Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!




ATUALIZAÇÕES DO FÓRUM




Absolutamente TUDO de novo que foi adicionado ao fórum DEVE ser postado neste tópico (localizado em "Noticias e Atualizações" do Mural Divino). Esse é um tópico de uso exclusivo da ADM para expor novas informações e servirá como um meio de comunicação onde os players poderão se manter atualizados sobre aquilo que vem acontecendo dentro do fórum.
Por isso peço encarecidamente que sempre estejam olhando este tópico e que o enviem aos novatos para se ater das mesmas coisas que vocês, avisem colegas e amigos sempre que virem algo novo acontecendo.
Se você, jogador, tiver algo para falar a respeito do que foi postado aqui, use nossa chatbox ou mesmo o tópico da central de atendimento: http://www.heroisdoolimpo.com/t46-central-de-atendimento-ao-campista

IMPORTANTE: Esse tópico é para ser atualizado sempre que algo mudar, não precisa ser preenchido somente por Ártemis e Hefesto. Se vc tem algo novo para postar, POSTE COMO COMENTÁRIO AQUI, seja uma mega missão, ou qualquer outra coisa.

Veja em: http://www.heroisdoolimpo.com/t2341-atualizacoes-do-forum-leiam-e-fiquem-por-dentro-do-que-esta-acontecendo

Novidades serão postadas como comentários ao longo do tópico!



Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Estados Unidos da América » Estados Unidos da América » New York » 

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

Teste Escolta (Brynhildr) - Yves Kross Empty Teste Escolta (Brynhildr) - Yves Kross

por Ares em Seg 24 Jul 2017 - 17:09

Ares

Ares
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
Yves Kross


Yves estava no meio da Times Square. Ele não fazia ideia de como foi parar lá, porque até onde ele se lembrava, estava no Acampamento Meio-Sangue, cuidando das limpezas do chalé de Hades e simplesmente piscou e se viu no meio da rua da Times Square, com um carro parando exatamente um momento antes de acertá-lo.

O motorista freia e começa a xingar Yves, enquanto o garoto se move para a calçada. Algumas pessoas haviam notado o acontecimento, mas simplesmente ignoravam. Uma voz na cabeça do filho de Hades ecoa.

"Vá para o orfanato Saint Agnes."

E fica por isso mesmo.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Bryn


- Hahahahaha! - ri o Ciclope. - Você é patética, garotinha.

Bryn se vê no corpo de Stella. Sua visão estava meio turva, pois ela tinha batido com as costas na lixeira do beco. O ciclope se preparava para cravar sua lança no peito da garota, enquanto ria freneticamente.

Bryn não tinha nada para se defender, apenas uma faca pequena.

Nota 1: postem seus itens (exceto a Bryn)
Nota 2: bora rushar

#1
Ver perfil do usuário
O que eu ouvi primeiro foi o estrondo que parecia um dos trovões relampejantes de quando meu pai descia seu martelo contra o capacete de seus inimigos.

Eu caí contra o chão duro e gélido do beco, sentindo-me fraca. Tão fraca como jamais estive e a única coisa que conseguia pensar era em como tudo aquilo era tão injusto.

- Odin, filho de troll. - Exclamei para os céus, praguejando o Pai de Todos.

A cria de Nifelhein se aproximava com seu único olho, ousando rir de mim. JUSTO DE MIM, uma valkiria de Odin, filha de Thor. Tudo por culpa da maldita Stella e esse saco de carne e ossos limitados que ela chama de corpo.

Mas eu não ficaria naquela situação por tanto tempo e com toda certeza aquela ameba iria pagar por aquilo. Quando ele dessesse sua lança em direção ao meu corpo, eu rolaria para o lado, aproveitando para cortar a perna do Cíclope com minha adaga, tomando distância logo em seguida rolhando o suficiente para ter alguma distância entre nós.

Eu ainda era uma guerreira.

Se ele lançasse sua lança na minha direção eu simplesmente me esquivaria, evitando ser empalada por ele, meu semblante selvagem de guerreira exibindo um sorriso predatório. ELE NÃO VAI ESCAPAR SÓ COM UM ARRANHÃO.

#2

Yves Kross

Yves Kross
Filho(a) de Hades
Filho(a) de Hades
Ver perfil do usuário
O espaço parecia brincar comigo. O acampamento meio-sangue era o último lugar que me recordava estar antes da mudança acontecer. Estava limpando alguma bagunça para a inspeção rotineira, seguindo ordens do nosso conselheiro para obtermos uma boa pontuação desta vez, e então Bum. Não, eu não queria estar ali e sequer sabia para quê fui trazido. Talvez tivesse batido a cabeça e perdido parcialmente a minha memória, ou no momento não importava que eu questionasse isso, duvidava que os deuses chamariam alguém inexperiente como eu tendo semideuses mais fortes, mas se assim fosse eu deveria aceitar. A confusão me fazia resmungar e me perguntar o que estava acontecendo. Respirei fundo e examinei o lugar, buscando não chamar tanta atenção e parecendo soar que tudo era natural. Era a cidade, o mundo mortal nu e cru. Havia saído do acampamento e estava fora das fronteiras mágicas, sucessível a ataques de monstros como nunca. O medo era felizmente inevitável, deveria utilizá-lo para não fazer besteira. Eu não era tão bom quanto Daniel e também não tinha uma fénix como Blaze, tudo que me restava era arranjar um rumo e tentar não morrer, talvez voltar ao acampamento. Antes que pudesse me mover para tal a voz invadiu minha cabeça, dando-me uma tarefa. Ir até um orfanato? Comecei a questionar se aquilo seria um sonho causado por algum filho de Hypnos muito sem graça e eu só estava sendo feito de trouxa. Segurei o cabo de minha adaga, percebendo que estava preparado para qualquer coisa como se fosse visitar o coliseu em mais um treinamento duro. Meu escudo descansava em meu braço enquanto minha mochila demonstrava um certo peso em minhas costas, provavelmente carregando alguns suprimentos. O que aconteceria ali eu não fazia ideia, mas de algo eu tinha certeza: Eu deveria estar pronto para combate. Lembrei-me de explicações a mim dadas no acampamento: Eu era filho de Hades, o deus do submundo. Naturalmente o meu cheiro chamaria mais monstros para perto de mim, então, se queria chegar ao orfanato, teria que me apressar. Estava no Time Square, isso pude reconhecer, mas não fazia ideia de onde encontraria este orfanato, então deveria pedir informação. Perguntaria não só as pessoas na rua, como também qualquer vendedor ou pessoa que tenha semblante no mínimo agradável. Os vendedores estavam ali para servir as pessoas, então teriam maiores chances de me dar resposta. "Com licença, poderia me dizer onde eu encontro o orfanato Saint Agnes?" Se necessário buscaria algum estabelecimento que pudesse me servir para conseguir me informar, evitando entrar em qualquer um por hora, sempre atento a pessoas suspeitas. Duvidava que monstros aparecessem descaradamente chamando atenção, então se fossem vir seriam de maneira disfarçada. Evitaria também ser furtado, afinal os ladrões viviam entre a sociedade, tão habilidosos quanto os filhos de Hermes. Sempre tapeando os bolsos ou examinando as pessoas que passavam, evitando perder qualquer coisa.

Itens:

Equipamento:

- Elmo Comum
- Peitoral de Couro
- Escudo Médio
- Adaga [Ferro estígio][7/50] (Bainha)
- Diamante de Almas [3x] (Bolso)
__________________
Acessórios:
Pingente de Plutão***
- Sementes de Romã Dourada* (
__________________
Mochila Comum:

- Esfera Explosiva [Média]
- Poção de Cura [Heroico][x2]
- Poção de Energia [Mitico]
- Poção de Cura [Mitico][1x]
__________________

***Pingente de Plutão: Concede 10% a mais de dracmas para seus usuários.

* Um saquinho contendo 3 sementes de uma romã dourada, nascida nos jardins do Hades. Uma vez ingerida por seu usuário, o manterá vivo, independentemente da situação em que se encontre, durante 2 rodadas. Seu HP não ficará abaixo de 1. Em contrapartida, ao fim do efeito o usuário não conseguirá recuperar sua Vida ou Energia por 5 rodadas, não importa como.


Passivas:

Nível 1 – Herança do Rei: Como todo bom filho de Hades, o sangue do rei do submundo corre em suas veias, garantindo-lhe características bem peculiares. Os filhos de Hades possuem uma aparência quase doentia, com pele pálida e um olhar geralmente morto. São capazes de enxergar no escuro tão bem quanto se fosse dia, e conseguem sentir a presença de espíritos nos arredores, bem como interagir com eles. 

Nível 2 – Príncipe dos Mortos: Todo e qualquer tipo de espírito ou fantasma será capaz de reconhecer o Príncipe do Submundo e o respeita como tal. Isso, porém, não garante obediência alguma.

Nível 3 - Perícia do Styx [Inicial]: Confere o nível [Inicial] para a perícia com armas feitas inteiramente de ferro estígio. Não permite que o herói treine suas outras perícias. (+5 correspondente à arma utilizada)

Nível 4 – Regeneração sombria [Inicial]: Quando estiver em um ambiente completamente desprovido de Luz, o filho de Hades terá suas forças renovadas, regenerando 10 pontos de Vida e Energia. Em ambientes escuros, porém não completamente (à noite, apenas sob a luz de uma tocha, etc), recuperará apenas 5.

Nível 5 – Passo Oculto [Inicial]: O corpo dos filhos de Hades agora fundem-se às sombras, tornando-os parte delas e permitindo que se camuflem, passando despercebido pela maior parte das pessoas. 

Nível 5 – Servos da Morte: Os corvos são reconhecidos como um símbolo animal de Hades, e reconhecem os filhos deste deus como seus senhores. Esses animais ajudarão o filho de Hades sempre que possível.



Teste Escolta (Brynhildr) - Yves Kross Tumblr_nmv3t6CtlD1sg1xtyo1_500

Ω " Behind the smile, a black hole may hide itself . Sometimes, I believe that shadows are the only things that show who they are for real." Ω

✩ Son of Hades
#3

Teste Escolta (Brynhildr) - Yves Kross Empty Re: Teste Escolta (Brynhildr) - Yves Kross

por Ares em Qui 27 Jul 2017 - 11:10

Ares

Ares
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
Yves se vira para um vendedor e pergunta sobre o orfanato. O homem olha com uma cara estranha para ele, mas indica o caminho. O filho de Hades poderia jurar que ouviu o vendedor comentando algo como "aquele lugar mal-assombrado?" para um cliente.

Não era tão longe a pé e quando Yves chega perto da rua ele ouve sons de luta em um beco próximo.

Quando ele se move até o local, observa uma garota lutando contra um ciclope. A garota se esquiva da lança do monstro que fica cravada no chão e tenta um golpe com uma faca na perna do monstro. Ela aparentava estar meio grogue e erra o golpe. Yves logo percebe que a lata de lixo atrás da garota estava bem amassada, indicando que ela havia sido jogada ali.

A garota ainda precisava de ajuda. Ela parecia ter muita vontade de estripar aquele ciclope, mas não parecia ser forte o suficiente para isso ainda, além de estar um tanto quanto desnorteada pelo golpe anterior.

No momento, o ciclope está retirando a lança do chão e prepara mais um ataque contra Bryn.

#4

Yves Kross

Yves Kross
Filho(a) de Hades
Filho(a) de Hades
Ver perfil do usuário
Um vendedor havia me ajudado. É, ao menos não estaria mais perdido ainda. Ele parecia me estranhar, o que era justo, afinal eu era um desconhecido e como filho de Hades minha presença poderia incomodar muita gente, ainda assim arranjara uma direção a se seguir. Me perguntava de quem era aquela voz em minha mente. Seria um deus? Meu próprio subconsciente? Havia escutado o vendedor comentar algo sobre lugar mal-assombrado. Ótimo, era só o que faltava para completar o meu total despreparo psicológico. Melinoe era filha da minha "madrasta" Perséfone, contudo eu não sabia se a deusa dos fantasmas me daria apoio, principalmente se eu não tinha qualquer convicção do que viera fazer ali, além de que podia ser só um mito entre mortais. Tudo que podia agora era orar a Hades para que me guiasse em direção ao lugar certo, meu pai estaria do meu lado. Acreditei estar perto quando comecei a ouvir alguns sons de batalha, de repente minha cabeça pareceu explodir com possibilidades, estava eu ali para evitar um confronto? Talvez ajudar um dos lados. Pus-me a correr, tentando chegar a tempo quando vi uma garota lutando contra um ciclope. O gigante de olho só parecia querer agarrar sua lança. Não sabia quem ela era, mas tinha uma certa lógica em prestar-lhe apoio. Aquele monstro aparentemente seria nosso inimigo em comum, provavelmente ele não pensaria duas vezes ao finalizá-la em vir me atacar, além de que ela aparentava não ser forte o suficiente para dar conta do gigante de um olho só. Ele estava voltado para a semideusa, restava a mim agir. Utilizaria as sombras da criatura para prendê-lo ao chão ( |Grilhões de Sombras| ), dando-me a chance de me aproximar. Caso estivesse de costas para ele, aproveitaria a chance para acertar a parte traseira de seu joelho em um corte horizontal da esquerda para direita, tentando ser o mais profundo possível, afastando-me enquanto usava meu escudo para defender qualquer ataque seu, visto que ele estava com a lança, ele tinha a vantagem de alcance.

Caso eu esteja me adiantando estando a frente dele, iria para a lateral oposta a semideusa, visando me aproximar dele o máximo possível afinal minha adaga era uma lâmina curta. Era notável que ele poderia tentar me afastar, então utilizaria meu escudo para desviar seu ataque, dobrando meus joelhos e utilizando isto para pegar impulso em um salto diagonal enquanto jogava seu ataque para distante de mim, esperando assim arranjar uma brecha para atacá-lo, visando seu braço monstruoso esticado para a possível estocada, tentando acertar seu antebraço em um corte horizontal da esquerda para a direita, tentando diminuir as chances de erro do ataque projetando a ofensiva até sua mão, não hesitando em recuar em seguida. Atento estaria para o caso dele utilizar seu corpo, sempre abusando de meu escudo para reduzir os danos, jogando seus golpes para as laterais enquanto me movimentava na direção oposta, vendo que ele era um ser de maior porte/força, contra-atacando com minha arma de ferro estígio, isso independente de onde eu estaria em relação a criatura, recuando ao fim de minhas ações e mantendo postura defensiva, visto que ele não teria como se movimentar ou aplicar golpes com toda sua força, afinal teria seus membros inferiores presos. Na oportunidade me comunicaria com a garota.

- Estou aqui para ajudar, vamos juntos, você não tem tempo para perguntas! -  


Nível 4 – Grilhões de Sombras: O flho de Hades manipula as sombras do ambiente com seu controle sombrio, permitindo que envolva, por duas rodadas, as pernas dos inimigos em sombras com aspecto de raízes, segurando-o ali. Consome 30 pontos de Energia, dura uma rodada, e consome mais 10 por rodada adicional.

Nível 3 - Perícia do Styx [Inicial]: Confere o nível [Inicial] para a perícia com armas feitas inteiramente de ferro estígio. Não permite que o herói treine suas outras perícias. (+5 correspondente à arma utilizada)


Itens:

Equipamento:

- Elmo Comum
- Peitoral de Couro
- Escudo Médio
- Adaga [Ferro estígio][7/50] (Bainha)
- Diamante de Almas [3x] (Bolso)
__________________
Acessórios:
Pingente de Plutão***
- Sementes de Romã Dourada* (
__________________
Mochila Comum:

- Esfera Explosiva [Média]
- Poção de Cura [Heroico][x2]
- Poção de Energia [Mitico]
- Poção de Cura [Mitico][1x]
__________________

***Pingente de Plutão: Concede 10% a mais de dracmas para seus usuários.

* Um saquinho contendo 3 sementes de uma romã dourada, nascida nos jardins do Hades. Uma vez ingerida por seu usuário, o manterá vivo, independentemente da situação em que se encontre, durante 2 rodadas. Seu HP não ficará abaixo de 1. Em contrapartida, ao fim do efeito o usuário não conseguirá recuperar sua Vida ou Energia por 5 rodadas, não importa como.


Passivas:

Nível 1 – Herança do Rei: Como todo bom filho de Hades, o sangue do rei do submundo corre em suas veias, garantindo-lhe características bem peculiares. Os filhos de Hades possuem uma aparência quase doentia, com pele pálida e um olhar geralmente morto. São capazes de enxergar no escuro tão bem quanto se fosse dia, e conseguem sentir a presença de espíritos nos arredores, bem como interagir com eles. 

Nível 2 – Príncipe dos Mortos: Todo e qualquer tipo de espírito ou fantasma será capaz de reconhecer o Príncipe do Submundo e o respeita como tal. Isso, porém, não garante obediência alguma.

Nível 3 - Perícia do Styx [Inicial]: Confere o nível [Inicial] para a perícia com armas feitas inteiramente de ferro estígio. Não permite que o herói treine suas outras perícias. (+5 correspondente à arma utilizada)

Nível 4 – Regeneração sombria [Inicial]: Quando estiver em um ambiente completamente desprovido de Luz, o filho de Hades terá suas forças renovadas, regenerando 10 pontos de Vida e Energia. Em ambientes escuros, porém não completamente (à noite, apenas sob a luz de uma tocha, etc), recuperará apenas 5.

Nível 5 – Passo Oculto [Inicial]: O corpo dos filhos de Hades agora fundem-se às sombras, tornando-os parte delas e permitindo que se camuflem, passando despercebido pela maior parte das pessoas. 

Nível 5 – Servos da Morte: Os corvos são reconhecidos como um símbolo animal de Hades, e reconhecem os filhos deste deus como seus senhores. Esses animais ajudarão o filho de Hades sempre que possível.



Teste Escolta (Brynhildr) - Yves Kross Tumblr_nmv3t6CtlD1sg1xtyo1_500

Ω " Behind the smile, a black hole may hide itself . Sometimes, I believe that shadows are the only things that show who they are for real." Ω

✩ Son of Hades
#5
Ver perfil do usuário
Eu não tinha como adivinhar de onde o maldito elfo negro tinha saído, mas quando elé apareceu eu JÁ TINHA TUDO SOBRE CONTROLE E NÃO PRECISAVA DA AJUDA DELE.

Caso o movimento fosse o que ele fizera se estivesse atrás do monstro, eu aproveitaria o segundo em que ele cortasse a perna do monstro para avançar e tentar chutar a lança do Cíclope para longe dele, afundando a faca no pescoço da criatura em seguida.

Caso elê estivesse de frente pro monstro, simplesmente aproveitaria o momento em que ele tivesse chamado atenção do monstro para me mover o mais sorrateiramente possível para as costas do tal e deferir um golpe em seu braço, rolando em seguida para longe dele.

- É quem pediu a ajuda de um frangote medroso, Cria de Nifelhein? - Gritaria para o semideus. - Tá me achando com cara de princesa da Disney? ???? - Não sabia de onde exatamente tinha vindo aquela referência, mas segundo o corpo de Stella era algo bem apropriado para a ocasião.

#6

Teste Escolta (Brynhildr) - Yves Kross Empty Re: Teste Escolta (Brynhildr) - Yves Kross

por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado


#7

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum