Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!




ATUALIZAÇÕES DO FÓRUM




Absolutamente TUDO de novo que foi adicionado ao fórum DEVE ser postado neste tópico (localizado em "Noticias e Atualizações" do Mural Divino). Esse é um tópico de uso exclusivo da ADM para expor novas informações e servirá como um meio de comunicação onde os players poderão se manter atualizados sobre aquilo que vem acontecendo dentro do fórum.
Por isso peço encarecidamente que sempre estejam olhando este tópico e que o enviem aos novatos para se ater das mesmas coisas que vocês, avisem colegas e amigos sempre que virem algo novo acontecendo.
Se você, jogador, tiver algo para falar a respeito do que foi postado aqui, use nossa chatbox ou mesmo o tópico da central de atendimento: http://www.heroisdoolimpo.com/t46-central-de-atendimento-ao-campista

IMPORTANTE: Esse tópico é para ser atualizado sempre que algo mudar, não precisa ser preenchido somente por Ártemis e Hefesto. Se vc tem algo novo para postar, POSTE COMO COMENTÁRIO AQUI, seja uma mega missão, ou qualquer outra coisa.

Veja em: http://www.heroisdoolimpo.com/t2341-atualizacoes-do-forum-leiam-e-fiquem-por-dentro-do-que-esta-acontecendo

Novidades serão postadas como comentários ao longo do tópico!



Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Acampamentos » Acampamento Meio-Sangue » Outros Locais » Plantação de Morangos » 

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

Newt Flower

Newt Flower
Filho(a) de Deméter
Filho(a) de Deméter
Ver perfil do usuário




O fugitivo


O céu alaranjado anunciava o fim de mais um dia no acampamento meio sangue. O filho de Deméter terminava suas funções nas plantações, o lugar que mais ficava. Enquanto fazia seu caminho de volta, uma sensação o fez parar, as plantas ficaram estranhas, com um fluxo de palavras rápidas demais para o semideus acompanhar. Como um telefone sem fio elas traziam aa informações do campo todo da plantação. Um intruso.

O filho de Deméter entrou nas plantações novamente, ele estava seguindo o fluxo mais nervoso das plantas. Geralmente, os filhos de Ares surtiam esse mesmo efeito ali, pois só iam ali para pregar algum tipo de peça em algum novato. E se tinha uma coisa que não admitia era esse tipo de brincadeira, já tinham problemas demais com os monstros caçando cada um deles, para que tivessem que lutar entre si. Também é ums idiotice tomarem as dores dos pais, pelo menos é isso que o loiro pensa.

Newt consegue ver o vulto de uma pessoa, provavelmente um campista correndo entre as fileiras da plantação. Infelizmente, o filho de Deméter nada tem senão sua foice de colheita. E a pessoa é mais rápida, não! Na verdade tem uma vantagem na frente do filho de Deméter, que se esforça para acompanhar, só não perdia a trilha do intruso por causa das plantas que o guiavam. Ele esticou as mãos afastando os ramos para correr através delas, e visualizou o menino correndo, logo ele estava bem atrás dele com o atalho que pegava. O intruso ia em direção no lago, e num esforço final, Newt puxa algumas raizes para cima, fazendo o semideus tropeçar e cair. Ele sabia que se fugiu era porque estava aprontando algo.

Newt estava ofegante com o esforço que fizera, não é acostumado com isso. Quando chegou no menino confirmou as suspeitas, um filho de Ares que odeia os filhos de Dionísio que ficam na plantação. O loiro teve certeza que ele estivera ali tramando algo para eles –O que estava fazendo? - ele fala sem forças, enquanto o outro menino levantava com uma expressão nada amistosa _Fica fora disso 'Moitinha' - ele rosna para o loiro, que fica intrigado com a mochila preta do menino.

Edgar, filho de Ares olha para os lados antes de dar as costas para Newt –Já ne chamaram de muita coisa, mas essa realmente é nova para mim! É melhor eu ficar com essa mochila! - ele mal encosta na alça quando Edgar vira e o empurra, Newt vai ao chão de forma vergonhosa ao chão _Eu disse para ficar fora disso! - Newt tenta ficar em pé com dignidade. –O que fazia ali e por quê correu? Eu aposto minha foice que ia fazer algo! - o loiro odiava fazer esse tipo de papel, mas os semideuses tinham como fonte de renda aquele lugar, e a última pegadinha queimou uma área considerável.

Edgar ignora o loiro que por breves segundos sente raiva. Newt puxa novamente a mochila das costas do outro campista, que dessa vez vira-se pronto para o socar, filhos de Ares não precisam de armas para serem letais. Só que Newt abaixa-se e tentar o socar no abdômen, o golpe doi mais no filho de Deméter do que no outro. Sem o escudo, Newt não é bom em luta física.

Edgar segura o braço do loiro e consegue o acertar no abdômen dele, logo em seguida o derrubando com violência no chão. A ética do loiro não fazia com que lutasse com a foice, aquilo é uma briga por birra. Mas Newt não ia ficar parado simplesmente apanhando. Antes que Edgar possa o chutar, ele faz isso primeiro, dando uma rasteira no outro. Os dois no chão Newt tenta ir por cima dele, mas logo sente o pé de Edgar no seu tórax e é arremessado para o lado.

Aquela luta é totalmente inútil e desfavorável para o filho de Deméter, nunca venceria Edgar daquele jeito. E sim, Newt é capaz de sentir raiva, antes que ele fique em pé, um ramo de urtiga envolve o braço do campistas. Que tenta tirar do seu braço esquerdo e machuca a mão direita, pensar nunca foi o forte de Edgar. Que amaldiçoa o vento de raiva. O loiro fica em pé rápido enquanto Edgar se livra das urtigas, e num ato incomum e muito raro, Newt chuta o peito de Edgar e logo em seguida seu rosto. O filho de Ares fica mais surpreso do que outra coisa, mas Newt como outros filhos de Deméter é forte por trabalhar no campo, apenas não lutam para valer.

Edgar fica tonto o que permite que Newt tire a mochila dele, Edgar protesta para que o loiro não abra, e como Newt não sabia ativa um dispositivo. Que explode bem no meio dele, uma bomba de bosta de Pégaso. O cheiro é insuportável, e Newt bate com a mochila na cabeça do outro semideus _Hey! Isso é adubo para as plantinhas! - ele reclama limpando-se também.

Edgar não aceita ir com Newt, mas também não tenta lutar. Ambos querem apenas se limpar, mas Newt fica com a mochila e os equipamentos ali, como prova de quem é o responsável por essas brincadeiras nas plantações. E mesmo tirando a camisa para se limpar, o fedor o acompanhou até a casa grande. Quiron riu quando viu o menino naquele estado, pois sabia que outra pegadinha havia acontecido, só esperava que não houvesse. Newt só joga a mochila na varanda porque sabia que seu estado era desagradável. Depois de relatar o ocorrido vai em direção aos banheiros.
Hab. Passivas:

Nível 1 - TDAH: Como todo semideus, você nasceu programado para a batalha, e seu cérebro está sempre alerta. Isso dificulta um pouco sua concentração, porém pode salvar sua vida nas batalhas, lhe permitindo reagir rapidamente a estímulos externos.

Nível 1 - Falar com Plantas: Por ser filho da deusa da Agricultura e plantas, você consegue conversar com as plantas mentalmente, sendo muito útil em coleta de informações e coisas do tipo.

Hab. Ativas:

Nível 1 - Controle de Plantas I: O filho de Deméter tem poderes sobre a natureza, sendo assim, ele pode controlar as plantas. Neste nível você pode controlar algumas plantas fazendo pequenos movimentos. [Gasta 10 de energia para utilizar/ativar este poder]

Nível 2 - Brotar I: Faz nascer e crescer instantaneamente uma planta ou árvore pequena [Ipê-de-jardim]. Pode fazer o que quiser com ela depois utilizando o poder Controle de Plantas, qualquer tipo de fruta/erva adquiridos durante a narração deve(m) ser usado(s) na mesma. [Gasta 10 de energia para utilizar/ativar este poder][1 turno de espera, 0 se estiver sob o efeito de Bem Estar]



[One Post Pré-Determinada IV] - Newt Flower 2vuhf6t


Newt Flower

Chalé 4 :: Primeiro ano :: O Pacífico ::


#1

Hermes

Hermes
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
@Newt Flower escreveu:



O fugitivo


O céu alaranjado anunciava o fim de mais um dia no acampamento meio sangue. O filho de Deméter terminava suas funções nas plantações, o lugar que mais ficava. Enquanto fazia seu caminho de volta, uma sensação o fez parar, as plantas ficaram estranhas, com um fluxo de palavras rápidas demais para o semideus acompanhar. Como um telefone sem fio elas traziam aa informações do campo todo da plantação. Um intruso.

O filho de Deméter entrou nas plantações novamente, ele estava seguindo o fluxo mais nervoso das plantas. Geralmente, os filhos de Ares surtiam esse mesmo efeito ali, pois só iam ali para pregar algum tipo de peça em algum novato. E se tinha uma coisa que não admitia era esse tipo de brincadeira, já tinham problemas demais com os monstros caçando cada um deles, para que tivessem que lutar entre si. Também é ums idiotice tomarem as dores dos pais, pelo menos é isso que o loiro pensa.

Newt consegue ver o vulto de uma pessoa, provavelmente um campista correndo entre as fileiras da plantação. Infelizmente, o filho de Deméter nada tem senão sua foice de colheita. E a pessoa é mais rápida, não! Na verdade tem uma vantagem na frente do filho de Deméter, que se esforça para acompanhar, só não perdia a trilha do intruso por causa das plantas que o guiavam. Ele esticou as mãos afastando os ramos para correr através delas, e visualizou o menino correndo, logo ele estava bem atrás dele com o atalho que pegava. O intruso ia em direção no lago, e num esforço final, Newt puxa algumas raizes para cima, fazendo o semideus tropeçar e cair. Ele sabia que se fugiu era porque estava aprontando algo.

Newt estava ofegante com o esforço que fizera, não é acostumado com isso. Quando chegou no menino confirmou as suspeitas, um filho de Ares que odeia os filhos de Dionísio que ficam na plantação. O loiro teve certeza que ele estivera ali tramando algo para eles –O que estava fazendo? - ele fala sem forças, enquanto o outro menino levantava com uma expressão nada amistosa _Fica fora disso 'Moitinha' - ele rosna para o loiro, que fica intrigado com a mochila preta do menino.

Edgar, filho de Ares olha para os lados antes de dar as costas para Newt –Já ne chamaram de muita coisa, mas essa realmente é nova para mim! É melhor eu ficar com essa mochila! - ele mal encosta na alça quando Edgar vira e o empurra, Newt vai ao chão de forma vergonhosa ao chão _Eu disse para ficar fora disso! - Newt tenta ficar em pé com dignidade. –O que fazia ali e por quê correu? Eu aposto minha foice que ia fazer algo! - o loiro odiava fazer esse tipo de papel, mas os semideuses tinham como fonte de renda aquele lugar, e a última pegadinha queimou uma área considerável.

Edgar ignora o loiro que por breves segundos sente raiva. Newt puxa novamente a mochila das costas do outro campista, que dessa vez vira-se pronto para o socar, filhos de Ares não precisam de armas para serem letais. Só que Newt abaixa-se e tentar o socar no abdômen, o golpe doi mais no filho de Deméter do que no outro. Sem o escudo, Newt não é bom em luta física.

Edgar segura o braço do loiro e consegue o acertar no abdômen dele, logo em seguida o derrubando com violência no chão. A ética do loiro não fazia com que lutasse com a foice, aquilo é uma briga por birra. Mas Newt não ia ficar parado simplesmente apanhando. Antes que Edgar possa o chutar, ele faz isso primeiro, dando uma rasteira no outro. Os dois no chão Newt tenta ir por cima dele, mas logo sente o pé de Edgar no seu tórax e é arremessado para o lado.

Aquela luta é totalmente inútil e desfavorável para o filho de Deméter, nunca venceria Edgar daquele jeito. E sim, Newt é capaz de sentir raiva, antes que ele fique em pé, um ramo de urtiga envolve o braço do campistas. Que tenta tirar do seu braço esquerdo e machuca a mão direita, pensar nunca foi o forte de Edgar. Que amaldiçoa o vento de raiva. O loiro fica em pé rápido enquanto Edgar se livra das urtigas, e num ato incomum e muito raro, Newt chuta o peito de Edgar e logo em seguida seu rosto. O filho de Ares fica mais surpreso do que outra coisa, mas Newt como outros filhos de Deméter é forte por trabalhar no campo, apenas não lutam para valer.

Edgar fica tonto o que permite que Newt tire a mochila dele, Edgar protesta para que o loiro não abra, e como Newt não sabia ativa um dispositivo. Que explode bem no meio dele, uma bomba de bosta de Pégaso. O cheiro é insuportável, e Newt bate com a mochila na cabeça do outro semideus _Hey! Isso é adubo para as plantinhas! - ele reclama limpando-se também.

Edgar não aceita ir com Newt, mas também não tenta lutar. Ambos querem apenas se limpar, mas Newt fica com a mochila e os equipamentos ali, como prova de quem é o responsável por essas brincadeiras nas plantações. E mesmo tirando a camisa para se limpar, o fedor o acompanhou até a casa grande. Quiron riu quando viu o menino naquele estado, pois sabia que outra pegadinha havia acontecido, só esperava que não houvesse. Newt só joga a mochila na varanda porque sabia que seu estado era desagradável. Depois de relatar o ocorrido vai em direção aos banheiros.
Hab. Passivas:

Nível 1 - TDAH: Como todo semideus, você nasceu programado para a batalha, e seu cérebro está sempre alerta. Isso dificulta um pouco sua concentração, porém pode salvar sua vida nas batalhas, lhe permitindo reagir rapidamente a estímulos externos.

Nível 1 - Falar com Plantas: Por ser filho da deusa da Agricultura e plantas, você consegue conversar com as plantas mentalmente, sendo muito útil em coleta de informações e coisas do tipo.

Hab. Ativas:

Nível 1 - Controle de Plantas I: O filho de Deméter tem poderes sobre a natureza, sendo assim, ele pode controlar as plantas. Neste nível você pode controlar algumas plantas fazendo pequenos movimentos. [Gasta 10 de energia para utilizar/ativar este poder]

Nível 2 - Brotar I: Faz nascer e crescer instantaneamente uma planta ou árvore pequena [Ipê-de-jardim]. Pode fazer o que quiser com ela depois utilizando o poder Controle de Plantas, qualquer tipo de fruta/erva adquiridos durante a narração deve(m) ser usado(s) na mesma. [Gasta 10 de energia para utilizar/ativar este poder][1 turno de espera, 0 se estiver sob o efeito de Bem Estar]




Missão Aceita
Experiência: 500
Dracmas: 500

Observações:

- Da próxima vez, escreva em primeira pessoa.
- Achei criativo e engraçado, principalmente por ser um trollzinho no lugar onde filhos de Deméter são responsáveis. O fato de não ser um monstro torna a história mais próxima da realidade e do cotidiano, uma vez que monstros não podem passar as fronteiras. O combate também foi um tanto equilibrado. Parabéns.

|ATUALIZADO|

#2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum