Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!




ATUALIZAÇÕES DO FÓRUM




Absolutamente TUDO de novo que foi adicionado ao fórum DEVE ser postado neste tópico (localizado em "Noticias e Atualizações" do Mural Divino). Esse é um tópico de uso exclusivo da ADM para expor novas informações e servirá como um meio de comunicação onde os players poderão se manter atualizados sobre aquilo que vem acontecendo dentro do fórum.
Por isso peço encarecidamente que sempre estejam olhando este tópico e que o enviem aos novatos para se ater das mesmas coisas que vocês, avisem colegas e amigos sempre que virem algo novo acontecendo.
Se você, jogador, tiver algo para falar a respeito do que foi postado aqui, use nossa chatbox ou mesmo o tópico da central de atendimento: http://www.heroisdoolimpo.com/t46-central-de-atendimento-ao-campista

IMPORTANTE: Esse tópico é para ser atualizado sempre que algo mudar, não precisa ser preenchido somente por Ártemis e Hefesto. Se vc tem algo novo para postar, POSTE COMO COMENTÁRIO AQUI, seja uma mega missão, ou qualquer outra coisa.

Veja em: http://www.heroisdoolimpo.com/t2341-atualizacoes-do-forum-leiam-e-fiquem-por-dentro-do-que-esta-acontecendo

Novidades serão postadas como comentários ao longo do tópico!



Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Arenas » Arena MvP » 

Ir à página : 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 2]

Dionísio

avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
O indefinido estava ficando maluco com a bagunça que o chalé de Hermes estava. Recentemente os filhos de Hermes tiveram a brilhante idéia de transformar o chalé em uma Rave embebedar os outros semi-deuses e rouba-los. Aquilo lá estava uma loucura. O indefinido decidiu que precisava de um pouco de paz. E também precisava desconta sua raiva em alguma coisa. O garoto vai para a Arena e assim que entra. Percebe assim presença de um Goblin sentado no meio da Arena, entediado esfaqueando o chão com uma Adaga.

#1
Ver perfil do usuário
"Cansei desse chalé, não aguento mais ficar nesse inferno"

Os baderneiros filhos de Hermes, já estavam me incomodando bastante, dessa vez passaram dos limites, fizeram uma festa onde eles embebedavam os semideuses e depois os furtavam. Gosto de um pouco de paz e sossego, mas nunca tenho isso aqui, é basicamente impossível.

O estresse estava tomando conta de mim, então resolvi ir até a arena, afinal um pouco de adrenalina sempre animava meus ânimos. Peguei meus equipamentos e me dirigi ao campo de batalha.

Ao chegar estava como sempre, a arena estava padrão, e meu oponente era um Goblin, parece que ele não percebeu minha presença, eu havia estudado sobre alguns dos monstros, e não lembro muita coisa sobre esses pequenos demônios verdes, mas o que consegui lembrar vai me ajudar muito. Eles não são muito inteligentes, nem tampouco fortes mas são bastante velozes. Não queria dar o primeiro golpe, então penso em algo que poderia dar certo.

- Ei seu projeto de Orc, você é uma vergonha.

Tento insulta-lo para chamar sua atenção e fazer com que me ataque, como eles não tem muita inteligência, será mais fácil de persuadi-los. Quando ele avançar, o mesmo seguiria rapidamente em minha direção, pois a velocidade desses demônios é grande, mas isso seria uma vantagem. O Goblin avançava muito rápido, mas não conseguiria parar tão rápido assim. Quando ele estivesse perto, rolaria para o lado e tentaria desferir um golpe contra seu braço fazendo com que não pudesse usar a adaga. E se a criatura tentasse frear colocaria o pé na frente com o intuito que ele caísse no chão.

Dando certo ou não, estaria atento a desviar de golpes do monstro com saltos ou rolamentos...

Equipamentos:
- Elmo Comum
- Peitoral de Couro
- Espada Curta


#2

Dionísio

avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
A Criatura defeca e anda para os insultos do indefinido. E começa desenhar símbolos na Areia esperando a aproximação do Indefinido. O indefinido teria que tomar uma abordagem mais direta se quisesse matar o Goblin.

#3
Ver perfil do usuário
Meu plano não havia dado certo, o monstro não deu a mínima para meus insultos, terei que avançar, começo a caminhar em direção ao Goblin normalmente, quando estiver a uma distância consideravelmente boa do bicho, começo a correr velozmente, caso ele fique de pé, tentarei um ataque em diagonal tentando acertar o ombro em que ele utiliza a arma.

Caso ele tente defender meu golpe com a adaga, colocarei mais impacto no ataque, tenho mais força do que o Goblin, então meu golpe terá um atrito bem mais forte que o dele, fazendo com que consiga desarma-lo de um jeito eficaz.

Dando certo ou não, recuarei colocando minha espada na direção do olho do oponente. Estarei pronto para contra-atacar e defender com minha arma...



#4

Dionísio

avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
Os Olhos do Goblin se fixaram no smei-deus que caminhava em sua direção. A expressão de tédio do Goblin logo se transformou em um sorriso travesso. O Goblin se levanta  e começa a girar a Adaga. Quando o semi-deus corre em sua direção, o mesmo começa a gargalhar. Quando o semi-deus se lança o primeiro ataque o Goblin simplesmente desvia. E se afasta do semi-deus. Em quanto aponta para o mesmo rindo.

#5
Ver perfil do usuário
Aquele maldito esquivou do meu golpe, nunca gostei de pessoas travessas, a irmã de Noah tinha uma filha, ela quebrava minhas coisas e perdia tudo que era meu aquilo me dava nos nervos, e esse Goblin lembra muito ela.

Esse pequeno diabinho é rápido, então tenho que arrumar um meio de dificultar a movimentação dele, então tenho que atacar os membros inferiores do monstro, avanço cautelosamente em sua direção, tomando cuidado com sua adaga, e, no momento mais oportuno, tentaria desferir um corte na parte de trás do joelho ou em qualquer lugar do joelho para baixo, na expectativa de cortar seus ligamentos e comprometer, portanto, seus movimentos.

Se em algum momento por ventura avançar contra mim, usarei minha espada para defender o ataque e tentarei acertar um chute na cabeça do Goblin.

#6

Dionísio

avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
O Goblin continua rindo do semi-deus, e desviando de seus golpes. Obviamente o Goblin era muito mais rápido que o mesmo. E estava apenas se divertindo com o rapaz. Ao que tudo indicava, ele poderia atacar com o semi-deus quando bem intendesse

#7
Ver perfil do usuário
Não tinha muito mais coisa a se fazerem, todos os movimentos que tentei deram errado, eu tinha que acerta-lo de alguma forma, ou pelo menos prejudicar um pouco seus movimentos.

Seguro o cabo de minha espada e me preparo para mais um golpe, tentarei um golpe diagonal, o plano era que ele desviasse do golpe com um salto para trás, pois se ele desviasse para o lado ou pulasse eu conseguiria acerta-lo, em seguida como estarei com uma distancia consideravelmente boa começarei a chutar poeira em direção ao monstro, visando prejudicar a visão dele.

Caso não dê certo e ele tente me atacar, usarei a espada para me defender e depois contra-atacar...

#8

Dionísio

avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
O Goblin se esquiva de The com um movimento único, mas ao contrario do que o rapaz imaginava. Esse movimento foi para frente. Passando entre as pernas do rapaz. Deixando um leve corte em sua batata da perna.Continua correndo para longe do semi-deus gargalhando.

#9
Ver perfil do usuário
Aquele pequeno demônio havia acertado um golpe em minha perna, não podia simplesmente deixar que isso acontecesse, então parto para mais um plano, minha panturrilha ardia, mas nada demais. Começo a avançar em zigue-zague para deixar o monstro um pouco tonto e desnorteado, sem saber qual golpe irei realizar e em qual momento.

Chegando perto fingirei que irei ataca-lo na parte esquerda, mas impulsionarei meu pé pegando um pouco de apoio para pular para o lado direito do monstro, depois procuraria o local mais exposto, pois sempre haveria alguma região livre de ataques. Usarei minha espada em um golpe perfurante, de preferência nas do braço ou no ombro dele, impossibilitando de usar a adaga, assim que fincasse a espada, empurraria ela para cima, rasgando a carne e puxando ela pra mim ao mesmo tempo, para efetuar o corte.

Dando certo ou não, recuaria com a guarda alta pronto para esquivar com um salto ou um rolamento, e contra-atacar o Goblin com a espada.

#10

Conteúdo patrocinado


#11

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 2]

Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum