Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!




ATUALIZAÇÕES DO FÓRUM




Absolutamente TUDO de novo que foi adicionado ao fórum DEVE ser postado neste tópico (localizado em "Noticias e Atualizações" do Mural Divino). Esse é um tópico de uso exclusivo da ADM para expor novas informações e servirá como um meio de comunicação onde os players poderão se manter atualizados sobre aquilo que vem acontecendo dentro do fórum.
Por isso peço encarecidamente que sempre estejam olhando este tópico e que o enviem aos novatos para se ater das mesmas coisas que vocês, avisem colegas e amigos sempre que virem algo novo acontecendo.
Se você, jogador, tiver algo para falar a respeito do que foi postado aqui, use nossa chatbox ou mesmo o tópico da central de atendimento: http://www.heroisdoolimpo.com/t46-central-de-atendimento-ao-campista

IMPORTANTE: Esse tópico é para ser atualizado sempre que algo mudar, não precisa ser preenchido somente por Ártemis e Hefesto. Se vc tem algo novo para postar, POSTE COMO COMENTÁRIO AQUI, seja uma mega missão, ou qualquer outra coisa.

Veja em: http://www.heroisdoolimpo.com/t2341-atualizacoes-do-forum-leiam-e-fiquem-por-dentro-do-que-esta-acontecendo

Novidades serão postadas como comentários ao longo do tópico!



Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Estados Unidos da América » Estados Unidos da América » Outros Locais » 

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

[Teste de Reclamação!] - Castiel Kross

por Hermes em Qui 14 Maio 2015 - 12:21

Hermes

avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
Castiel Kross, um jovem legionário que fora aceito na 5ª coorte estava confuso. Ele já havia descoberto que possuía ancestralidade com Vulcano, o que seria o suficiente para lhe trazer problemas no mundo humano, afinal, o sangue de um deus corria em suas veias. Entretanto, ele tinha uma atração muito forte pelas estátuas de Júpiter que existiam naquele local e o fazia pensar na possibilidade de possuir ligação não com um, mas dois deuses, sendo um deles o rei e senhor das demais divindades.

O dia estava com o tempo fechado e com um ar quase sombrio. Nuvens de tempestade estavam se aglomerando pelo local quando Saito e Fiuk, os dois pretores convocaram Thalia, a centuriã da 5ª coorte juntamente com Castiel. A expressão dos dois pretores era severa. Em mãos havia uma espécie de carta onde estava escrito que o rapaz deveria se dirigir até a colina dos templos. Ele recebe das mãos de Fiuk, ao passo em que Saito solta um sorriso sarcástico como quem quer dizer “boa sorte na viagem só de ida, meu caro”.

O rapaz retorna com Thalia até sua coorte a fim de pegar os seus equipamentos. Ela então explica que é muito raro algo assim acontecer e que certamente é a influência de algum deus no acampamento. Todo o cuidado será pouco no momento em que ele chegar até a colina. Ela deseja boa sorte e retorna a suas atividades, enquanto o legionário deve partir rumo à colina, onde algo surpreendente o espera.

Observações:

-Poste os itens que está levando para a narrativa;
-Atente-se às questões interpretativas. Isso se trata de um teste, saiba que não serão apenas batalhas que o aguardam daqui em diante;
-  Boa Sorte e Divirta-se!

#1

Castiel Kross

avatar
Filho(a) de Magia
Filho(a) de Magia
Ver perfil do usuário
Embora as nuvens de tempestade me proporcionassem a sensação de agrado, era impossível não se sentir tenso com tudo. A centuriã de minha coorte, Thalia, tinha sido chamada pelos pretores e curiosamente eu também. A princípio me senti feliz, dia após dia orava para Júpiter, o deus dos deuses, pedindo para que me reclamasse. Se contasse pra alguém poderiam dizer que estava me dando o luxo de afirmar ser alguém que não se encontra a cada esquina. Achei que este fora o sinal que estava esperando, talvez esta fosse a provação que eu esperava. Conforme os minutos passavam, me sentia gradativamente mais ansioso, sem poder esperar pelo momento. Nunca tinha encontrado os dois pretores antes, sempre os imaginava com uma expressão séria e inspiradora, encontrara-os do jeito como imaginava. Lancei um olhar curioso para a filha de Plutão, Fiuk tinha em mãos um papel, talvez fosse algum tipo de recital a ser feito, ou somente uma carta.

Peguei-o ao ver que Fiuk me entregava e olhei de relance o sorriso de Saito, um calafrio percorreu minha nuca e eu coloquei minha mão direita na região, notando que não era nada, talvez só fruto de minha imaginação. Se nem mesmo o pretor achava que eu iria conseguir, realmente eu não estava em uma boa situação. Voltei a focar no papel e não li nem tão rapidamente, nem tão lentamente, caso o fizesse não compreenderia uma palavra sequer.
 
- Colina dos templos - Sussurrei baixinho para mim mesmo enquanto dobrava o papel e voltava à Quinta Coorte junto à centuriã. Tinha de ir até lá novamente, era impossível não se perguntar o que me aguardava. Talvez os deuses, talvez inimigos, provavelmente o que eu menos esperava.  Ouvi as palavras de Thalia de forma atenta.


- É muito raro algo assim acontecer e que certamente é a influência de algum deus no acampamento. Todo o cuidado será pouco no momento em que ele chegar até a colina - Uma fala bem tranquilizadora. Caminhei até meu beliche em meio aos pensamentos e me deparei com minha cama. Poderia deitar ali e fingir que nada aconteceu, poderia pegar meus itens e fugir dali, da coorte, do acampamento, do mundo. Atitudes covardes não eram a minha praia, então descartei todas essas possibilidades e foquei no meu dever.


- Só recolha seus itens e vá até a colina - Falei para mim mesmo. Equipei meu peitoral de couro e meu elmo, eram bem confortáveis e talvez salvassem minha vida mais tarde. Segurei firmemente o punho de minha espada com ambas as mãos. "Com esta espada irei provar para o senhor, pai" orei mentalmente enquanto caminhava olhando para a lâmina, em direção a saída da coorte. Caminhei à passos fortes e com a postura mais rígida que consegui, adotei um rosto sério e disse à mim mesmo que só agiria normalmente. Como deveria ser feito.  Ao chegar até o destino, aguardaria por algo, alerta a tudo. Esperaria entre dois e três minutos, remexendo um pouco as pernas para não ficar com caimbra por permanecer parado. Se nada acontecesse, caminharia em busca de algo olhando para tudo, segurando de forma firme minha arma, deixando-a frente a meu corpo, com a lâmina virada verticalmente para o norte. Se avistasse qualquer coisa se mover, viraria minha arma para aquela direção e iria atrás verificar o que seria. Sob qualquer indício de ataque, tentaria rolar pelo gramado e ver o que ou quem tinha me atacado.

Itens levados:

- Peitoral de couro
- Elmo comum
- Espada curta
Obs:

Desculpe se eu deveria postar as passivas de Vulcano, fiquei em dúvida se devo afinal ainda não fui reclamado. Estou tirando estas dúvidas com alguns deuses, grato pela atenção.

#2

Re: [Teste de Reclamação!] - Castiel Kross

por Hermes em Sab 16 Maio 2015 - 19:33

Hermes

avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
Ao adentrar a colina dos templos o garoto não vê absolutamente nada ou qualquer sinal de legionários. Um local vazio que poderia ser confundido com qualquer cidade fantasma definiria aquele ponto do Acampamento Júpiter. Após alguns minutos de espera, o rapaz se vira para uma estátua do deus Júpiter, que parecia muito maior do que da última vez que a havia fitado. Uma espécie de tensão inexplicável invadiu o corpo do garoto. Seria até possível arriscar que ele estaria na presença do próprio deus dos deuses, se aquilo não fosse uma estátua, claro.

- Então você é o último dos três escolhidos – Diz uma voz que ecoa pelo local. Ao olhar para trás, Castiel se depara com a imagem de um senhor com uma idade muito avançada, que se vestia de branco e estava apoiado em uma bengala. Das costas desse homem, como se num passe de mágica, apareceram mais dois garotos trajando e portando os mesmo equipamentos iniciantes de Castiel, mas suas expressões eram um tanto severas. Eles fitavam o garoto como se ele fosse sua caça ou algo parecido.

- Esses são Will e Thales. Dois semideuses que assim como você juntaram-se à Legião recentemente. Eles receberam o chamado dos pretores e também receberam um desses mapas que está no seu bolso.

Um tanto quanto estupefato o garoto coloca a mão no bolso e de lá tira o envelope que recebera das mãos de Fiuk. O mesmo papel que dizia para o rapaz se dirigir à colina dos templos agora tinha um desenho totalmente diferente sendo exibido.  Uma espécie de mapa que tinha 3 pontos claramente marcados e com três espaços circulares em preto eram o mais chamativo. Os locais eram a Via Principalis, a Princípia e a Arena.

- Dentro de cada um desses ambientes haverão pequenas missões que esperam por vocês. Espero que tenham muito cuidado, pois a partir de agora estão em teste! – O homem então desaparece numa espécie de nuvem de fumaça e Castiel apenas vê os dois semideuses correndo para longe. Aparentemente estavam indo para um dos destinos descritos. Restava saber: para onde ele iria primeiro?

#3

Castiel Kross

avatar
Filho(a) de Magia
Filho(a) de Magia
Ver perfil do usuário
Enquanto nada aparecia na colina, ficava cada vez mais ansioso e tenso. As palavras de Thalia flutuavam em minha cabeça. Havia ali algum engano? Talvez alguma brincadeira de péssimo gosto. Não, os pretores do acampamento e minha centuriã não seriam pegos dessa forma e os deuses romanos eram sérios, ou eu imagino que ainda são. Suspirei fundo e me concentrei, virando-me para uma estátua de Júpiter e estudando-a como sempre fazia. Já tinha vindo no local várias vezes e sabia que a estátua não estava antes daquela altura. Eu estaria encolhendo? Deduzi que não ao lembrar de que só ela tinha mudado no local, ou pelo menos a única coisa que eu consegui perceber.


De imediato me senti suspeitosamente tenso, seria aquele o verdadeiro Júpiter? Nunca tinha escutado algo sobre deuses virando estátuas, talvez um conto ou histórias sobre eles observarem os seus filhos por este meio. Se eu estava em sua presença ou coisa do tipo, talvez eu realmente fosse seu filho. Não poderia nem deveria tomar conclusões precipitadas assim, acabaria ficando louco e jogaria tudo a perder. Se eu tinha sido chamado havia algum motivo, e duvidava que fosse para festejar.

- Então você é o último dos três escolhidos – Disse uma voz que ecoou pelo local. Olhei para trás aflito e atento, com o punho esquerdo cerrado e a espada frente a meu corpo. Um senhor com uma idade muito avançada estava a minha frente, vestido de branco e apoiado em uma bengala. Uma figura frágil de alguém, o que a maioria das vezes era somente uma ilusão. Das costas desse homem apareceram mais dois garotos trajando e portando os mesmo equipamentos que eu. "Três escolhidos". Fazia sentido, mas escolhido para quê? Não ousei tomar uma expressão de surpresa em meu rosto, talvez pudesse agradar aqueles dois.

O jeito como me fitavam era tenebroso, me olhavam como quem diz "Seria melhor você nem ter nascido parça". 


- Esses são Will e Thales. Dois semideuses que assim como você juntaram-se à Legião recentemente. Eles receberam o chamado dos pretores e também receberam um desses mapas que está no seu bolso. - Aguardei um pouco e levei minha mão à meu bolso, tirando o envelope que tinha recebido do pretor. Agora de uma carta passara à um desenho, um mapa. Estavam destacados três lugares, dos três eu não havia visitado nenhum, o que era ruim.

- Dentro de cada um desses ambientes haverão pequenas missões que esperam por vocês. Espero que tenham muito cuidado, pois a partir de agora estão em teste! – Terminou ele antes de desaparecer numa nuvem de fumaça. Avistei em seguida, os dois garotos correndo para um dos locais descritos e guardo o mapa no bolso, correndo em direção à eles. Ele não disse que tinhamos de chegar no lugar primeiro e sim passar pelas provações que lá nos aguardavam. Se estivéssemos competindo enquanto isso jamais conseguiriamos, talvez por sorte aqueles dois sairiam vivos e o mesmo contava para mim. Precisava alertá-los e convencê-los de que precisávamos de cooperação, duvidava que eles acreditariam em mim com aquele espírito flamejante de competição.


Quando alcançasse eles ou se alcançasse antes de chegar no local, tentaria falar sobre isso. Utilizando de toda a pouca diplomacia ou a lógica que tinha ganho naturalmente em meus quatorze anos de vida para convencê-los, duvidava que funcionasse mas era melhor do que fazê-lo no campo de batalha. Continuaria a seguí-los para o local, esperava reconhecer qual lugar era ao vê-lo, aparentemente eu saberia diferenciar a Arena da Via Principalis. Se porventura conseguisse convencer os dois garotos a cooperar comigo, iria tentar nos manter juntos, não sendo tão ingênuo afinal se eles acreditassem em mim de cara, estavam armando algo e eu não me deixaria ser pego tão facilmente.


Sob qualquer indício de ataque seja dos garotos ou de outro ser, iria recuar e saltar para o lado se preciso. Em último caso entrando em rodada de defesa total para defender os ataques com a lâmina de minha arma. Iria olhar para todo o local em busca de algo.
Na arena, o mais provável a acontecer seria uma batalha, na Via Principalis talvez a procura de algum item perdido, porém, ainda era desconhecido para mim qualquer palpite do que iria acontecer na Princípia.  Iria fazer o que se adaptasse ao momento naquela missão, confiando em mim mesmo para não fazer besteira. Se possível (não arriscasse a minha vida e a deles) iria alertar a Will eThales do possível perigo e  falar do que seria mais propício a se fazer, assim como um bom líder faria. Mesmo ninguém me dando tal título, o orgulho sempre vinha.



Itens:


- Peitoral de couro
- Elmo comum
- Espada curta

#4

Hermes

avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário


Castiel tem uma visão mais profunda sobre aquilo que está acontecendo. “Não é porque estamos em teste que estamos competindo, certo?” Errado! Isso é confirmado quando os dois garotos desaparecem da vista do menino em questão de segundos enquanto ele fica parado fazendo essas reflexões. O velho que se desfez em fumaça anteriormente ressurge atrás do menino e com um ar um tanto sarcástico e um sorriso maroto que não havia sido demonstrado antes fala calmamente:

- Espero que não pense que terá desafios amigáveis aqui, garotinho. Não sei se reparou a postura e olhar de desprezo que aqueles dois lhe lançaram. Eles SÃO seus CONCORRENTES! Depois da grande guerra há 20 anos, todos os candidatos a filhos dos três grandes necessitam passar em um teste vindo dos deuses. Você diz ter tanta certeza de que é filho do onipotente e onipresente Júpiter a ponto de ele me pedir para testá-lo.

Quando o garoto se vira percebe que o velho já está com a forma de um homem extremamente jovem com o corpo de um maratonista. Ele percebeu de cara que se tratava do deus Mercúrio, que seria o responsável por testar os três.

- Confesso que vejo potencial em você, Castiel. Mas sua ingenuidade logo no começo do teste te trouxe desvantagens. Os outros dois rapazes estão se apressando correndo para realizar seus feitos. Agora pense: O que você acha que seria um teste montado por mim?

O deus então novamente se desfaz em uma nuvem com um sorriso de satisfação no rosto, pois agora tinha certeza de que aquele canditato em questão precisaria se esforçar não apenas para cumprir os testes, mas também para derrotar seus oponentes. Uma nova olhada no mapa mostra que o rapaz não teria problemas em chegar a nenhum dos locais descritos pois as rotas estavam claramente traçadas. Ou seja, a sua única desvantagem seria a largada um tanto atrasada.

#5

Re: [Teste de Reclamação!] - Castiel Kross

por Baco em Dom 28 Fev 2016 - 20:41

Baco

avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
CANCELADA A PEDIDO DO JOGADOR



Spoiler:


~EU SOU O EXU~
#6

Conteúdo patrocinado


#7

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum