Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!




ATUALIZAÇÕES DO FÓRUM




Absolutamente TUDO de novo que foi adicionado ao fórum DEVE ser postado neste tópico (localizado em "Noticias e Atualizações" do Mural Divino). Esse é um tópico de uso exclusivo da ADM para expor novas informações e servirá como um meio de comunicação onde os players poderão se manter atualizados sobre aquilo que vem acontecendo dentro do fórum.
Por isso peço encarecidamente que sempre estejam olhando este tópico e que o enviem aos novatos para se ater das mesmas coisas que vocês, avisem colegas e amigos sempre que virem algo novo acontecendo.
Se você, jogador, tiver algo para falar a respeito do que foi postado aqui, use nossa chatbox ou mesmo o tópico da central de atendimento: http://www.heroisdoolimpo.com/t46-central-de-atendimento-ao-campista

IMPORTANTE: Esse tópico é para ser atualizado sempre que algo mudar, não precisa ser preenchido somente por Ártemis e Hefesto. Se vc tem algo novo para postar, POSTE COMO COMENTÁRIO AQUI, seja uma mega missão, ou qualquer outra coisa.

Veja em: http://www.heroisdoolimpo.com/t2341-atualizacoes-do-forum-leiam-e-fiquem-por-dentro-do-que-esta-acontecendo

Novidades serão postadas como comentários ao longo do tópico!



Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Acampamentos » Acampamento Meio-Sangue » Casa Grande » Livros e Fichas » 

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

Charllote Effrayant

Charllote Effrayant
Filho(a) de Phobos
Filho(a) de Phobos
Ver perfil do usuário
Ω Nome: Charllote Effrayant
Ω Idade: 16
Ω Aparência: Uma garota com olhos estranhamente escuros, cabelos negros e um pouco curtos vindo somente até seu ombro, nariz arrebitado e uma boca bastante fina. Seus braços e pernas são finos, assim como sua cintura, mostrando seus ossos. Sua pele é extremamente pálida, quase sem cor.
_________________________________________________________________________________________________________________________
Características Psicológicas: Uma jovem bem reservada, sendo que quase nunca demonstra qualquer emoção ou fala com as pessoas. Ela é anti-social, a nível de ignorar completamente qualquer pessoa estranha ou sequer sair de casa. Ela é odeia quando o céu está limpo e o sol a mostra, ela prefere dias úmidos e chuvosos, porque nesses dias, as pessoas não costumam sair de casa e ela pode andar calmamente pelas ruas, sem ser incomodada. Um aspecto bem comum na jovem, é seu apego à coisas assustadoras e sinistras, sendo que ela também adora assustar as pessoas, fazerem com que todas sintam medo, algo que ela não precisa de esforço para fazer, pois a expressão em seu rosto é totalmente vazia, sem alma, além de seu jeito de agir estranho e seu sorriso sinistro. Apesar disso, ela é muito amiga e companheira, sempre tentando ajudar as pessoas, mesmo não falando com elas, e isso torna ela uma ótima ouvinte, já que ela adora ouvir a reclamação das pessoas, isso faz ela se sentir melhor, confortável. Ela, por algum motivo, está sempre a chorar, não importa o tipo de situação, de seus olhos vazios, sempre caem lágrimas, isso costumava acontecer quando ela lembra de sua mãe, uma pessoa muito especial para ela. Ela também é muito focada em seus objetivos, nunca se dá ao luxo de desviar a atenção para qualquer outra coisa, não importando o que seja. Além de tudo, ela não sente medo de quase nada, sendo praticamente impossível assusta-la, e outra característica dela é sua seriedade, sendo que seu rosto não muda de expressão, as pessoas nunca sabem no que ela está pensando e pela sua falta de de vontade de falar com as pessoas, ela dificilmente abrirá a boca para dizer algo, isso a torna um enigma vivo, algo que ninguém pode decifrar e assim dizendo, ela acaba escapando de qualquer suspeita ou olhares tortos
Ω Humor: Séria
Ω Três Qualidades: Seriedade, coragem e foco
Ω Três Defeitos: Anti-social, sinistra e trauma
_________________________________________________________________________________________________________________________

Ω História: Charllote sempre teve uma vida "normal", tendo pai, mãe e até mesmo um irmão, mas este nem mesmo se parecia com ela e sempre estavam discutindo.  Charllote não era nem um pouco parecida com seu irmão ou seu pai, isso acabava sempre levando eles a discutir e sempre acabava fazendo a garota se questionar sobre sua própria existência. Um dia, enquanto eles discutiam sobre algo simplesmente banal, o pai da jovem lhe soltou uma frase que ela nunca esqueceu: "Você nem mesmo é minha filha! Devia ter ficado junto daquelas outras aberrações!"

Depois disso, horas, dias, meses, se passaram. A jovem nem sequer abria a boca para falar com seu pai ou seu irmão, nem mesmo com sua mãe, a pessoa que ela mais adorava no mundo. A garota passava dias e dias pensando naquilo, aquela frase que por algum motivo, fazia sentido. Ela não era parecida com seu "pai", apesar de ele estar com ela desde que a mesma se lembra. Ela era vista como uma aberração pelas outras pessoas e até mesmo por sua família e por vezes, todos a temiam. Depois de pensar por muito tempo (1 ano e 3 meses para ser mais específico), ela finalmente decidiu conversar com sua mãe, esta que era muito mais calma e serena que seu pai.

"Escute filha, nunca contei essa história a você, mas acho que chegou a hora. A muito tempo atrás, quando sua mãe era jovem e os celulares mais avançados que existiam eram os Nokias, eu acabei conhecendo um homem "diferente", ele, assim como você, não era tinha muitos amigos, talvez não tivesse nenhum, pois a maioria das pessoas tinha medo dele, menos eu, eu o adorava. Um dia, enquanto estávamos em um lugar, que não me lembro de exato, ele me contou toda a verdade sobre ele...pode se difícil de acreditar, mas ele era, ainda é, um Deus. De acordo com ele, Phobos, um Deus Olimpiano, menor que os outros. Depois disso, eu tive uma relação maior com ele, e aí acabamos tendo uma errr..."Lua de Mel" e então, acabe o ficando grávida de você e aí ele teve que ir embora, nos deixando sozinhas...o que eu quero dizer é...você é filha de um Deus com uma humana, uma semideusa, por isso, deve ir para um local chamado de "Colina Meio-Sangue", é como um acampamento, acho que deve ir agora...vá fazer as malas! Depressa!"

Logo após toda essa história, a jovem subiu para o seu quarto e começou a fazer suas malas, ela não acreditava naquilo que sua mãe havia dito, achava que ela tinha enlouquecido, mas se iria a um acampamento, ela sequer ficava parada de tanta empolgação, apesar de não demonstrar. Ela sentia que parte daquela história podia ser verdade, já que ela nem parecia com seu pai de criação, mas ainda se recusava a acreditar nessa história de Phobos e de ela ser uma semideusa. Depois que fizeram as malas, eles desceram as escadas e saíram da mesma, a mãe da jovem deu uma desculpa de que iriam a um lugar especial, apenas para passar a noite e esquecer os problemas do dia a dia, algo que qualquer garota fazia. O pai da garota não acreditou, mas mesmo assim cedeu e logo as duas saíram de casa e forma seguindo caminho por uma trilha que ia direto para Manhattan.

O caminho era de certa forma..."diferente". Os enormes hotéis e casas que ali estavam, não pareciam ter som ou cor, tudo estava sombrio e um pouco amedrontador demais. Elas logo saíram da cidade e acabaram indo parar em uma estrada rural, tinham árvores e vacas por todo canto, tudo estava normal...até agora. Charllote logo percebeu que algo estava errado, ela sentia uma sensação de trevas rodeando o lugar e foi aí que de repente, uma criatura surgiu, um enorme cachorro de pelos totalmente escuros, dentes e garras ameaçadores, olhos vermelhos e tinha um rosnava de forma "Quero te comer no jantar", fora o fato que ele tinha pelo menos 2 metros de altura e havia parado bem em frente do carro. Numa tentativa desesperada, a mãe da garota, tentou levar o carro para o lado da pista, passar pelo lado da criatura e seguir caminho, mas logo que tentaram isso, o monstro bateu com suas grandes garras no carro, isso fez com que ele fosse jogado longe e ficasse totalmente arranhado.

Charllote e sua mãe haviam se ferido nesse ataque, afinal, o carro havia capotado e agora as duas pareciam sardinhas enlatadas, mas além disso, a criatura avançou contra o veículo, tentando desferir mais daqueles ataques e logo começou a despedaçar o carro, que agora havia se tornado o osso daquele cachorro. Charllote, não tinha medo daquilo, mas temia por sua mãe e assim que pode, segurou a senhora pelos braços e saltou para fora do carro, assim que o monstros quebrou a porta com suas garras. A garota tentou fugir, mas aquele ser infernal era mais rápido e ágil, saltando num ataque para pegar a garota, e como último recurso de salvar sua filha, a mulher a empurrou, fazendo com que ela fosse mais adiante e fazendo com quem fosse ela mesma que fosse pega. Foi um movimento brutal, em apenas 2 segundos, o corpo inteiro da mãe da jovem foi estrasalhado e comido pela fera.

Aquilo provocou uma fúria gigantes na garota, mas esta, não fez nada, pela primeira vez, ela sentia medo. O cão já se preparava para pegar sua segunda vítima, foi nesse momento que um outro garoto apareceu e golpeou a criatura com sua espada, tendo atingido a cabeça da criatura, esta simplesmente sumiu em cinzas. O jovem então segurou a mão de Charllote e a puxou, ele parecia sentir um pouco de medo da jovem, mas não era nada comparado com daquele lobo gigante.

Depois disso tudo, ele levou a jovem para além de uma colina, tinha um acampamento ali, algo fenomenal, várias pessoas correndo de um lado para outro, usando arcos e flechas, além de ter outras criaturas como sátiros e centauros e logo depois da grande explicação do rapaz, a jovem finalmente acreditava em sua mãe e tinha certeza que aquilo tudo era real, algo impressionante, o qual ela jamais tinha visto...




Habilidades Únicas

Passivas:


Ativas:

#1

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum