Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!




ATUALIZAÇÕES DO FÓRUM




Absolutamente TUDO de novo que foi adicionado ao fórum DEVE ser postado neste tópico (localizado em "Noticias e Atualizações" do Mural Divino). Esse é um tópico de uso exclusivo da ADM para expor novas informações e servirá como um meio de comunicação onde os players poderão se manter atualizados sobre aquilo que vem acontecendo dentro do fórum.
Por isso peço encarecidamente que sempre estejam olhando este tópico e que o enviem aos novatos para se ater das mesmas coisas que vocês, avisem colegas e amigos sempre que virem algo novo acontecendo.
Se você, jogador, tiver algo para falar a respeito do que foi postado aqui, use nossa chatbox ou mesmo o tópico da central de atendimento: http://www.heroisdoolimpo.com/t46-central-de-atendimento-ao-campista

IMPORTANTE: Esse tópico é para ser atualizado sempre que algo mudar, não precisa ser preenchido somente por Ártemis e Hefesto. Se vc tem algo novo para postar, POSTE COMO COMENTÁRIO AQUI, seja uma mega missão, ou qualquer outra coisa.

Veja em: http://www.heroisdoolimpo.com/t2341-atualizacoes-do-forum-leiam-e-fiquem-por-dentro-do-que-esta-acontecendo

Novidades serão postadas como comentários ao longo do tópico!



Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Resto do Mundo » Resto do Mundo » 

Ir à página : Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 2 de 2]

Re: Sangue, Carne e Fogo - Charlie

por Hades em Qui 3 Nov 2016 - 0:06

Hades

Hades
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
Assim que o filho de Ares fala a primeira palavra a criatura vira a cabeça na sua direção. Na segunda palavra, o monstro já estava sobre ele.

Semideus e criatura se engalfinham. O filho de Ares percebe que é superior em força física, e agarra o monstro pelo braço, aplicando um golpe e jogando-o pra longe instintivamente quando percebe que havia sido agarrado. Ele ganha arranhões no ombro, porém nada que o atrapalhe.

A criatura rola no chão e se posiciona como uma fera, virado na direção do filho de Ares. O garoto continua com seu plano, invocando os arqueiros. A coruja plana para longe silenciosamente enquanto os soldados de Charlie armam suas flechas. Assim que o som da corda sendo puxada enche o ar, o monstro vira-se para eles e salta, agarrando um deles e perfurando-o com os dedos afiados como adagas. O segundo arqueiro rapidamente dispara contra a criatura, acertando seu flanco, e Charlie não perde tempo, avançando também. Asim que invoca sua espada, porém, o monstro emite um som estranho. A criatura tenta afastar-se, porém ainda é atingida no rosto pela ponta da espada.

O monstro cambaleia, arranhando o chão em agonia enquanto sangra pelo corte no rosto. Parecia ter ganho uma boca em sua face sem expressões. Charlie até rí com a ideia, porém percebe que há dentes e uma língua saindo do corte que criou ali. Na verdade, parece que sempre estiveram ali. O monstro ergue a cabeça e urra, porém som nenhum escapa de sua garganta; apenas uma vibração anormal ressoa no ar, fazendo Charlie ficar tonto. A boca escancarada do monstro começa aumentar à medida que seu rosto se rasga, enquanto ele grita cada vez mais alto.







Ω Lord of the Underworld Ω
#11

λ Charlie Milkovich

λ Charlie Milkovich
Filho(a) de Ares
Filho(a) de Ares
Ver perfil do usuário
Aa porra ficou divertida. Pelo menos até a parte em que esse diabo imita o berro feminino dos filhos de Apolo. Será que mais ninguém nesse acampamento sabe lutar que nem gente?

O jeito é fazer esse bicho calar a boca o quanto antes. Conjuro de minha [Tatuagem de Chamas] uma lança inteiramente feita de fogo e atiro na direção do diabo gritante, contando com minha [Perícia com Arremesso] pra que as minhas chances aumentem.

É fato que uma vibração como essas venha a causar desconforto e até atordoamento em oponentes mais fracos, mas alguém que fez Aprimoramentos em Ataque como eu não iria ceder tão facilmente. Depois de fazer meu lançamento, que pode acertar ou pelo menos distrair aquela coisa, avanço com [Ímpeto do Guerreiro] para desferir um soco em sua cabeça.


Passivas OP:

Nível 9 - Potência: Os heróis dotados desta habilidade possuem uma força sobre-humana. A Potência permite que os heróis pulem distâncias tremendas, ergam pesos volumosos e golpeiem oponentes com uma força apavorante. (+8 FOR)

Nível 11 – Aprimoramento – Ataque: A melhor defesa é, claro, o ataque. Os membros desta divisão conseguem avançar para atacar com grande velocidade, iniciando seus movimentos com precisão e ganhando vantagem no controle da luta.

Nível 15 – Instinto de Batalha II: Agora a experiência do guerreiro se faz valer, de forma que conseguem lutar com precisão e habilidade. Seu corpo basicamente se move só, respondendo de imediato aos sentidos, permitindo ataques e esquivas mais elaboradas.

Nível 14 - Fortitude II: A Fortitude confere uma flexibilidade e vigor muito além até mesmo da resistência heroica normal. O dano que o herói leva diminui consideravelmente e este será capaz de ignorar ataques venenosos e ou outras penalidades. (+16 CON)

Ativa OP:

Nível 12 – Ímpeto do Guerreiro [Intermediário]: Agora as chances do movimento darem certo são bem grandes. Arremessos preciso, golpes hábeis e bloqueios que em situações normais seriam improváveis. Consome 30 de Energia, entra em espera por 4 rodadas.

Item OP:

Tatuagem de Chamas - O campista é capaz de materializar uma arma, desde que tenha perícia com ela, o tamanho e a força da arma materializada é definida pelo narrador.





Nível 10 - Guerreiro Nato: Por ser filho da Guerra, Charlie possui grande noção de combate em seus vários aspectos. Nesse nível, o semideus treinou a ponto de aumentar suas capacidades podendo prever alguns movimentos dos adversários baseado em suas ações, e adaptando-se portanto, às diversas adversidades com maior rapidez, tendo maiores chances de defender, esquivar ou mesmo revidar.

#12

Re: Sangue, Carne e Fogo - Charlie

por Hades em Qui 3 Nov 2016 - 16:55

Hades

Hades
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
O garoto invoca sua lança de fogo. Porém, para sua surpresa, percebe que ela está estranha; parece vibrar, desfazendo-se aos poucos em labaredas fracas de fogo. Ainda assim, o semideus a arremessa na direção da criatura e, a cada metro que a lança se aproxima, vibra mais até desaparecer no ar. As chamas na espada do garoto também se comportam de maneira estranha.

Enjoado daquela palhaçada, o garoto avança com brutalidade, socando a cabeça do monstro, que capota rolando pela grama. A criatura tenta se por de pé, desnorteada, cambaleante. Está a 2 metros de Charles.







Ω Lord of the Underworld Ω
#13

λ Charlie Milkovich

λ Charlie Milkovich
Filho(a) de Ares
Filho(a) de Ares
Ver perfil do usuário
- Mais uma Vez

Aproveito que a criatura está cambaleante e avanço para o bait. A essa altura meu sangue de guerreiro já estava predominante e eu só descansaria depois de acabar aquela batalha (ou não).

Apesar de ver as chamas de minha espada começarem a se comportar de maneira estranha, a utilizarei para realizar um [Ataque Potente] contra o inimigo. Tentaria prever para onde ele poderia se mover e adaptaria a trajetória da lâmina exatamente para onde ele fosse, na expectative de corta-lo ao meio, na altura da cintura. Para isso, faria um movimento de corrida e um salto com potência.



Passivas OP:

Nível 9 - Potência: Os heróis dotados desta habilidade possuem uma força sobre-humana. A Potência permite que os heróis pulem distâncias tremendas, ergam pesos volumosos e golpeiem oponentes com uma força apavorante. (+8 FOR)

Nível 11 – Aprimoramento – Ataque: A melhor defesa é, claro, o ataque. Os membros desta divisão conseguem avançar para atacar com grande velocidade, iniciando seus movimentos com precisão e ganhando vantagem no controle da luta.

Nível 15 – Instinto de Batalha II: Agora a experiência do guerreiro se faz valer, de forma que conseguem lutar com precisão e habilidade. Seu corpo basicamente se move só, respondendo de imediato aos sentidos, permitindo ataques e esquivas mais elaboradas.

Nível 14 - Fortitude II: A Fortitude confere uma flexibilidade e vigor muito além até mesmo da resistência heroica normal. O dano que o herói leva diminui consideravelmente e este será capaz de ignorar ataques venenosos e ou outras penalidades. (+16 CON)

Ativa OP:

Nível 10 - [Habilidade Única] Ataque Potente: Charlie consegue Potencializar UM ataque que deve ser feito com uma arma com a qual o semideus possua perícia no mínimo intermediária. O golpe em questão terá grandes chances de acerto além de receber um bônus de 30 pontos de dano. A habilidade requer 50 pontos de Energia e entrará em espera por 4 rodadas.

Itens OP:

Anel do Guerreiro - +10% de FOR e AGI
Anel da Devoção + 7% de FOR e AGI





Nível 10 - Guerreiro Nato: Por ser filho da Guerra, Charlie possui grande noção de combate em seus vários aspectos. Nesse nível, o semideus treinou a ponto de aumentar suas capacidades podendo prever alguns movimentos dos adversários baseado em suas ações, e adaptando-se portanto, às diversas adversidades com maior rapidez, tendo maiores chances de defender, esquivar ou mesmo revidar.

#14

Re: Sangue, Carne e Fogo - Charlie

por Hades em Sab 5 Nov 2016 - 2:19

Hades

Hades
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
O garoto percebe que assim que o monstro para de gritar as chamas voltam a brilhar normalmente. Sem perder tempo, ele avança, e no momento seguinte possui duas metades de monstro caídas na grama aos seus pés. Ele percebe que o interior da criatua é estranhamente estranho; ele estava longe de ser um conhecedor de anatomia, mas sabia que não devia haver um coração à altura do umbigo de um humano. No entento, ali estava um coração ainda pulsando escorregando para fora da metade superior do monstro.

Aos poucos, o ser começou a colapsar e desfazer-se em sangue e gordura na terra. Um cheiro insuportavelmente ruim ergueu-se no ar, e Charles torceu o nariz em desgosto. O menino olha ao redor com mais calma. Uma trilha de sangue vinha da floresta até a árvore. Ele começa a aproximar-se dela quando sente uma agitação atrás de sí. Um corvo passa voando por sua cabeça, e por pouco charles não o corta ao meio por instinto. A ave pousa no galho da árvore onde o monstro estivera e, para a grande surpresa de Charlie, uma mulher estava sentada ali.

A mulher, fosse quem fosse, era simplesmente linda. A cada segundo que a observa Charlie fica mais certo de que tinha de ser uma deusa. Flores brotavam discretamente do chão ao redor da árvore. Flores de todas as formas, de pétalas feitas de pura luz, que iluminaram a noite com sua beleza.

-- Olha -- Fla ela -- Temos um ganhador -- Ela continua encarando Charlie com um sorriso distraído, até que fala -- Ah! Eu sou Perséfone.

Ela pula do galho, flutuando até ele com leveza. Sua pele pálida contrasta com os cabelos vermelho-sangue e olhos de igual tom. Sua expressão e seu tom bondosos não combinam com o olhar voraz em seu rosto. Parecia ter sede. Parecia se divertir. Parecia ansiosa e traquina como uma criança de cinco anos quando vê um brinquedo e se pergunta quantas vezes terá de jogá-lo da escada até que quebre. Ela aproxima a mão do rosto de Charlie, sem tocá-lo, e o garoto consegue sentir o calor que emana de seu corpo.

-- Temos um favor a pedir para você, pequenino. Você aceitará o desafio?







Ω Lord of the Underworld Ω
#15

λ Charlie Milkovich

λ Charlie Milkovich
Filho(a) de Ares
Filho(a) de Ares
Ver perfil do usuário
Acabei me segurando para não dar um assovio para a deusa. Perséfone era linda mas eu ainda tinha um pingo de bom senso. Ela é só esposa do meu tio-avô Hades. O que me deixou um pouco confuso foi o fato de ela aparecer na superfície. Pelo pouco que conheço da história, ela deveria ficar trancafiada no submundo pelo menos 9 meses do ano.

Acabei piscando e balançando a cabeça pra voltar a realidade. Acabei de ver que estava literalmente sendo testado e agora um convite havia me surgido. Eu detestava a ideia de servir aos propósitos de qualquer um que não fosse o próprio Ares. Foi aí que uma ideia acabou surgindo.

- Duas perguntas básicas: O que eu ganho com isso e qual o nível de dificuldade? Porque aquela coisa foi bem simples – Digo.





Nível 10 - Guerreiro Nato: Por ser filho da Guerra, Charlie possui grande noção de combate em seus vários aspectos. Nesse nível, o semideus treinou a ponto de aumentar suas capacidades podendo prever alguns movimentos dos adversários baseado em suas ações, e adaptando-se portanto, às diversas adversidades com maior rapidez, tendo maiores chances de defender, esquivar ou mesmo revidar.

#16

Re: Sangue, Carne e Fogo - Charlie

por Hades em Sab 5 Nov 2016 - 14:56

Hades

Hades
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
A deusa dá um sorriso malicioso. De alguma forma, Charlie se sente como um livro sendo lido.
-- Meu marido permitiu-me sair um pouco do submundo para um passeio breve -- Diz ela, respondendo aos pensamentos do garoto -- E.. Oh, não se ofenda. Eu não enviei aquilo.

Ela faz uma cara feia, apontando para o monte de gordura e sangue espalhados no chão.

-- Eu apenas o estava vigiando -- Com uma piscadinha ela flutua em volta de charlie, observando-o.
-- Duas perguntas básicas; -- Diz o boy -- O que eu ganho com isso e qual o nível de dificuldade? Porque aquela coisa foi bem simples

Perséfone sorri para ele, sem parar de flutuar em círculos ao seu redor. Flores continuavam a brotar por toda a planície, subindo a colina, em meio à plantação de morangos. Quando acordassem, todos ficariam surpresos com a primavera repentina que se espalhou pelo Acampamento durante a noite, pensou Charlie.

-- Esta criatura que você acaba de derrotar não passa de um boneco. Um boneco dentre vários que virão de uma fábrica de bonecos -- Ela ergue a mão e as pétalas das flores flutuam, envolvendo charlie em um turbilhão, movendo-se em sincronia no ar, formando imagens multicoloridas. Charlie viu fogo, viu corpos e viu uma mulher -- Há um longo tempo, uma mortal adentrou o submundo. Era uma bruxa, um dos raros casos de mortais que nascem com uma afinidade anormal com a névoa -- As pétalas se agitaram, mostrando agora uma mulher diante de um caldeirão -- Ela estudou corpos, estudou a vida e estudou a morte. Nós a chamamos de Dolly, a mestra dos brinquedos. Porque é isso que ela faz; desmonta corpos, e cria brinquedos com eles.

Charlie pôde ver braços, pernas e órgãos flutuando ao seu redor, montando-se e desmontando na forma de corpos humanoides.

-- Hades não se incomodaria em simplesmente abrir o chão sob os pés dela e engolí-la para sempre, mas não seria correto, seria? Nós, deuses, não podemos atacar mortais desta forma -- Ela encara os olhos de Charlie com intensidade que beira a tentação -- Não que não tenha acontecido antes -- Ela acrescenta com divertimento -- Mas eu gosto de passear. E de conhecer pessoas novas. Então, por que não aproveitar a oportunidade para achar alguém que possa se livrar dela por nós e ver o mundo novamente?

Voltando a flutuar em volta de Charlie, ela desliza os dedos por seu ombro, fazendo o garoto se arrepiar. Ele sente seus músculos enrijecendo sozinhos ao toque da deusa, sente sua circulação aumentar e a adrenalina correndo em seu sangue. Seu estômago (e algo mais :hmm:) revirou quando a deusa sussurrou em seu ouvido;

-- Você fará este favor para mim, Charlie, Filho de Ares?

As pétalas ainda flutuam em volta de Charlie, enquanto Perséfone para, flutuando, à sua frente. Mesmo erguida no ar ela continuava levemente mais baixa que Charlie, e perigosamente próxima. O garoto conseguia sentir sua respiração quente com cheiro de... que flor seria aquela? Ele não saberia dizer. Nem conseguiria, mesmo que tentasse muito, com aqueles olhos vermelhos a centímetros dos seus.







Ω Lord of the Underworld Ω
#17

λ Charlie Milkovich

λ Charlie Milkovich
Filho(a) de Ares
Filho(a) de Ares
Ver perfil do usuário
Deuses e sua brincadeira de ler mentes. Oh God

Tentei ouvir atentamente o que ela me dizia, mas era complicado demais pra alguém como eu. O resumo da obra era o de sempre: Ser o peão que vai matar alguém. A diferença é que esse alguém tem afinidades com magia, uma coisa que eu pessoalmente não gosto. Em compensação temos o gosto em comum quanto a sangue e órgãos.

- É, acho que temos um trato. Exceto por uma coisa. – Digo para a Deusa com um olhar tão malicioso quanto o dela – Falta só o juramento pelo estige. Não é que eu não confie na rainha do submundo, claro. Mas é sempre bom ter uma garantia a mais. sualinda

Independente de ela tentar me enrolar ou não (uma vez que nunca vi deus algum jurar nada pelo estige e eu só disse aquilo justamente pra trocar as provocações), me volto para o chalé. Era uma caça às bruxas e se ela gostava de usar brinquedos, eu acho que posso usar os meus também.

Depois de equipar, pergunto basicamente onde está o alvo para que a brincadeira comece. Lusilindo

Equipamentos:

Armadura Espartana Completa [Sombras][H]
Bomba de fumaça caseira (x1)
Lança Média [Elétrica]
Foice Dupla
Espada de Esparta [Bronze Celestial&Flamejante][H][Heróico]{Transmutação > Anel}*
Escudo do Vigia [-]
Colete de Oricalco[¹]
__________________
Acessórios:
Anel da Vontade
Tatuagem das Chamas***
Anel do Guerreiro [+]
Anel da Devoção [++]
Anel da Guarda Real[+++]
Pingente do Javali [=]


__________________
Mochila Rumos e Trilhas
Poção de Cura [Heróico] (x4)
Poção de Cura [Mítico] (x10)
Poção de Energia [Heróico] (x2)
Poção de Energia[Mítico] [x9]





Nível 10 - Guerreiro Nato: Por ser filho da Guerra, Charlie possui grande noção de combate em seus vários aspectos. Nesse nível, o semideus treinou a ponto de aumentar suas capacidades podendo prever alguns movimentos dos adversários baseado em suas ações, e adaptando-se portanto, às diversas adversidades com maior rapidez, tendo maiores chances de defender, esquivar ou mesmo revidar.

#18

Re: Sangue, Carne e Fogo - Charlie

por Hades em Sab 5 Nov 2016 - 16:50

Hades

Hades
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
Um sorriso bizarro brota lentamente no rosto da deusa ao ouvir as palavras do garoto.

-- Ora, ora -- Diz ela -- e o que devo jurar exatamente, meu campeão?

Ela flutua comendo uvas que surgiram Dionísio-sabem-lá-de-onde, seguindo charlie até seu chalé. Na porta ela para com um "Opa", e permanece esperando, flutuando deitada, observando Charlie de cabeça para baixo enquanto as uvas se suicidam, jogando-se uma a uma em sua boca.







Ω Lord of the Underworld Ω
#19

λ Charlie Milkovich

λ Charlie Milkovich
Filho(a) de Ares
Filho(a) de Ares
Ver perfil do usuário
Arqueei uma sobrancelha com certo ar de desaprovação. Vai se fazer de difícil, mulher?

Quando saí do chalé e a vi um tanto quanto bizarra voando de cabeça pra baixo não hesitei em dar-lhe um beijo na boca.

- Só precisa jurar que vai me convidar pro seu cafofo no subsolo qualquer dia desses. Gosto da ideia de esmagar uma daquelas pérolas que já ouvi falar. Coisa de moleque aventureiro, se é que me entende. sualinda

Espero por uma resposta qualquer e em seguida continuo.

- Agora vamos aos outros negócios. Tem ideia de onde eu possa encontrar a Euvira? Acho que é assim que se chama.





Nível 10 - Guerreiro Nato: Por ser filho da Guerra, Charlie possui grande noção de combate em seus vários aspectos. Nesse nível, o semideus treinou a ponto de aumentar suas capacidades podendo prever alguns movimentos dos adversários baseado em suas ações, e adaptando-se portanto, às diversas adversidades com maior rapidez, tendo maiores chances de defender, esquivar ou mesmo revidar.

#20

Re: Sangue, Carne e Fogo - Charlie

por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado


#21

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 2 de 2]

Ir à página : Anterior  1, 2

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum