Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!




ATUALIZAÇÕES DO FÓRUM




Absolutamente TUDO de novo que foi adicionado ao fórum DEVE ser postado neste tópico (localizado em "Noticias e Atualizações" do Mural Divino). Esse é um tópico de uso exclusivo da ADM para expor novas informações e servirá como um meio de comunicação onde os players poderão se manter atualizados sobre aquilo que vem acontecendo dentro do fórum.
Por isso peço encarecidamente que sempre estejam olhando este tópico e que o enviem aos novatos para se ater das mesmas coisas que vocês, avisem colegas e amigos sempre que virem algo novo acontecendo.
Se você, jogador, tiver algo para falar a respeito do que foi postado aqui, use nossa chatbox ou mesmo o tópico da central de atendimento: http://www.heroisdoolimpo.com/t46-central-de-atendimento-ao-campista

IMPORTANTE: Esse tópico é para ser atualizado sempre que algo mudar, não precisa ser preenchido somente por Ártemis e Hefesto. Se vc tem algo novo para postar, POSTE COMO COMENTÁRIO AQUI, seja uma mega missão, ou qualquer outra coisa.

Veja em: http://www.heroisdoolimpo.com/t2341-atualizacoes-do-forum-leiam-e-fiquem-por-dentro-do-que-esta-acontecendo

Novidades serão postadas como comentários ao longo do tópico!



Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Estados Unidos da América » Estados Unidos da América » Outros Locais » 

Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 4]

Welcome to New York!

por  em Qui 1 Set 2016 - 10:17


avatar
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
Havia uma grande fogueira, diversos adolescentes faziam fila à sua frente, todos carregavam pratos de comida e jogavam seu conteúdo no fogo quando chegava a sua vez, a cada comida que era jogada a fogueira, aumentava momentaneamente e uma fumaça com um cheiro apetitoso subia aos céus, não parecia mais apenas um sonho, Spencer não apenas enxergava e ouvia, mas conseguia sentir como se aquilo estivesse realmente acontecendo, ou que já houvesse acontecido vai saber, ele sentia o cheiro adocicado quando uma menina de aparência delicada jogava no fogo várias frutas que ela carregava em uma cesta. Ao longe ele jurava que podia ver um homem montado em um cavalo, conversando com um menino estranho com uma calça peluda e chifres, vai entender essas pessoas.

Parecia um bom ambiente, as pessoas sorriam e um alto ruído de conversas paralelas reinava no local, mas então tudo começa a ficar turvo, e então o garoto se vê em outro local, ele vê um garoto baixo de uns 12 anos em uma luta de espadas contra um guerreiro mais velho, mas a luta esta desproporcional a favor do garoto, este estava com partes de uma armadura grega e no momento jogava seu elmo em direção do cara mais alto, este tinha umas orelhas pontudas.

O ambiente muda novamente, e vê uma placa com o nome "Camp Half-Bood" e conforme ela vai se distanciando, é como se estivesse mostrando um caminho, ele vê uma placa, "Welcome to Montauk, NY".

Após isso o garoto acorda, ele esta todo suado e ofegante, ele consegue ouvir sons vindos da cozinha, após se arrumar ele vai até a cozinha e encontra a sua mãe.

#1

Re: Welcome to New York!

por Spencer Langdon em Qui 1 Set 2016 - 10:53

Spencer Langdon

avatar
Indefinido (Grego)
Indefinido (Grego)
Ver perfil do usuário
Era mais um sonho esquisito que entraria para a coleção. Mas era um esquisito diferente. Dessa vez eu não corria feito um desesperado ou era perseguido, nem ouvia vozes graves dando risadas sinistras ou mesmo berros estrondosos em meus ouvidos com a clara intenção de me atormentar. Aquele era um ambiente mais calmo, descontraído e de alguma forma, alegre. Vi a imagem de pessoas fazendo coisas estranhas, como literalmente jogar comida ao fogo ou mesmo travar lutas de espadas como nas eras medievais. Eram tantas cenas aleatórias que se encaixavam perfeitamente na definição de sonho. Exceto pelo fato de eu sentir que, de alguma forma, estava realmente naquele ambiente.

Acordei não muito diferente das outras vezes em que esses sonhos aconteciam. Ofegante e até suado. Como habitual, levantei-me e com passos leves caminhei em direção à cozinha para pegar um pouco de água. Ouvi alguns barulhos vindos do local que pelo horário deveria estar silencioso, e logo percebi que a razão disso era que Elizabeth Langdon, também conhecida como minha mãe, estava lá.

- Boa noite. – Disse a ela no tom cordial e saudoso que me foi ensinado na infância e que sempre era cobrado, direta ou indiretamente.

Caminhei rumo a geladeira, pegando um copo que estava sobre a mesa no meio do caminho a fim de preenche-lo. Admito que minha vontade era a de preparar alguma coisa para comer, tendo em vista que no sonho quase real que tive, o cheiro agradável de comida estava dominando o ambiente, me dando uma fome quase que instantânea. Acabei me contendo e me contentando com a água. Conhecendo bem a Sra. Elizabeth, ela iria puxar assunto para soltar alguma represália sobre minhas notas que não são excelentes como ela gostaria, pelo fato de eu possuir dislexia, ou alguma congratulação por vitória nos eventos escolares, ou ainda, pedir minha ajuda com alguma de suas extenuantes tarefas burocráticas. Era sempre a mesma coisa.

Todavia, eu não disse nenhuma palavra além da saudação, e se ela não disser nada, apenas volto para a cama após consumir a água.

#2

Re: Welcome to New York!

por  em Qui 1 Set 2016 - 11:28


avatar
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
Elizabeth observa o filho beber água, ela estava com uma xícara de chá pela metade.



- Porque você esta tão suado? Não esta tão quente, você esta bem? - ela pergunta para Spencer


Ela puxa uma cadeira para ele, em um claro sinal para que ele se sentasse com ela. Ela parecia disposta a puxar assunto com ele.

#3

Re: Welcome to New York!

por Spencer Langdon em Qui 1 Set 2016 - 12:13

Spencer Langdon

avatar
Indefinido (Grego)
Indefinido (Grego)
Ver perfil do usuário
Não havia como evitar pensar nisso. Será que eu ainda estou no meio do sonho? Minha mãe acordada no meio da noite e disposta a conversar definitivamente não entra no meu conceito de normalidade, mas ela ter puxado a cadeira era um sinal claro de que eu deveria ficar por ali.

- Não sei dizer. Eu simplesmente acordei com um pouco de falta de ar e estava desse jeito, mas estou bem.– Digo olhando para a roupa parcialmente molhada – Sento então na cadeira puxada  depois de espreguiçar um pouco e resolvo conversar, apesar de ser um pouco estranho ela tomar esse tipo de iniciativa.

- Já ouviu falar em algo chamado “Camp Half Blood”? – Eu sempre tenho uns sonhos malucos, mas esse foi um pouco mais que o habitual. – Pergunto sem detalhar o sonho. Era algo mirabolante e fantasioso demais para um rapaz de 17 anos contar no meio da madrugada, mesmo sendo de um disléxico e com um amplo histórico de visões malucas as quais ela parecia estar acostumada a ouvir, uma vez que nunca expressava muita coisa em meio a esses relatos. Caso ela pergunte, conto apenas a visão da placa e o fato de haver algumas pessoas aparentemente malucas, por jogar comida no fogo como se fosse a coisa mais natural do mundo. Não iria falar de batalhas de espadas.

#4

Re: Welcome to New York!

por  em Sex 2 Set 2016 - 23:01


avatar
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
Ao falar o nome do acampamento, Spencer consegue notar uma leve mudança na expressão de sua mãe, não era uma coisa comum, esta noite estava qualquer coisa, menos comum.


- É um acampamento de verão, estava pensando em te mandar para lá quando terminasse as suas aulas - ela o encarava de uma forma já conhecida para o garoto, era a forma que geralmente ela usava quando tentava descobrir se ele estava ou não fazendo algo errado - mas onde você ouviu esse nome?


Após a explicação do sonho, Elizabeth o olha demoradamente como se estivesse ensaiando mentalmente o que estava para dizer.


- Seu pai me pediu para te levar para este acampamento, ele falou que era um lugar para você ficar seguro. Eu queria acreditar que eu conseguiria te manter em segurança, mas não tenho mais tanta certeza. Se você quiser eu te levo para este acampamento? Lá você poderá saber mais sobre seu pai, mais do que eu possa te contar, mas a escolha é sua.


Após sua mãe terminar ela o beija na testa e segura suas mãos enquanto uma lágrima escorria por um de seus olhos. Ela havia perdido toda a compostura de durona que ela sempre passou para seu filho.

#5

Re: Welcome to New York!

por Spencer Langdon em Sab 3 Set 2016 - 9:04

Spencer Langdon

avatar
Indefinido (Grego)
Indefinido (Grego)
Ver perfil do usuário
Fiquei sem uma resposta imediata enquanto ouvia cada uma daquelas palavras e observava cada expressão feita pela minha mãe, que me deixaram um tanto alarmado, afinal, eu nunca vi nada desse tipo e nem nunca imaginei. Suor frio escorreu em meu rosto enquanto eu a encarava. Era muita informação ao mesmo tempo, e para cada frase que ela proferia, parecia que dezenas de perguntas surgiam em minha mente, uma mais maluca que a outra. Elizabeth Langdon era de longe a pessoa mais forte que eu conhecia, firme, forte e rígida. Era complicado ver ela agir daquela maneira.

Mais intrigante ainda era eu ter ouvido coisas sobre meu pai. Como qualquer filho único e de mãe solteira, quando criança, sempre perguntava sobre seu paradeiro e nunca obtive resposta alguma, até que finalmente resolvi deixar isso de lado, uma vez que minhas tentativas de puxar esse assunto com minha mãe eram inúteis. Sempre pensei nela como a pessoa que mais sofreu com esse abandono, uma vez que teve que, além de ficar sozinha, ser ao mesmo tempo pai e mãe para mim.

- M-Mãe, do que a senhora tá falando? Meu pai? Me proteger de que? Um acampamento sugerido por ele? – A cada palavra proferida, minhas dúvidas e insegurança só aumentavam e eu sabia que só estava piorando as coisas. Parecia evidente que algo ou alguém queria nos separar e eu não conseguia imaginar em nenhuma razão para isso.

-Se a senhora estiver querendo dizer que ele apareceu e quer fazer um desses programinhas de pai e filho, eu te garanto que tô fora! - Concluo esperando que ela diga mais alguma coisa, ou que responda minhas perguntas.

#6

Re: Welcome to New York!

por  em Qua 7 Set 2016 - 1:10


avatar
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
A mãe do menino o explica sobre seu pai ser um deus grego (no sentido literal da palavra) e que ele é um semideus, e que ele esta em perigo, embora ele já estivesse antes, agora ele sabe o que piora a situação, ela pede desculpas por manter isso em segredo por tanto tempo, e que aquilo era para a proteção dele. Ao ser questionada novamente sobre o acampamento, ela fala que o pai de Spencer (que ela se recusou a falar qual deus é) havia falado para ela sobre este lugar assim que soube sobre a gravidez, e que muito provavelmente este fosse o lugar com que o garoto sonhou.

Elizabeth parecia a ponto de desmoronar ao falar essas coisas para o filho, ela falou que por mais que fosse perigoso, se o menino não quisesse ir para o acampamento eles arrumariam uma forma de ficarem juntos, mas caso ele queira ir, um homem havia procurado ela uns anos antes e dado um cartão para o caso de algum dia ela quisesse que o filho ficasse em segurança.

#7

Re: Welcome to New York!

por Spencer Langdon em Qua 7 Set 2016 - 10:55

Spencer Langdon

avatar
Indefinido (Grego)
Indefinido (Grego)
Ver perfil do usuário
Normalmente era eu quem vivia com ideias um tanto malucas e histórias mirabolantes. Quer dizer então que eu tenho um pai, que por acaso é um deus e nem assim ele quer se revelar? Em condições normais eu descartaria qualquer chance de um absurdo desses ser verdade, mas minha mãe não é e nunca foi de fazer piadas, muito menos no meio de uma madrugada aleatória. Além disso, seu modo de falar e se expressar era preocupante. Não sei a que tipo de perigo estou exposto, e logo, não quero colocar ela no meio disso, apesar de não saber exatamente como vou cuidar disso.

- Acho que entendi. – Digo fazendo uma pausa – Mas se eu estou realmente exposto a perigo, como vou saber se esse cara do cartão é confiável? – Questiono – Já deu pra ver que a coisa é séria de um modo que vai além do que eu consigo imaginar agora, mas eu prometo que vou me cuidar. Só vou pedir uma coisa. Quero ir pra lá sozinho. Nada de envolver ninguém nessa história. Primeiro, acho que ninguém vai acreditar, segundo, qualquer um que diga que pode ajudar e sabe da situação pode ser considerado como suspeito. Prefiro não correr riscos, a senhora me entende?

É claro que era mais uma das minhas jogadas com palavras. Eu estava de fato, tentando convencê-la a não ir porque algo me dizia que as coisas seriam complicadas, e além disso, algo me dizia que eu não iria sozinho pra essa viagem. Eu sentia que, desde aquele sonho, estava sendo incessantemente observado. Eu só torcia para que o observador fosse alguém, na melhor das hipóteses, neutro.

No mais, pergunto se ela sabe a localização exata ou pelo menos aproximada do acampamento. Tentaria então arrumar uma mochila com o básico pra uma viagem: Algumas roupas, dinheiro e algo que possa me defender de eventuais perseguidores e que ao mesmo tempo fosse discreto. Um canivete parecia ideal, então, procuraria por algum em casa, e se não tivesse, tentaria comprar um em qualquer lugar próximo que venda esse tipo de item.

#8

Re: Welcome to New York!

por  em Qui 8 Set 2016 - 19:28


avatar
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
O garoto foi para o seu quarto, quando ele terminou de arrumar as coisas e estava para sair de casa (e sim, ele achou um canivete), ela percebeu que ele queria sair naquela mesma noite, Elizabeth olhou para Spencer como se ele tivesse enlouquecido.

- Você esta pensando que eu vou te deixar sair a esta hora da noite, sozinho? Estou falando que o deixarei ir, mas no verão. Você ainda está no meio do ano escolar, não pode simplesmente sair assim.

A fragilidade que o garoto havia visto em sua mãe antes havia sumido, ela estava rígida novamente, e ele já sabia que quando ela ficava assim ela não mudava de ideia, pelo menos não facilmente.

#9

Re: Welcome to New York!

por Spencer Langdon em Qui 8 Set 2016 - 22:49

Spencer Langdon

avatar
Indefinido (Grego)
Indefinido (Grego)
Ver perfil do usuário
- É mesmo? – Digo olhando para minha mãe de maneira ainda mais severa que a dela no momento em que ouço aquelas palavras. É fato que Elizabeth Langdon de longe é a pessoa que eu mais respeito, mas mesmo ela não é capaz de controlar minha vontade, ainda mais agora que eu estou, não apenas curioso, mas também determinado em saber mais sobre essa história maluca. Meu pai é um deus e não quer se mostrar? Pois bem, eu vou dar um jeito de descobrir isso.

– Você não manda em mim já faz um bom tempo. Existe uma diferença enorme entre respeito e submissão, e nossa relação é estritamente encaixada na primeira opção. O mínimo que eu exigo agora é reciprocidade, mas se não vier, não faz diferença. Minha decisão está tomada e nem mesmo Elizabeth Langdon poderá muda-la. – Digo colocando minha habilidade de dialogar em ação. Era mais que óbvio que ela iria recusar ou tentar me dar ordens, mas dessa vez, ela não venceria. Essa era minha vontade, afinal. Eu também não perderia muito tempo a essa altura, porque é uma decisão difícil. Se ela não quiser ceder na primeira ou segunda tentativa, apenas passarei por ela, mesmo que ela se ponha em meu caminho.

- Não precisa se preocupar com os estudos, eu vou voltar logo. – Digo saindo rumo a rodoviária, onde compraria a primeira passagem, rumo a New York, mais especificamente Long Island.

#10

Re: Welcome to New York!

por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado


#11

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 4]

Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum