Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!




ATUALIZAÇÕES DO FÓRUM




Absolutamente TUDO de novo que foi adicionado ao fórum DEVE ser postado neste tópico (localizado em "Noticias e Atualizações" do Mural Divino). Esse é um tópico de uso exclusivo da ADM para expor novas informações e servirá como um meio de comunicação onde os players poderão se manter atualizados sobre aquilo que vem acontecendo dentro do fórum.
Por isso peço encarecidamente que sempre estejam olhando este tópico e que o enviem aos novatos para se ater das mesmas coisas que vocês, avisem colegas e amigos sempre que virem algo novo acontecendo.
Se você, jogador, tiver algo para falar a respeito do que foi postado aqui, use nossa chatbox ou mesmo o tópico da central de atendimento: http://www.heroisdoolimpo.com/t46-central-de-atendimento-ao-campista

IMPORTANTE: Esse tópico é para ser atualizado sempre que algo mudar, não precisa ser preenchido somente por Ártemis e Hefesto. Se vc tem algo novo para postar, POSTE COMO COMENTÁRIO AQUI, seja uma mega missão, ou qualquer outra coisa.

Veja em: http://www.heroisdoolimpo.com/t2341-atualizacoes-do-forum-leiam-e-fiquem-por-dentro-do-que-esta-acontecendo

Novidades serão postadas como comentários ao longo do tópico!



Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Resto do Mundo » Resto do Mundo » 

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

A Face do Medo - Petala e Thomas

por Hades em Sab 13 Ago 2016 - 21:05

Hades

Hades
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
A noite estava tranquila. Todos jantavam no refeitório, aquecidos pela luz da fogueira que brilhava multicolorida. O chalé de deméter discutia se era correto comer vegetais. Os de Ares apostavam quem conseguia comer um frango inteiro mais rápido. A mesa de Atena estava focada em uma conversa sobre design inteligente anti-terremotos, e a mesa de Hefesto disputava quem fazia o melhor autômato de guerra com os talheres. Tudo ia normal.

Ao fim da refeição, os garotos foram dispensados. Uma a uma as mesas foram esvaziando, até que ficaram ali apenas Thomas e Petala, escalados para ajudar as ninfas do ar na limpeza daquela noite. Apenas a lua e as estrelas testemunhavam sua faxina heroica. Ou foi o que pensavam.

Pétala colhia os copos quebrados da mesa de Dionísio quando sentiu um calafrio na espinha. A garota olhou para trás, mas nada havia ali. Nada além da floresta ao longe. Das arvores bailando com o vento em uma sincronia perfeita. Convencida de que não havia nada para se ver, voltou à tarefa de não se cortar com os cacos enquanto os juntava em um saco.

Thomas, enquanto isso, trabalhava em recuperar os talheres que seus irmãos quebraram brincando. O garoto estava concentrado em sua tarefa quando sentiu o calor da fogueira se apagar. Ele olhou em sua direção e pode perceber que as chamas tinham ficado levemente mais fracas. Seu tom havia mudado, mas não apenas a cor, também a energia que emitia. Provavelmente, apenas um filho de Hefesto ou Hécate poderia ter sentido a mudança suave. Aos poucos, um dos lados do fogo começou a tornar-se mais escuro, passando do dourado ao vermelho-sangue e, então, a quase negro. As chamas que apontavam para o lado da floresta crepitavam agitadas. As chamas que refletiam os sentimentos dos que estavam ao redor estavam negras.







Ω Lord of the Underworld Ω
#1

Re: A Face do Medo - Petala e Thomas

por Petala em Sab 13 Ago 2016 - 21:48

Petala

Petala
Filho(a) de Atena
Filho(a) de Atena
Ver perfil do usuário
Jantar com meus irmãos sempre me deixava feliz. A sensação de estar em família era agradável, simples e única. Mais distante da mesa em que eu jantava estava minha cadela infernal: Fofuxa. Vez ou outra eu corria os olhos em sua direção para ver se estava tudo bem ( isso era bem comum já que eu sentia como se ela fosse uma extensão da minha alma). Sorri ao ver como ela se divertia mastigando um escudo de bronze, aquela hora já todo amassado.

Fui escalada para a limpeza junto a um filho de Hefesto que eu não conhecia, e por estar tão concentrada em recolher os pedaços dos copos sem me cortar acabei por não perguntar.

Por questão de segundos senti um frio na espinha e por reflexo olhei para trás, mas nada havia ali. Procurei com os olhos por mais alguns segundos e nada, por fim voltei a minha tarefa, certa de que não era nada.

Algo me chamou a atenção na fogueira: ela mudara de cor. Adquirindo um tom negro e apontando para a floresta. Graças aos meus sentidos de semideusa sabia que algo estava muito errado, então me aproximei do filho de Hefesto.

_ Cuidado. ~Disse a ele. Mentalmente dei um comando de prontidão para Fofuxa, que estava do outro lado das mesas.

#2

Thomas Jefferson Jr

Thomas Jefferson Jr
Filho(a) de Hefesto
Filho(a) de Hefesto
Ver perfil do usuário
Era mais um dia no acampamento, eu já estava me acostumando de novo com aquela rotina maluca, o jantar, como sempre estava divino, ou semi-divino no meu caso

Ao término do jantar todos se retiraram enquanto eu e uma filha de Atena fazíamos a faxina, eu juntava os talheres que eu e meus irmãos quebramos quando tive uma sensação estranha, eu olhei para trás e percebi que a fogueira estava com suas chamas negras, e até mesmo a energia da fogueira era estranha, ela não era acolhedora como deveria ser para mim. Olhei para minha parceira de faxina e fiz um sinal para ela se aproximar. Aquilo estava estranho, e é sempre bom ter um parceiro com um grande cachorro para lutar ao seu lado.

Aquilo era realmente estranho, aquela fogueira refletia os sentimentos das pessoas, aquele negro, era a cor do puro medo.

#3

Re: A Face do Medo - Petala e Thomas

por Hades em Seg 15 Ago 2016 - 15:57

Hades

Hades
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
Os garotos vão, aos poucos, se dando conta de que algo está errado. Petala vê as chamas da fogueira queimando em negro em um lado e, embora não consiga sentir como thomas a estranha energia que ela emana, a garota percebe que algo está muito errado.

A filha de Atena se aproxima do seu companheiro. Ela se vira para avisar sua cadela infernal, mas quando olha em sua direção fica surpresa em perceber que ela já havia se movido. Estava à frente, rosnando na direção da floresta, os olhos brilhando em vermelho como duas brasas incandescentes.

Uma estranha inquietude começa a tomar conta dos guris. As ninfas do ar se agitam, amedrontadas, e desaparecem em lufadas de vento. Eles sentem como se estivessem mergulhando aos poucos em um poço de água fria e escura. Suja e cheia de mãos desconhecidas. Um calafrio vai subindo centímetro por centímetro por suas espinhas.

Vocês conseguem sentir, crianças?...

A voz se projetou diretamente em suas cabeças. Um latido denuncia que a cadela infernal também ouvira. A voz era sibilante. Ecoava repetidas vezes como a voz de voldemort em Harry potter e as reliquias da morte, como se ressoasse dentro de seus crânios.

...O cheiro...

Uma sombra começa a projetar-se por entre as árvores no bosque. Ela serpeia, subindo pelas árvores, até estar no topo de uma, seu contorno destacado sobre a lua às suas costas. Seu rosto branco de olhos vazios encaram os garotos.

Spoiler:

...de seu medo!

O negro espalha-se pela fogueira como uma onda, mergulhando-os no escuro. Toda a iluminação que tinham vinha da lua crescente e da tochas nas colunas ao longe. Os garotos se dão conta de que não estão devidamente armados. Afinal, tinham ido apenas jantar, não esperavam enfrentar um... O que quer que fosse aquilo. Carregavam apenas [Escolher uma arma principal e um item auxiliar. Acessórios (Anéis, tatuagens e Pingentes) são livres].

A criatura tem as mesmas proporções de tamanho da imagem. Seu corpo é indefinido. Parece um réptil, porém vários membros projetam-se de seu tronco. Tem 5 metros do focinho à cauda, e 2 de altura.

A criatura, seja o que for, lança-se no ar, planando até o chão, e inicia uma corrida na direção dos garotos, com velocidade admirável. Está a 30 metros, e os alcançará em 5 segundos.


- Rodada de batalha. A ordem é livre.
- Como dito antes, selecionem uma arma e um item de auxilio, menor, que pudesse ser carregado normalmente para o refeitório (tamanho máximo de uma adaga).
- Podem usar quantos adereços quiserem.
- Não precisam ficar nervosos. Já adianto que todos vão morrer, pra evitar ansiedade Lusilindo
- Postem a descrição dos Itens que usarem, e das passivas que forem ser úteis na rodada. Não precisa repetir a mesma passiva sempre, mas ao menos uma vez em cada 5 posts é bom por, para eu lembrar delas :sir:
- Divirtam-se.







Ω Lord of the Underworld Ω
#4

Re: A Face do Medo - Petala e Thomas

por Petala em Seg 15 Ago 2016 - 17:57

Petala

Petala
Filho(a) de Atena
Filho(a) de Atena
Ver perfil do usuário
Fofuxa e eu tínhamos uma ligação diferente, um tipo de benção dada pelos deuses, isso somado ao fato de eu ser uma guardiã de Pã e ter uma sensibilidade com os seres da natureza ( mesmo que fossem do submundo), e vê-la daquele jeito me fez ter certeza de que o que quer que fosse, não era nada bom, muito pelo contrário. E como uma boa filha de Atena eu nunca estava desprevenida no meu braço esquerdo tinha minha pulseira que logo transformei no meu escudo. Já no outro minha tatuagem grega que guardava minha adaga envenenada. Mantive-a em outra dimensão, só usaria caso necessário.  

Aquela sensação de estar sendo mergulhada num poço de água fria, sim, eu sabia bem o que era aquilo, MEDO. Por mais experiente no campo de batalha que eu fosse, eu ainda sentia aquela sensação e claro, com ele vinha todos os arrepios e a sensação de que naquele momento a gravidade era maior. Procurei o quanto antes limpar minha mente e me concentrar na real situação.

[[Vocês conseguem sentir, crianças?...]] ~ Procurei a direção da voz em vão, logo percebi que era um contato mental.

[[ O cheiro ... de seu medo]] ~ A criatura nos encarava do topo de uma das árvores. Meus olhos cinzas cor do céu que precede a tempestade analisava a situação.

[Pensando] Estranho, essa criatura me é familiar. Parece uma das várias que vivem no submundo.

Todo o ambiente ficou escuro. Isso não seria um problema para mim já que eu possuía uma sensibilidade em batalha  que impossibilitava qualquer ser de se aproximar de mim sem eu perceber [ Sensibilidade de Coruja], porém para facilitar ainda mais eu permiti usar uma das habilidades herdadas de minha mãe: [Olhos noturnos] e no mesmo instante enxergava a noite como se fosse dia.

Pude observar o corpo da criatura e toda a sua musculatura indicava que ela ia dar um tipo de bote, eu sabia que ela ia começar a correr em nossa direção. Como não tinha certeza se o filho de Hefesto enxergava tão bem quanto eu  resolvi guiá-lo.

_ Ela vai vir a nossa frente, quando eu falar já ataque um projetil  com tudo.  ~ Aquela criatura era enorme, precisávamos criar vantagens sobre ela.

Meus olhos atentos me alertaram quando ela começou a se mover e como ela vencia rápido a distância entra nós eu dei o comando.

_Agora!!!! ~ Ao mesmo tempo ativei [ Estrategista] afim de ter um combo com o filho de Hefesto que,
independente dele acertar ou não o projetil eu arremessaria meu escudo em bumerangue para onde quer que ela fosse: esquivando ou sofrendo o golpe. Caso ela esquivasse eu saberia qual seria sua posição e ativaria as lâminas do meu escudo que banhadas com as trevas ajudaria a penetrar aquela sua pele.  



Spoiler:


Itens:

Escudo Grande [Lâminas][Prata][Sombrio][Transmutação: Pulseira]:Elemento nas três lâminas, que aparecem e desaparecem quando o anel do dedo médio da semideusa é puxado.

Adaga Simples [Venenosa]{Na Tatuagem Rosa Negra: Esta Arma causa uma paralisia proporcional ao dano causado. Ou seja, danos pequenos, dificultam a movimentação. Danos médios, paralisam de 1 a dois turnos. Danos críticos, paralisia total por mais de dois turnos. Se for acertado muitas vezes, danos pequenos, o veneno causa vômitos ao oponente.



Habilidades Passivas:

Sensibilidade de Coruja: O herói pode perceber a aproximação de qualquer coisa dentro de 2m de raio, tendo dificuldade em ser surpreendido e maior facilidade de esquivar


Habilidades Ativas:

Nível 1 - Olhos Noturnos: Como sua coruja, Atena concede a seus filhos a habilidade de enxergar tudo no escuro, como se fosse dia, durante 5 rodadas. O uso desta habilidade requer 10 pontos de energia.

Nível 4 - Estrategista: Os filhos de Atena conseguem prever um movimento do inimigo ,tendo mais chance de acertar o alvo (de 30 a 50% mais chance). O uso desta habilidade requer 25 pontos de energia.

Nível 5 - Escudo Bumerangue: Os filhos de Atena podem usar o seu escudo como arma, arremessando-o até o inimigo. O uso desta habilidade requer 30 pontos de energia.

#5

Thomas Jefferson Jr

Thomas Jefferson Jr
Filho(a) de Hefesto
Filho(a) de Hefesto
Ver perfil do usuário
Etá pega, foi a única coisa que consegui pensar quando ouvi a voz em minha mente.

[[Vocês conseguem sentir, crianças?...]] - Procurei a direção da voz, aquilo estava ficando sinistro pra caralho.

[[ O cheiro ... de seu medo]] - Foi então que eu vi o filhote de cruz credo, um bicho com rosto branco que conseguiria fazer o Chuck Norris sentir medo.

O negro espalhou-se pela fogueira como uma onda, mergulhando-nos no escuro. Toda a iluminação que tinham vinha da lua crescente e da tochas nas colunas ao longe. Aquilo estava um breu e, espera, eu tinha levado alguma arma? Conferi minha bainha e percebi que minha katana estava lá e minha adaga também, além do meu isqueiro, por que eu ando com uma katana? Porque sou exibido oras.

-Ela vai vir a nossa frente, quando eu falar já ataque um projetil com tudo. - Pego meu isqueiro e minha adaga, acendo ele e me crio uma bola luminosa de fogo, fogo normal e não negro, e me preparo para atirar.

- Agora!!!!. Eu ouço o grito dela e arremesso minha bola de fogo enquanto me preparava para me jogar de lado caso monstros com sede de sangue não fossem atingidos pela minha bola de fogo, e continuo com a adaga em posição de defesa. Espero que aquilo de certo, mas já que a filha de Atena que fez o plano deve dar, ou então a gente morre.

E encerro minha jogada.

Itens:
- Adaga Média [Bronze Celestial][Comum]
- Katana Média "Shimada" [Bronze Celestial][Comum][¹]
- Isqueiro Zippo
[¹] - Katana feita de bronze temporado. Apresenta corte e tenacidade superiores ao bronze comum.

Habilidades:
Passivas
Nível 1 - Perícia em Forja [Inicial]: Como filho do deus das forjas, você poderá forjar seus próprios equipamentos, ou até mesmo para outra pessoa. Suas mãos, apesar de brutas são capazes de criar belos detalhes e manusear pequenos objetos. Ao decorrer da sua vida quanto mais forjar coisas, mais você se aperfeiçoará, e o seu nível de forja aumentará, dando-lhe mais opções do que fazer. Neste nível pode apenas forjar com destreza armas simples, de Bronze celestial, Ferro Mortal e só, como Espadas, Adagas ou fazer reparos em armas mais complexas. Pode também criar mecanismos simples.(+ 5 FOR)

Nível 1 - Resistência ao Fogo: O herói tem uma resistência física maior que as outras pessoas a ataques e danos do tipo fogo e calor. (+5 CON )

Nível 3 - Perícia Bárbara [Inicial]: Confere nível de perícia [Inicial] para a perícia Bárbara. Permite que o herói treine suas outras perícias até o nível [Inicial]. (+5 FOR)

Ativas
Nível 1 - Pyrocinese I: O herói controla (não cria) o fogo, não muito bem, mas pode controlar mesmo que seja pouco. Pode fazer pequenas labaredas de fogo atingirem o alvo ou manipular pequenas quantidades do mesmo, por exemplo. O uso da habilidade requer 20 pontos de energia.


#6

Re: A Face do Medo - Petala e Thomas

por Hades em Qua 17 Ago 2016 - 18:19

Hades

Hades
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
Me diz. Por que um filho de Hefesto tem uma katana? :facepalm: Se tentar usar vai cortar o próprio pinto.

Os garotos embora não se conheçam executam um movimento bem sincronizado. A filha de Atena pisca seus olhos, que acendem-se num tom âmbar acinzentado, e de repente a noite parece dia para ela. Isso prmite que ela veja bem a movimentação do inimigo e, quando acha ser a hora certa, avisa ao filho de Hefesto.

Escudo e bola de fogo voam juntos contra o monstro. A criatura ignora a chama, que varre a lateral de seu corpo, e abocanha o escudo, ganhando um corte entre os "lábios" de sua cara e prendendo-o entre os dentes como um freesbe.

O monstro, imparável, continua sua corrida. Ele tromba com o filho de Hefesto, que estava mais à frente, e salta sobre a filha de Atena, derrubando-a. Enquanto os semideuses, desorientados, tentam entender o que aconteceu, o monstro cospe o escudo no chão e volta a encará-los. Estava a 4 metros de Petala, 5 de Thomas.

Tolos - Fala a criatura em suas mentes, enquanto um filete de sangue negro escorre do ferimento em sua boca - Não se pode lutar contra o medo. Caiam, e deixem-se ser consumidos...

O monstro caminha em sua direção.







Ω Lord of the Underworld Ω
#7

Re: A Face do Medo - Petala e Thomas

por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado


#8

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum