Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!




ATUALIZAÇÕES DO FÓRUM




Absolutamente TUDO de novo que foi adicionado ao fórum DEVE ser postado neste tópico (localizado em "Noticias e Atualizações" do Mural Divino). Esse é um tópico de uso exclusivo da ADM para expor novas informações e servirá como um meio de comunicação onde os players poderão se manter atualizados sobre aquilo que vem acontecendo dentro do fórum.
Por isso peço encarecidamente que sempre estejam olhando este tópico e que o enviem aos novatos para se ater das mesmas coisas que vocês, avisem colegas e amigos sempre que virem algo novo acontecendo.
Se você, jogador, tiver algo para falar a respeito do que foi postado aqui, use nossa chatbox ou mesmo o tópico da central de atendimento: http://www.heroisdoolimpo.com/t46-central-de-atendimento-ao-campista

IMPORTANTE: Esse tópico é para ser atualizado sempre que algo mudar, não precisa ser preenchido somente por Ártemis e Hefesto. Se vc tem algo novo para postar, POSTE COMO COMENTÁRIO AQUI, seja uma mega missão, ou qualquer outra coisa.

Veja em: http://www.heroisdoolimpo.com/t2341-atualizacoes-do-forum-leiam-e-fiquem-por-dentro-do-que-esta-acontecendo

Novidades serão postadas como comentários ao longo do tópico!



Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Acampamentos » Acampamento Meio-Sangue » Outros Locais » Floresta » 

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

| Missão One-Post IV | Theo Hughes

por Theo Hughes em Ter 11 Jul 2017 - 19:05
Ver perfil do usuário

MISSÃO IV

Requisito: lvl1~10
Recompensa: 100~1500 (conforme o lvl e a qualidade da missão)
Dracmas: 250~1000 (conforme o lvl e a qualidade da missão)

1. O jogador estará rondando/olhando/passeando pelo acampamento quando avista um vulto.

2. Deverá persegui-la sendo que a pessoa/monstro deve ser bem rápida e difícil de alcançar normalmente.

3. Crie um jeito de alcança-la.

4. Descubra quem é o “monstro” (ficara a escolha do player contanto que siga algumas regras):
4.1 Terá que ser humano ou humanoide.
4.2 Não poderá ser muito grande sendo do tamanho de um humano, pois um grande não passaria pelas defesas do acampamento.
4.3 Armas e armadura ficara a escolha do player contanto que não seja nada exagerado.

5. Entre em combate com ele.

6. A luta deve ser bem difícil e você deve arrumar um jeito de derrota-lo.

7. Depois de derrota-lo contate a Quiron./centurião/pretor.


Já estava no acampamento faz algum tempo, porém ainda não fui reclamado, por minha mãe/pai olimpiano. No primeiro dia achei tudo magnifico e intenso, hoje acho que aqui não é meu lugar, fico pensando se realmente me encaixo aqui, com semideuses cheios de habilidades que os pais concederam a eles.

Por exemplo, os filhos de Ares são fortes e habilidosos em campos de batalha, os de Apolo são os melhores no arco e flecha, os de Afrodite, ninguém resiste ao charme deles, e por aí em diante.

Estava no chalé de Hermes, acabei de acordar, não me sentia bem nesse chalé, sempre muito cheio, e nunca temos paz e sossego.  Queria pensar um pouco, colocar os pensamentos em ordem, e pensar na minha vida de agora em diante.

Recolho meus equipamentos e vou caminhar, uma coisa que aprendi nesse pouco tempo aqui é que não se pode andar desprevenido.

O céu estava limpo, apenas com o sol brilhando em seu centro, a temperatura estava ótima, uma leve brisa trazia o cheiro de morango dos campos, os campistas faziam suas atividades diárias, era mais um dia comum aqui.

Fui até o lago de canoagem, lá não era barulhento e não tinha muitas pessoas, na verdade não tinha ninguém, além de mim. Sentei a beira da barragem e olhei meu reflexo na água, e toda minha vida passou na minha cabeça, digo, as partes mais importantes dela, o meu primeiro dia de treinamento, meu aniversario de cinco anos com meus pais, minha primeira luta oficial, o dia que meu pais morreram e o dia que Noah me levou para ir comer no meu aniversário de quatorze anos. No final de todas essas lembranças senti saudades dos meus pais e de Noah, agora eu estava sozinho, mas tudo na vida das pessoas acontecem por algum motivo, todo mundo está sujeito a qualquer tipo de coisa, não podemos negar.

Escuto um barulho atrás de mim, e sinto como se alguém estivesse me vigiando, olho para trás e avisto um vulto.

-Theo, me ajude ! Theo, me ajude !

Meu corpo parou, não conseguia mover nem sequer um musculo, minha garganta secou na hora, meus lábios racharam em um segundo, e meu coração parou por um momento. Era algo diabólico e nada comum, nunca senti uma energia tão negativa como essa em toda minha vida.

-Theo, me ajude ! Theo, me ajude !

Voltei ao normal, e tentei me comunicar com o vulto, não sabia mais onde ele estava.

-Quem é você ? O que queres ?


Então consigo ver um movimento indo floresta adentro, não podia ficar parado, tinha que descobrir quem era, e o que procurava. Então começo a segui-lo dentro da floresta.

Não conseguia vê-lo, mas conseguia escutar seus passos, ele era rápido, muito mais rápido que eu, e o ambiente não ajuda muito, muitas plantas atrapalhando a passagem, algumas dificultavam a movimentação, já outras tapavam a visão completamente, mas consegui desviar delas.

Consegui enxerga-lo de costas, ele usava uma roupa completamente preta, uma bota, uma calça, e um casaco com capuz, não consegui ver seu rosto, mas estava me aproximando aos poucos, eu já estava começando a ficar cansado, e estava perdendo o ritmo gradativamente, mas não podia desistir, tinha que pensar em algo que o parasse ou atrasasse.

Lembrei que havia comprado um [Hermes Personalité - Forte], então abro-o e bebo, aumentando minha agilidade, consegui correr muito mais rápido que antes, mesmo assim demorei um tempo chegar perto do vulto e finalmente consegui alcança-lo. Cheguei ao lado dele e o empurrei com toda minha força, ambos caímos no chão, levantamos rapidamente e nos olhamos.

Era um homem, tinha basicamente a mesma altura que eu, mas não consegui ver seu rosto por um momento, até que ele tira o capuz me surpreendendo totalmente. Era eu, não consegui raciocinar por alguns segundos, como ele poderia ser eu ?! Impossível.

-Quem é você ? – Pergunto
-Eu ? Sou você, só que com uma diferença, sou mais forte – Responde com um sorriso irônico.
-Impossível – Refutei
-Sou tudo que você não conseguiu ser. Quer que eu prove ? Vamos lutar e descobrirá.

Tudo estava confuso, não fugirei dele de maneira alguma, se ele quer lutar, vamos ver quem é o melhor.

Ele saca uma espada que emanava uma espécie de áurea negra e sombria, e sorri para mim, assim como eu faço quando luto. Coloquei minha espada em punhos e parti para o ataque,  tentei um ataque diagonal tentando o desarmar, mas foi totalmente inútil, ele defendeu meu golpe com um simples movimento, e me empurrou para trás tentando me derrubar, mas apenas desequilibrei.

-Vamos lá, você consegue ser melhor que isso. – Debocha.

Ele era realmente um lutador nato, nunca defenderam meu primeiro ataque com tanta maestria, o vulto estava esperando meus movimentos, ele não atacava, apenas esperava.

-Ataque ! – Digo em voz alta.
-Estou esperando você me atacar, não quero que acabe rápido, pois meu primeiro golpe, também será o ultimo.


Não poderia ficar calado enquanto me insultava

-Vou cortar sua garganta com minha espada. –Digo debochando dele.

Parti para mais um golpe, dessa vez a espada estava na horizontal, já prevendo que o mesmo defenderia, e foi o que ele fez, depois baixei rapidamente e tentei uma rasteira para derruba-lo.  O jovem pulou e chutou na parte de baixo do meu queixo fazendo com que eu voasse metros de onde estava e caísse com as costas no chão.

-Isso está ficando ridículo – Ele diz retrucando.

Senti bastante dor, escorria sangue da minha boca, senti o gosto dele tocando minha língua, mas não limpei. Um plano surgiu em minha cabeça naquele momento, mas tinha que fazer com que ele me atacasse, então comecei a provoca-lo.

-Vamos lá, me ataque, não é forte o suficiente ?


Ele apenas riu e balançou a cabeça negativamente.

-Tem certeza ? – Perguntou debochando
-Tente – Respondo

E então ele aperta o cabo da espada e parte para cima, tentei defender de todas as formas, mas o mesmo acabou perfurando minha perna, a dor repercutiu todo o meu corpo, da ponta dos pés até a cabeça, mas permaneci de pé, logo depois o jovem golpeia meu rosto me derrubando no chão.

Depois ele recua lentamente sorrindo, fico de cabeça baixa, sentado no chão, lento minha cabeça e sorrio para ele, a feição dele muda em questão de segundos.

-Pensei que eu fosse o derrotado – Falo com um leve sorriso no rosto

E então ele explode, o garoto não percebeu que eu havia colocado uma esfera explosiva no seu casaco. Depois que toda fumaça desapareceu, nenhum corpo estava lá, nenhum sinal de que alguém estava ali além de mim, não sei se ele morreu, não tenho ideia do paradeiro dele.

Desmaiei...

Acordei três dias depois na enfermaria, houve relatos de que alguns demônios invadiram  o acampamento, a chamado de algum semideus que não identificaram. Me acharam na floresta e me trouxeram para a enfermaria, pedi para que chamassem Quíron, relatei tudo que havia acontecido.

Ele apenas olhou para frente e falou para si mesmo.

- Ele está novamente a solta...


Spoiler:

Ainda falta comprar a Esfera e o Hermes Personalité
Equipamentos:
- Elmo Comum
- Peitoral de Couro
- Espada Curta

#1

Re: | Missão One-Post IV | Theo Hughes

por Mercúrio em Qua 12 Jul 2017 - 12:37

Mercúrio

Mercúrio
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
Op Aceita

Xp: 800.
Dracma: 400.

ATT



Be fast, but not furious.
#2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum