampamento, tal como Quíron havia recomendado. Argus faz sinal para que os dois entrem no carro. Seu destino era a rodoviária de Long Island, onde Joe, ao chegar, teria que tomar sua primeira decisão como comandante da missão...

#3

Joe Yashiro

Joe Yashiro
Filho(a) de Hades
Filho(a) de Hades
Ver perfil do usuário
Atendendo ao meu pedido, Quíron me entrega um cartão de crédito com limite ilimitado para caso de uma emergência acontecer. Ótimo, um problema a menos. Contudo, havia um porém: A magia dele atraia monstros. Bom, nada garante que usarei o cartão...

Agradeço pelo item com um aceno de cabeça e saio do local, aceitando a missão.

Meu próximo passo era achar Enzo. Deveria estar na enfermaria ou no centro de arco e flecha, como todos os outros filhos de Apolo, certo? Errado. No caminho, me deparo com alguns filho do deus do Sol, que dizem que não viram Enzo nos determinados locais ou em lugar nenhum. Sabia que era mentira.

-Estranho...-disse, com a mão no queixo e uma expressão confusa. Por que mentiriam?- Bom, obrigado mesmo assim... -e saio à procura de Enzo.

No caminho, encontro a minha colega de escola, Cheila Ruller, que por sorte, era uma filha de Apolo. Pergunto por Enzo, esperando alguma mentira em particular, mas ela resolveu ser sincera....

- O Enzo?-disse a menina- Aquele folgado deve estar passeando pelo lago de canoagem. Ele sempre vai pra lá ao invés de ajudar a tratar os feridos na enfermaria. É muito bom saber que está procurando por ele, porque aí você já avisa que ele tem que voltar e cumprir as obrigações dele e logo!

Mão entendo o porque de Cheila sempre parecer estar nervosa. Será que tinha TPM infinita? Claro que não poderia dizer isso, mas...

-Valeu. -agradeci e fui correndo para o lago de canoagem.

O Sol brilhava forte naquele dia. Estava surpreso por não ter ninguém no lago, mas algo em especial me chamou a atenção. Um menino tocando uma melodia incrível em uma lira. Enzo.

A música me fez parar de correr e começar a caminhar. Era uma melodia simples, mas profunda. Me fazia lembrar de casa, da minha mãe. Será que ela estava bem? De certa forma, sentia falta dela...

- Joe Yashiro? -disse Enzo- Que inesperado. Esse local costuma ser vazio a essa hora. Pensei ter dito pros meus irmão não falarem que eu estava aqui... Bem, a que se deve sua visita repentina?

A fala do menino me fez acordar do meu leve desvaneio. Deve ser por isso que os filhos de Apolo estavam mentindo...

-Ah..bem -disse- Eu recebi uma missão de Quíron. Ele me pediu para lhe procurar, nós iremos juntos. Preciso da sua ajuda em particular. Teremos que partir hoje mesmo. Argus está nos esperando nas fronteiras.

- Eu entendo a situação.-disse o menino- Então me colocar pra fora do acampamento é a punição que ele vai me dar só porque não gosto muito de frequentar a enfermaria... Tudo bem, só preciso passar no chalé pra pegar minhas coisas e logo partimos.

Aceno com a cabeça como um sinal de ''Okay'' e saio correndo em direção as Fronteiras do acampamento.

20 minutos foi o que Enzo demorou para se arrumar. Imaginei então quanto um filho de Afrodite demoraria... Pensei nos filhos de Ares. Eles estavam sempre preparados para a batalha. Se eu tivesse escolhido o Charlie para me acompanhar, será que ele demoraria?... Agora não era hora de voltar atrás, e nem queria. Enzo era uma ótima escolha, qualquer um dos dois seria. No caso, tive que escolher apenas um, e eu escolhi o Enzo.

Argus faz sinal para que entremos no carro, e assim nos fizemos. Eles nos levou até a rodoviária. Aparentemente, tudo estava tranquilo, ou seja,  Nenhum sinal de monstros. Saímos do carro e entramos na rodoviária. Uma ideia me passou pela cabeça e olhei para Enzo.

-Acho que ir de Ônibus não é uma boa ideia, vai por mim... -estava querendo me referir a escolta. Havia ido ao acampamento de onibus, de Nova Orleans até Long Island. Não foi uma viagem muito agradável, mas não havia tempo de falar sobre tudo. Até porque Enzo aparentava estar...e ser...um pouco ''viajado''- Pensei em irmos de Metrô. Debaixo do solo estaremos protegidos, afinal, é o reino de meu pai.

Esperaria uma resposta do filho de Apolo. Ele aparentemente concordaria, feito isso, compraríamos passagens de metrô, rumo ao nosso ponto principal, onde uma aventura nos espera: Alasca
.



[Missão  Teste no Alaska] - Joe Yaashiro e o Rei da Ira XJDxGbv
#4

Hermes

Hermes
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário

-Acho que ir de Ônibus não é uma boa ideia, vai por mim...  Pensei em irmos de Metrô. Debaixo do solo estaremos protegidos, afinal, é o reino de meu pai.

Enzo, que estava a contemplar os arredores demorou alguns segundos para perceber que Joe estava falando com ele, mas respondeu prontamente:

- Por mim tudo bem andarmos de metrô. O problema é que essa é uma estação onde apenas ônibus trafegam... É uma espécie de terminal rodoviário e não uma estação de metrô. Além disso, não creio que haja uma linha que nos leve pra lá direto...

Joe então passa a observar que o filho de Apolo tinha razão. Apenas ônibus e mais ônibus entravam e saíam naquele ambiente, que aos poucos se esvaziava.  Era quase meio dia e os estômagos dos dois rapazes começavam a dar seus primeiros protestos. O de Joe principalmente. Aparentemente ele não havia tomado café da manhã e sentia ainda mais fome.

Ele então olha para o filho de Apolo um tanto envergonhado depois de um enorme ronco de sua barriga, mas se depara com os dois olhos arregalados de Enzo em sua direção com cara de “O que vamos fazer?”

De repente, os dois veem um garotinho que estava apontando para a direção da floresta que podia ser vista daquele terminal. Ele apontava empolgado e com os olhos brilhantes naquela direção:

- Olha mamãe, são corvos! corvos iguais aos da TV!

Os filhos  de Apolo e Hades olham na direção e se surpreendem com o bando de Aves de Estinfália que vinham em sua direção. Estavam longe, mas se chegassem a alcançar os semideuses seria um problema e tanto, pois eram mais de 30 segundo as contas de Enzo e pareciam aquele bando de corvos apenas por efeito da névoa nos humanos.

Ave de Estinfália (x35):

[Missão  Teste no Alaska] - Joe Yaashiro e o Rei da Ira 8898038

#5

Joe Yashiro

Joe Yashiro
Filho(a) de Hades
Filho(a) de Hades
Ver perfil do usuário
'' O problema é que essa é uma estação onde apenas ônibus trafegam... É uma espécie de terminal rodoviário e não uma estação de metrô. Além disso, não creio que haja uma linha que nos leve pra lá direto...''

Foi tudo o que consegui ouvir. Enzo estava certo, aqui era uma rodoviária, ou seja, não tinha metrôs. Pra piorar, minha barriga começara a roncar junto com a de Enzo. Estávamos com fome...
Respiro fundo e olho para Enzo, um tanto envergonhado, porém, algo nos chama a atenção. A voz de um menino.

- Olha mamãe, são corvos! corvos iguais aos da TV!

Aquilo não eram corvos. Segundo Enzo, eram Aves de Estinfália. E Mais de 30. Praguejo baixo. Não podíamos lutar, pelo menos não ali. Iria chamar muita atenção dois garotos matando um bando de corvos. Por sorte, eles estavam longe.

-Enzo, vem comigo.-disse, puxando o braço do garoto. Vai saber quanto tempo ele iria raciocinar minha mensagem. Não podíamos perder tempo e ele estava muito lerdo.- Vamos ir para uma estação de Metrô.

Após dito isso, soltaria o filho de Apolo para que ele me siga. Iria até a rua mais próxima e acenaria com a mão. Iria chamar um táxi.

Caso algum pare, diria para ele ir a estação de Metro mais próxima. Pagaria usando o cartão dado por Quíron. Chegando na estação, compraria duas passagens de metro para o Alasca. Mas como Enzo disse, não acho que tenha uma linha direta para la, portanto, caso não tivesse, compraria para algum lugar mais próximo possível.



[Missão  Teste no Alaska] - Joe Yaashiro e o Rei da Ira XJDxGbv
#6

Hermes

Hermes
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário

- Relaxa, cara. Você tá com medo de um bando de aves? – Disse o filho de Apolo livrando-se de Joe – Você acha mesmo que elas vão parar de nos seguir ou não vão conseguir nos alcançar se pergarmos um taxi? Fora que esse cartão sinistro não me parece confiável. Vamos acabar com elas daqui.

Joe entendeu perfeitamente a primeira parte da fala do filho de Apolo. Realmente, o bando de aves da Estinfália uma hora iria alcança-los independente do meio de transporte. Mas acabar com as aves dali? Filhos de Apolo de fato são bons em armas de longa distância, mas não são capazes de lançar flechas e acertar alvos múltiplos a quilômetros de distância.

-Enzo, vem comigo. Vamos ir para uma estação de Metrô.

-Tá, tá, eu sei que você quer ir pro subsolo logo, mas aqueles fogos de artifício vão ser bem legais. Olha lá.

Do céu estava descendo uma carruagem completamente incendiada, que estava indo diretamente para o bando de aves, que se viu obrigado a se espalhar no ar. Mesmo assim, um considerável número delas foi abatido pela carruagem, sendo atingidas diretamente ou tendo as asas queimadas só por terem passado perto desta. O bando se desfez e era possível ver apenas 6 aves continuando o trajeto e outras 8 caindo do céu pegando fogo, literalmente.

Os animais pareciam ter aumentado drasticamente sua velocidade. Elas alcançariam os garotos em cerca de dois ou três minutos e fugir não era uma opção viável, pois os sons emitidos pelas aves furiosas aparentava dizer que elas seguiriam os rapazes até o mais remoto dos lugares...

Ave de Estinfália (x6):

[Missão  Teste no Alaska] - Joe Yaashiro e o Rei da Ira 8898038

#7

Joe Yashiro

Joe Yashiro
Filho(a) de Hades
Filho(a) de Hades
Ver perfil do usuário
- Relaxa, cara. Você tá com medo de um bando de aves? – Disse o filho de Apolo  – Você acha mesmo que elas vão parar de nos seguir ou não vão conseguir nos alcançar se pergarmos um taxi? Fora que esse cartão sinistro não me parece confiável. Vamos acabar com elas daqui.

Nesse momento percebi que ele tinha razão. As aves nos perseguiriam até os confins do tártaro se assim for. Até porque, se elas nos acharam agora, nos acharão mais tarde. Olho para baixo, pensativo.

-É que...-engulo um seco e olho para Enzo-O Richard está em perigo. Não sabemos se ele está bem ou quanto tempo ele tem..cada minuto é importante. Ele foi a primeira pessoa que não me evitou logo de cara, pelo contrário, se aproximou de mim e me ajudou a melhorar. Foi meu primeiro amigo....  Meu melhor amigo...

''mas aqueles fogos de artifício vão ser bem legais. Olha lá.''
Isso foi tudo que eu entendi da frase de Enzo. Redirecionei meus olhos pra direção que ele apontava e algo incrível aconteceu. Foi tudo muito rápido, mas estava claro o que tinha acontecido. Uma carruagem em chamas descia do céu em direção à ninhada de pássaros, causando uma grande explosão.

-Essa é uma de suas habilidades?! -perguntei a Enzo- Incrível! Achei que filhos de Apolo só usassem flechas, pelo menos a Cheila só usava.

A fumaça causada pela explosão se desfez. Apenas 6 das aves haviam sobrado e elas não pareciam muito amigáveis. Estavam vindo na nossa direção com muita velocidade, deveriam chegar até nós em alguns minutos. Tínhamos que lutar.

-Enzo, me de cobertura -disse sacando minha espada- Acho que suas flechas serão úteis daqui.

Caso as aves me ataquem, utilizaria golpes em diagonais e meia lua para acabar com elas. Não deveria ser difícil acertar esses pássaros, ainda mais com Enzo me dando apoio. Caso acabasse com elas, usaria meu Diamante das Almas para sugar as almas das aves. Isso se elas tivessem almas...



[Missão  Teste no Alaska] - Joe Yaashiro e o Rei da Ira XJDxGbv
#8

Hermes

Hermes
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário

É que... O Richard está em perigo. Não sabemos se ele está bem ou quanto tempo ele tem..cada minuto é importante. Ele foi a primeira pessoa que não me evitou logo de cara, pelo contrário, se aproximou de mim e me ajudou a melhorar. Foi meu primeiro amigo....  Meu melhor amigo...

Enzo lhe encarou com um olhar de surpresa. Não é todo dia que se encontra um filho de Hades que expõe seus pensamentos assim tão abertamente. Tudo o que ele fez então foi voltar a olhar para as aves e concluir a conversa com a seguinte frase:

- Entendi. Bom, apenas aprenda que antes de tentar proteger os outros é preciso proteger a si mesmo, e a melhor maneira de se fazer isso é se tornando alguém forte.

A explosão da carruagem foi ouvida ao longe, trazendo o filho de Hades de volta à situação atual:

-Essa é uma de suas habilidades?!  Incrível! Achei que filhos de Apolo só usassem flechas, pelo menos a Cheila só usava.

-Uma habilidade minha? De jeito nenhum! Se eu fosse capaz de fazer algo assim certamente seria imbatível. – Responde o garoto com cara de Manolo  - A propósito, vamos aproveitar os poucos minutos pra mudar o local da luta. Aqui está um pouco movimentado.

Os dois saíram para uma área onde o movimento era praticamente nulo e as aves os seguiram pronta e rapidamente. O local era um espaço aberto que facilitaria o uso do arco e flecha, mas o filho de Apolo apenas sacou seu exemplar de espada curta enquanto seu arco curto se mantinha preso às costas.

Joe percebe o motivo disso quando vê as aves que vinham na direção dos dois. Elas seriam alvos fáceis. Estavam com um semblante totalmente fatigado. Talvez porque voaram rápido demais ou aspiraram a fumaça da carruagem de fogo que caíra minutos antes. Dois cortes em diagonal e meia lua foram o suficiente para Joe terminar de finalizar quatro das seis aves, ao passo que as outras duas foram batidas por cortes precisos e rápidos de Enzo. Movimentos que Joe poderia arriscar serem ainda mais precisos que os de seu amigo, Dreyar.

O diamante de almas que o garoto carregava assumiu um brilho sinistro por um breve momento e absorveu a essência das quatro aves batidas pelo filho de Hades. Era a primeira vez que aquele fenômeno acontecia desde que ele se tornara filho de Hades. Seria algo belo se não fosse tão sinistro ver aquelas almas tentando a todo custo fugir do aprisionamento.

Os dois guardam suas armas e agora, aparentemente poderiam seguir seu rumo. Chegar a estação de metrô através de um ônibus da rodoviária. Haviam pelas paredes alguns mapas onde eles poderiam traçar rotas até o Alaska. Porém o TDAH trouxe dificuldades em fazê-lo, os obrigando a recorrer a um funcionário da estação, que gentilmente mostrou uma rota mais rápida até o local desejado. Seriam no total 3 dias e meio de viagem por terra, revezando entre ônibus e metrôs.

Joe então compra as  passagens de forma integral. Bilhetes que lhes permitiriam ingressar em todos os pontos dessa rota sem problemas, com os horários de saída de cada condução nas estações indicadas por um mapa entregue pelo homem. Isso acabou diminuindo o uso do cartão que recebera de Quíron. A primeira parada seria na cidade de Winninpeg.

#9

Joe Yashiro

Joe Yashiro
Filho(a) de Hades
Filho(a) de Hades
Ver perfil do usuário
A ideia de Enzo de sair dali foi muito útil. As aves foram ''fixinha'' pra nós. Elas pareciam cansadas, não se tornando uma grande ameaça. Alguns golpes meus e de Enzo foram o suficiente para acabar com elas. Fico surpreso em ver que o filho de Apolo lutou usando uma espada, e ainda mais surpreso em saber que ele era bom com ela.

Estendo minha mão, segurando o Diamante de Almas. Nunca havia usado, será que saberia como utilizar? Nem precisei descobrir. Uma luz forte foi emanada do Diamante, sugando uma espécie de ar claro e brilhante que saia dos pássaros mortos. Suas almas. Elas pareciam resistir a força que os puxava, mas não tinham força o suficiente. Foram sugadas. Aquele poderia ser um momento inédito pra mim, mas eu me senti confortável e familiarizado. Foi uma experiencia incrível.

Guardo novamente o diamante e a espada. Não gostaria de admitir, mas teríamos que pegar um ônibus para poder chegar a uma estação de metro. Uma linha ferroviária que levasse direto para o Alasca seriá bem útil, pena que não existia. Enzo e eu observávamos um mapa para trassarmos uma melhor rota para a viagem, mas parece que estávamos bêbados, não entendiamos nada. Perguntamos para um funcionário e ele nos passou a rota mais rápida. 3 dias e meio de viagem...

-Vou ir comprar as passagens. -digo para Enzo.

Me ausento por um tempo e volto com vários bilhetes. Bilhetes que nos davam acesso a todos os pontos que nos levariam para o Alasca sem problemas. Observo a primeira passagem em minhas mãos.

-Winninpeg.-digo- Essa é a nossa primeira parada.

Olho no relógio da parede. Será que dava tempo para comermos? Se sim, compraria algo para mim e Enzo. Estávamos com fome. Lá deveria ter algum tipo de lanchonete.

Caso não desse, entraria no ônibus junto de Enzo e partiríamos para nosso primeiro ponto.



[Missão  Teste no Alaska] - Joe Yaashiro e o Rei da Ira XJDxGbv
#10

Conteúdo patrocinado


#11

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 4]

Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum