Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!




ATUALIZAÇÕES DO FÓRUM




Absolutamente TUDO de novo que foi adicionado ao fórum DEVE ser postado neste tópico (localizado em "Noticias e Atualizações" do Mural Divino). Esse é um tópico de uso exclusivo da ADM para expor novas informações e servirá como um meio de comunicação onde os players poderão se manter atualizados sobre aquilo que vem acontecendo dentro do fórum.
Por isso peço encarecidamente que sempre estejam olhando este tópico e que o enviem aos novatos para se ater das mesmas coisas que vocês, avisem colegas e amigos sempre que virem algo novo acontecendo.
Se você, jogador, tiver algo para falar a respeito do que foi postado aqui, use nossa chatbox ou mesmo o tópico da central de atendimento: http://www.heroisdoolimpo.com/t46-central-de-atendimento-ao-campista

IMPORTANTE: Esse tópico é para ser atualizado sempre que algo mudar, não precisa ser preenchido somente por Ártemis e Hefesto. Se vc tem algo novo para postar, POSTE COMO COMENTÁRIO AQUI, seja uma mega missão, ou qualquer outra coisa.

Veja em: http://www.heroisdoolimpo.com/t2341-atualizacoes-do-forum-leiam-e-fiquem-por-dentro-do-que-esta-acontecendo

Novidades serão postadas como comentários ao longo do tópico!



Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Estados Unidos da América » Estados Unidos da América » Outros Locais » 

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 8 de 9]

Hermes

Hermes
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
- Resposta errada, filho de Quione. - Diz o monstro esquivando da investida de Jack Frost com um longo salto para trás, capaz de deixar o rapaz boquiaberto pela velocidade e força aplicadas na esquiva. Sua habilidade que lhe permite enxergar os movimentos do oponente em câmera lenta permitiu-lhe ver a destreza que o monstro possuía, além da grande velocidade, claro. Pois se ele esquivou com tanta maestria, tinha uma velocidade aterrorizante.

Black Annis até então não havia mostrado nenhuma de suas habilidades além do poder de sugar corpos e transferir os danos para os espíritos de suas vítimas. Mas era mais que óbvio que um monstro daquele porte pertencia a uma dimensão totalmente diferente do que qualquer semideus já havia visto ou ouvido falar. Estava distante dos contos de mitologia greco-romana, e portanto, não poderia ser vencida de modo convencional.

A brincadeira acabou - Diz a criatura fazendo com que longas garras de um metal que parecia aço se moldarem através de seus dedos. Cada uma daquelas 10 lâminas tinha pelo menos 50cm de comprimento e brilhavam intensamente naquele salão iluminado, mostrando que eram extremamente afiadas.

Black Annis:


[/img]
--------------------------
- Esteja ciente de que sua brincadeira é inútil e não vai me acertar. O máximo que vai conseguir é deixar seu amado pai furioso por destruir preciosas almas que deveriam ir para o que vocês chamam de reino dos mortos - Diz o monstro com cara de deboche. -  Exatamente. Eu já aprendi muito sobre vocês, descendentes de deuses pagãos. Isso com as próprias criaturas de seu mundo patético. Observe bem.

Surgem então algumas espécies de cápsulas feitas de algum material que se assemelhava a esmeraldas. Todos tinham uma coloração verde e havia alguma criatura presa, em estado de aparente morte. Lestrigões, elfos, anões, ogros, orcs e até mesmo um minotauro.

- Já conheço cada uma de suas habilidades patéticas e sei como contra-atacar. Se estiver realmente disposto a brincar, siga em frente, mas aceite que não vai acontecer nada de bom pra você quando brandir essa espada de fogo negro. Será que você queima bem?


Nesse momento Hegulus viu uma única coisa diferente. Não era no demônio Black Annis, e sim nas almas errantes. Elas antes estavam em estado de transe, mas agora observavam o rapaz. Eram milhares de olhares que transmitiam os mais diversos pensamentos. Alguns esperançosos. Outros de expectativa, alguns outros o olhavam como se ele fosse um idiota ao tentar enfrentar o monstro e outros simplesmente queriam dizer que ele deveria fugir. O fato é que as almas pareciam, aos poucos, despertar.

#71

Φ Jack Frost

Φ Jack Frost
Filho(a) de Chione
Filho(a) de Chione
Ver perfil do usuário
Olho para aquela criatura que eu não sabia exatamente o que era.
-- Sua força vem do medo -- Digo, percebendo a verdade naquelas palavras enquanto as pronunciava -- Vem da crença dos mortais.

Endireito o corpo, refletindo, olhos estreitos. O poder de Black Annis provinha, como o dos deuses, da crença dos mortais, do medo das pessoas. Mais especificamente, das crianças. Daqueles que tremiam à noite com medo que o bicho-papão viesse comê-los. dos que se cobriam dos pés à cabeça com medo que o Monstro-debaixo-da-cama puxasse seus pés. Eu havia descoberto algo, mas ainda não sabia lidar com o problema. O que eu poderia fazer? Correr por todo o mundo dizendo para as crianças que o bicho papão não existe?

Ergo a espada segura na mão direita, cerrando os dentes. O monstro parecia finalmente incitado a iniciar a batalha de verdade.

-- Alexis, recue -- Falo para a mulher. A luta não seria fácil, e eu não queria que ela se machucasse.

Minha mão esquerda permanecia fechada, ainda Acumulando energia. eu não sabia exatamente pra que. Mas sabia que poderia vir a precisar dela.

Observo as almas, enxergando-as. Ainda não conseguia entender por que estavam alí. apenas para morrer por Black annis, escravizadas? Por que não seguiam para o submundo? Por que estavam tão estáticas? Eu sabi que os mortos não tinham o mesmo intelecto que os vivos. suas mentes mortais processavam apenas o que a névoa lhes permitia ver, mas... Aquilo já estava estranho.

Fico atento então ao meu verdadeiro inimigo. Com a espada erguida, eu fico alerta para se preciso pular, bloquear,
desviar com gingados e etc. Dou o meu melhor para evitar as lâminas do monstros, bloqueando as que nao for possível evitar.

Acúmulo Quando desejar, o filho de Quione poderá cerrar uma das mãos e acumular nela certa quantia de energia, que poderá utilizar para melhorar qualquer uma de suas habilidades com gelo. Sua mão desprenderá uma leve névoa e ele terá de mantê-la cerrada durante todo o tempo e caso receba um golpe fatal a energia se desfaz. Requer que o semideus tenha, pelo menos, 30 pontos de Energia para ser utilizado (os pontos não serão consumidos).



Sempre considerar::
Frieza : Os filhos de Quione tem a personalidade fria. Podem ser confundidos com antipáticos e normalmente são imperiosos. Devido a esta “aura” eles conseguem fazer com que as pessoas acreditem nele e são mentirosos naturais.
Frio Aconchegante [Inicial]: Filhos de Quione tem seus poderes e resistência potencializados quando estão no frio. Recuperam 5 pontos de vida e energia por rodada que permanecerem a temperaturas abaixo de dez graus c°
Perícia Gélida [Inicial]: Confere o nível de pericia [Inicial] para armas com o descritor Gélido. Não permite o treinamento de outras pericias.
#72

Re: [Missão Especial] Jack Frost, Investigações Perigosas

por Convidado em Sex 12 Fev 2016 - 20:48

Convidado

Anonymous
Convidado
Sinto minha mente sendo aberta. Como um crânio sob o fio do machado. Uma nuvem sob um raio de sol.

As almas olhavam para mim. Pra mim. Viravam-se, uma por uma, como se de repente pudessem ver uma chama brilhando em meio à escuridão. Seus sentimentos, seus pensamentos me atingiram como uma onda quebrando nas rochas da praia. Confusão. Súplica. Medo. Ódio. Esperança. Inspirei fundo, tentando manter-me são.

-- Entendo -- Murmuro para mim mesmo, embainhando a espada em chamas, caminhando na direção da criança que gritada de dor antes. A criança que sofrera com meu ataque impensado contra Bashito e que, anteriormente, eu ficara tentado a cortar com minha espada, numa esperança de acabar com seu sofrimento.

-- você está com medo, não está? -- Pergunto a ele, pousando a mão em sua cabeça.

Aperto os olhos. Trago à mente as memórias do submundo. As memórias dos asfódelos. A imagem do Castelo de Hades. A lembrança de meu pai. A sensação de morrer. Afinal, eu já havia visitado o mundo dos mortos duas vezes, pelo pior caminho. Talvez o que aqueles coitados precisassem fosse nada mais do que um guia, e tento fazer este papel. Nunca havia tentado antes. Sempre havia invocado almas, e não enviado-as de volta ao mundo dos mortos. Os fantasmas que me acompanhavam iam e voltavam a seu bel prazer. Como? Não saberia dizer... Mas tento ajudar aqueles presentes com a força de minha mente. Eles eram MEUS súditos, afinal, percebo com certa surpresa, com certa raiva. Meu povo. Eu. Hegulos, filho de Hades, Herdeiro dos Mortos. Meu esforço poderia ser vão, mas não seria medido. Eles eram minha herança e minha responsabilidade.

-- Liberte-se -- digo ao garotinho, imaginando seu caminho ao verdadeiro pós-morte.
Dando certo ou não...
-- Se eu queimo bem? -- Respondo a Black annis -- Por que você não experimenta e descobre?

Envolvo-me em minha sombra. Recolho-me em meu canto escuro, em minha armadura moldada de Mim. Estico minhas trevas em volta de meu corpo, envolvendo-me como um casulo, transformando-me em uma sombra ambulante de forma humana. Uma mancha negra em meio aos mortos, mais escura que as próprias sombras. Alí, em minha armadura particular, sentia-me protegido. Ali nenhuma flecha profanaria minha carne e nenhuma lâmina me tomaria o sangue.

fico pronto para bloquear qualquer ataque da monstruosidade que era Black Annis. Não sabia que poderes escondia e as proporções de suas proezas físicas. Então mantenho-me preparado para qualquer imprevisto.

[HABILIDADE ÚNICA]Elo das Sombras: Neste nível o herói já tem tamanha compreensão de sua própria sombra que elevou a habilidade Afinidade das Sombras a um novo nível, permitindo-o controlar a própria sombra como se fosse parte do próprio corpo, tão tranquilamente quanto como se estivesse erguendo um braço ou caminhando no calçadão de Ipanema, além do bônus na força de sua sombra. Ao controlar a própria sombra não mais necessitará usar a habilidade Umbracinese, porém como a sombra se fortalece junto com seu dono, o seu alcance está limitado a (Nível do Semideus/2)m.

Conhecimento do Lar: Os filhos de Hades conhecem os caminhos e os lugares do reino de seu pai, e conseguem se manter informados dos fluxos das almas e criaturas que andam por lá.

Respeito dos Mortos I: Todas e quaisquer criaturas que estiverem mortas, reconhecem o semideus como um filho de Hades, respeitando-o. Respeito não significa, obrigatoriamente, obediência.

#73

Hermes

Hermes
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
Black Annis estreitou os olhos.

As palavras do filho de Quione, de alguma forma, afetaram o monstro. Teria ele descoberto uma das chaves daquele enigma? Não era possível afirmar com certeza, mas algumas coisas no campo de batalha haviam mudado. As almas errantes agora fitavam-no junto com a capitã, com olhares claros de esperança.

- Acho que você entendeu a charada, major. - Diz Alexis esboçando um sorriso - Então temos que dar um jeito de trazer essas almas pro nosso lado, e eu observei uma coisa: Ela não esquivou de seus ataques, exceto quando você mirou o cinto, que é muito citado nas pesquisas. Sinto muito, mas não estou disposta a recuar - Completa indo para o lado do rapaz com seu bumerangue em mãos.

O monstro então salta para longe, aparentemente muito irritado. Jack e Alexis reparam em seus olhos que ela estava claramente tomada por ira, mas isso não deveria acontecer com o simples fato de eles acharem a resposta de uma indagação feita pelo próprio monstro, deveria?

Black Annis:


[/img]

----------------------------------------------------------

"Liberte-se".

Aquelas palavras juntas ao turbilhão de sentimentos que era algo inimaginável para um filho de Hades desencadearam um efeito em cadeia. O garoto que antes chorava de dor agora sorria. Aos poucos, a sua alma foi tornando-se algo mais transparente até finalmente desaparecer. Apesar de não ter mais a visão dele, Hegulus sabia para onde ele havia sido mandado, o lugar onde todas as almas devem ir quando seus corpos mortais padecem: O reino de Hades.

E assim foi acontecendo com todas as outras milhares de almas que ali estavam. Uma a uma elas foram desaparecendo, deixando a imagem de Black Annis ficar turva, como se tambem desaparecesse. Quando a última alma sumiu dali, o monstro também desapareceu por completo. Foi como se a crença e esperança depositada pelas almas no filho de Hades fossem infinitamente maior que o medo e terror que o demônio havia causado. Com o fim daquela crença horrenda, sua existência havia se apagado.

Ou pelo menos foi isso que ele imaginou.

O cenário da caverna escura muda aos pocuos, e Hegulus se vê diante de um túnel muito diferente. Parecia ser parte do subsolo de um palácio antigo, com inúmeros blocos e luzes distribuídas de forma impecavelmente organizada. Aparentemente sua missão estava longe do fim.
[/color]

#74

Re: [Missão Especial] Jack Frost, Investigações Perigosas

por Convidado em Sex 12 Fev 2016 - 21:44

Convidado

Anonymous
Convidado
Olho para um lado e para o outro. Encaro o túneo que parecia seguir eternamente, Hades-sabe-lá para onde. solto um longo suspiro. Havia cumprido com meu objetivo. As amas conseguiram seguir para seu destino. Poderiam descer ao submundo, serem julgados pelos Três Juízes, reviver outra vez. Lutar em uma nova vida...

O pensamento me arrancou um leve sorriso torto. Olho para o lado do corredor que parecer mais escuro. A passos largos, sigo por ali.

#75

Φ Jack Frost

Φ Jack Frost
Filho(a) de Chione
Filho(a) de Chione
Ver perfil do usuário
Estreito os olhos.

-- Vocês devam seguir seu caminho -- digo para as almas -- Sua morada não é aqui.

Flexiono os joelhos.

-- Juntos? -- Pergunto a Alexis, sentindo uma estranha satisfação ao vê-la ali, do meu lado.

Disparo então na direção de Black Annis. Alexis ficaria para trás, é claro, mas ela me parecia mesmo lutar melhor à distância com seu bumerangue e pistolas. Voo à toda na direção do monstro, sentindo meu peito inflar-se com uma estranha alegria. Um sentimento de sede e satisfação em poder, finalmente, brandir minha espada. Era aqulo o que eu gostava de fazer, afinal. Eu era um guerreiro. Um samurai. E a sede de minhas lâminas eram minha sede, também.

No ar eu invoco um cubo de gelo, o qual chuto na direção do rosto de Black. Giro na horizontal ao chegar perto, passando por cima do monstro, caindo atrás dele e tentando cortar-lhe o cinto. Movo-me de imediato para a direita, dando a volta no monstro pelo seu lado cego, deixando em meu lugar um Fantasma. Novamente corto na direção das caveiras em seu cinto, movendo-me logo em seguida.

Não conhecia os limites da agilidade do monstro, ams esperava que, por ele estar abalado, não pudesse mover-se com tanta destreza quanto ants. Fico sempre atento para não ficar no caminho do bumerangue de Alexis. Movo-me sempre atento a isso, e SEMPRE pronto para eitar ataques inimigos, usando a katana quando preciso para bloquear, mas priorizando desviar pros lados, trás, cima, etc.

Movimento Fantasma: O filho de Hermes agora se move com tamanha velocidade que os olhos do oponente demoram a acompanhá-lo, de forma que verão a imagem do filho de Hermes parado enquanto este já está em movimento. A imagem dura Agi/100 segundos. Consome 10 de Energia, aumenta em 2 para cada uso em menos de uma rodada (até o fim da rodada seguinte. Efeito acumulativo)..



Sempre considerar::
Frieza : Os filhos de Quione tem a personalidade fria. Podem ser confundidos com antipáticos e normalmente são imperiosos. Devido a esta “aura” eles conseguem fazer com que as pessoas acreditem nele e são mentirosos naturais.
Frio Aconchegante [Inicial]: Filhos de Quione tem seus poderes e resistência potencializados quando estão no frio. Recuperam 5 pontos de vida e energia por rodada que permanecerem a temperaturas abaixo de dez graus c°
Perícia Gélida [Inicial]: Confere o nível de pericia [Inicial] para armas com o descritor Gélido. Não permite o treinamento de outras pericias.
#76

Hermes

Hermes
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
Jack tenta fazer as almas saírem dali, sem sucesso. Além de não possuir qualquer tipo de respeito por parte dos mortos, aquelas almas tinham um terror imenso estampado em suas faces.

Finalmente Black Annis se move para entrar em combate.

Jack faz uma arrancada na direção do monstro e diferente do que ele esperava, Alexis corre para a lateral esquerda. Talvez a capitã estivesse almejando um disparo pela diagonal ou algo assim.

O fato é que o filho de Quione começa invocando um cubo que obstruiu a visão do monstro e parcialmente a sua, pois ele simplesmente se moveu com uma velocidade arrasadora para a lateral, onde haveria um ponto cego da criatura, mas ao terminar o contorno, não havia nada ali além de uma alma errante. O bumerangue da capitã passa por cima da cabeça do filho de Quione cortando-lhe poucos fios de cabelo. Teria sido um ataque de impulso?

- Receio que meu poder esteja além de sua compreensão, mortal insignificante – Diz Black Annis que estava em um outro ponto, à direita de Jack, cerca de 10 metros. O rapaz em uma situação normal se perguntaria como aquilo aconteceu, mas a visão que teve foi ainda mais impressionante.

O monstro não havia se tocado da rota do bumerangue da descendente de Atena, que aparentemente previu que ela estaria naquela posição. A arma da capitã passa como uma poderosa lâmina giratória voadora, decepando o braço da criatura e voltando intacto para a mão de sua dona.

Black Annis urrou de dor e espanto.

- Como você ousa!

- Não subestime a inteligência de uma garota – Diz a capitã sem um  destino específico. Teria sido uma brincadeira com Jack ou uma ironia para o monstro?

O fato é que Black Annis estava realmente puta e pega seu braço, encaixando-o no lugar.
Aos poucos, aquele membro voltava para seu lugar, apesar de haver marcas muito feias e uma grande cicatriz, deixando claro que o ataque surtiu efeito, diferente dos golpes anteriores.


----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Enquanto isso, Hegulus caminhava.

O eco de um grito horrendo foi o estopim para que ele começasse a correr e não demorou para que ele tivesse a visão de Jack e Alexis encarando o monstro, que estava claramente irritado.

- Maldição, o outro pivete está aqui.

#77

Φ Jack Frost

Φ Jack Frost
Filho(a) de Chione
Filho(a) de Chione
Ver perfil do usuário
Observo com olhos bem abertos o homem por o braço de volta no lugar. Alexis... Teria ela planejado aquilo? Deixo escapar um sorriso torto, e já me preparava para voltar a avançar. Entendo, falei comigo mesmo. O monstro podia transferir os danos que recebesse às suas almas, desde que soubesse que o ataque viria. Era uma habilidade consciente, não permanente.

Mas, quando eu estava prestes a saltar, as palavras do monstro me fizeram parar. "O outro pivete está aqui". Quase viro para olhar. Afinal, Hegulos devia estar morto, segundo ele. Poderia ser apenas um truque do monstro para me distrair. Irritado, disparo contra o maldito, abrindo a mão esquerda e liberando toda a energia acumulada até então (acho que 5 rodadas).Libero toda a energia na forma de 4 espadas de gelo. Quatro katana reluzentes moldadas a partir de puro gelo, mais resistentes que qualquer gelo normal pela quantidade de energia Acumulada usada na habilidade. Com isso, três das espadas voariam, ferozes, atacando o monstro, e fico atento. Caso ele volte a trocar de lugar com alguma arma eu fico ligado para mudar a direção de meu voo, indo contra ele, se estiver perto, ou disparando a quarta espada em sua direção se estiver afastado.

Sempre fico atento para desviar, pular, colar ou bloquear garras com as katana. Evito ferir as almas com as espadas, sempre fazendo-as desviar deles se possível.

Ice Make [Intermediário]: Você pode formar objetos maiores e mais detalhados, e em menos tempo de acumulação de energia. Gasta 50 de energia.


Acúmulo: Quando desejar, o filho de Quione poderá cerrar uma das mãos e acumular nela certa quantia de energia, que poderá utilizar para melhorar qualquer uma de suas habilidades com gelo. Sua mão desprenderá uma leve névoa e ele terá de mantê-la cerrada durante todo o tempo e caso receba um golpe fatal a energia se desfaz. Requer que o semideus tenha, pelo menos, 30 pontos de Energia para ser utilizado (os pontos não serão consumidos).

Glace Dominus I: O filho de Quione consegue controlar completamente as criaturas feitas de gelo, desde que ele seja seu criador. As armas/objetos criados por ele também ganharão vida e exercerão sua função natural (Uma flecha de gelo voará de encontro ao alvo, bem como uma espada o tentará golpear, e etc), por um turno apenas. (O tempo aumenta em uma rodada para cada Acúmulo que o semideus tiver.



Sempre considerar::
Frieza : Os filhos de Quione tem a personalidade fria. Podem ser confundidos com antipáticos e normalmente são imperiosos. Devido a esta “aura” eles conseguem fazer com que as pessoas acreditem nele e são mentirosos naturais.
Frio Aconchegante [Inicial]: Filhos de Quione tem seus poderes e resistência potencializados quando estão no frio. Recuperam 5 pontos de vida e energia por rodada que permanecerem a temperaturas abaixo de dez graus c°
Perícia Gélida [Inicial]: Confere o nível de pericia [Inicial] para armas com o descritor Gélido. Não permite o treinamento de outras pericias.
#78

Re: [Missão Especial] Jack Frost, Investigações Perigosas

por Convidado em Dom 21 Fev 2016 - 2:47

Convidado

Anonymous
Convidado
Encaro a cena lá me baixo, sentindo o peito inflar. Jack estava vivo. Estava lutando. E encaro o mar de almas abaixo, exatamente iguais às que havia aparecido na outra caverna. Decido deixar o monstro por conta de Jack por enquanto.

Caminho por entre as almas, tocando-as nos ombros e cabeça ao passar, deixando meus dedos deslizarem por seus corpos espectrais.

-- Olá, olá, oi, e aí, olá -- Vu dizendo enquanto passo por elas. Precisava de sua atenção. Como antes. Talvez fizesse parte do ritual. Torná-las cientes de mim.

Paro longe da luta, olhando ao redor, e procuro recobrar a mesma sensação que tinha experimentado da outra vez que havia feito aquilo. Talvez da segunda vez fosse mais fácil. Talvez não. O que importava e havia ficado claro para mim era que o meu poder sobre os mortos era maior do que o de Black Annis.

-- São meus servos -- Digo para mim mesmo -- Não dela.

Toco então a testa da alma mais próxima, encarando-a nos olhos vazios.

-- Vá. Teus ancestrais o esperam.

Assim, tento novamente ligar aqueles pobres coitados ao submundo, onde deveriam estar desde que seus corações haviam parado de bater.

Dando certo, aguardo até que todas as almas tenham desaparecido para olhar para Jack e dizer:
-- Cheguei atrasado para a festa?


No mais, fico sempre atento para imprevistos, para o caso de algo dar errado. Neste caso, uso minha sombra para encobrir meu corpo rapidamente, como uma armadura, bloqueando com os braços.

#79

Hermes

Hermes
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
Black Annis estava irritada.

Quando Jack lança seu poder gélido acumulado super foda o monstro recebe o golpe de frente, como havia feito anteriormente. Como esperado, não surtiu efeito. O bloco de gelo em que a criatura havia sido envolvida depois do grande jato se desfez alguns segundos depois, não deixando sequer uma falsa sensação de vitória.

Hegulus estava passando pelas almas tentando mandá-las de volta como fez na outra caverna, mas para sua surpresa, nada estava acontecendo. As almas continuavam ali, imóveis e com expressão de terror.

- Vocês realmente estão me subestimando, moleques.

O monstro então revela algumas coisas para os rapazes de forma totalmente despreocupada, com a justificativa de que quem está para morrer pode saber de detalhes sem problema.

- Sou uma colecionadora de corpos e almas, como já devem ter percebido. Consumi tantas essências recentemente que meu poder ficou grande demais para apenas um corpo, por isso me dividi em duas – diz a criatura, deixando Hegulus e Jack não tão surpresos, já que grande parte da população havia, de fato, sido aniquilada. - Mas agora que insetos ousam perturbar meu sossego, vou ter que limpar a casa.

O monstro então fita Hegulus com um sorriso maldoso.

- Você conseguiu mandar apeanas o excedente de almas para o mundo dos mortos, moleque. Achar que pode quebrar o vínculo que tenho com minhas vítimas tão facilmente não passa de burrice e presunção demais de sua parte. Observe.

A terra então começa a tremer e todas as almas que o filho de Hades havia mandado de volta retornam para aquela sala, aos montes, de forma compulsória. A cor da criatura assume então um tom de vermelho-sangue e ela encara os três com um olhar intimidador e fatal.

- Vou mostrar a vocês que não se deve brincar com o bicho papão.

Nesse momento os olhos de Jack, que tem uma visão aguçada e lhe permitia ver várias coisas em câmera lenta viram algo que certamente ficaria marcado. As 10 garras do monstro atravessaram o corpo da Capitã Alexis simultaneamente, fazendo-a cuspir grandes quantidades de sangue e quantidades ainda maiores jorrarem das perfurações. Apesar de correr instintivamente para salvá-la, foi inútil. Black Annis retornou ao mesmo lugar em que estava antes do ataque da mesma forma que apareceu ali perto. Instantaneamente.

O filho de Quione estava tentando animar a agente, que agora agonizava.

- Jack... o... cin...to.

Essas foram as últimas palavras da capitã, que fecha os olhos e morre nas mãos do legionário.

#80

Conteúdo patrocinado


#81

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 8 de 9]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum