Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!




ATUALIZAÇÕES DO FÓRUM




Absolutamente TUDO de novo que foi adicionado ao fórum DEVE ser postado neste tópico (localizado em "Noticias e Atualizações" do Mural Divino). Esse é um tópico de uso exclusivo da ADM para expor novas informações e servirá como um meio de comunicação onde os players poderão se manter atualizados sobre aquilo que vem acontecendo dentro do fórum.
Por isso peço encarecidamente que sempre estejam olhando este tópico e que o enviem aos novatos para se ater das mesmas coisas que vocês, avisem colegas e amigos sempre que virem algo novo acontecendo.
Se você, jogador, tiver algo para falar a respeito do que foi postado aqui, use nossa chatbox ou mesmo o tópico da central de atendimento: http://www.heroisdoolimpo.com/t46-central-de-atendimento-ao-campista

IMPORTANTE: Esse tópico é para ser atualizado sempre que algo mudar, não precisa ser preenchido somente por Ártemis e Hefesto. Se vc tem algo novo para postar, POSTE COMO COMENTÁRIO AQUI, seja uma mega missão, ou qualquer outra coisa.

Veja em: http://www.heroisdoolimpo.com/t2341-atualizacoes-do-forum-leiam-e-fiquem-por-dentro-do-que-esta-acontecendo

Novidades serão postadas como comentários ao longo do tópico!



Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Acampamentos » Acampamento Meio-Sangue » Outros Locais » Floresta » 

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

Scarlet Mason

avatar
Filho(a) de Quione
Filho(a) de Quione
Ver perfil do usuário
Nome da narração: Ginza.
Objetivo da narração: Aprimoramento pessoal haha.
Quantidade de desafios: 1.
Quantidade de monstros: 1.
Espécie dos monstros: esqueleto.

__________________________________________________________________________

Acércate a mi pantalón, dale.
Não sei o que me deu para levantar do conforto da minha cama e andar sem rumo pela Floresta do Acampamento Meio-Sangue. Talvez fosse uma espécie de sonambulismo em vigília- talvez fosse um inerente desejo de morte que meu superego falhava em bloquear.
Qualquer que fosse a razão, o fato era que ali estava eu, de pé, com minha wasaki embainhada, elmo na cabeça e peitoral vestido, na entrada do bosque sempre nos fora alertado para tomar cuidado- havia ali criaturas selvagens que pouco hesitariam em nos atacar. Eu me perguntava por que motivo ainda havia uma comunicação tão direta entre nós e aquele lugar, e o que ainda teria de acontecer até que alguém tomasse alguma providência.
Pensamentos tão preocupados não me impediram de dar um primeiro passo floresta a dentro, e pouco tempo depois já estava imersa em uma vegetação muito densa de árvores pouco espaçadas e raízes altas. Olhando para cima era difícil ver o céu estrelado entre as copas das árvores, que mantinham uma atmosfera úmida e até abafada ali embaixo. Era uma noite quente em Nova York, e eu ainda não me acostumara com isso.
Um farfalhar de folhas me chamou a atenção. Só poderiam ter vindo de cima, uma vez que não haviam arbustos por perto. Por instinto saquei a Wasaki e procurei pela fonte daquele som. Tudo ficara silencioso novamente, mas a eletricidade que percorria o meu corpo não deixava dúvidas- eu não estava sozinha.
De fato não estava. Um peso nos meus ombros me levou ao chão, e a próxima coisa que senti foi o gosto amargo da terra invadir a minha boca. O que quer que tivesse me atingido ainda estava sobre mim. Movia-se em um estranho ranger poroso e desgastado, apertando minhas costelas contra o chão. Virei-me de lado com alguma dificuldade e pude lançar aquela coisa para o lado, e levantando-me para averiguar o que era, deparei-me com um esqueleto amarelado brandando uma espada enferrujada que provavelmente acabara de desembainhar da bainha que pendia frouxa da sua pelve.
- Mas que caral...
Uma risada esganiçada interrompeu minha fala.
Esqueletos não têm cordas vocais, pensei comigo mesma.
Mesmo assim, aquela mandíbula quase solta pendulava freneticamente, e num embalo aquela criatura vinha até mim mais rapidamente do que eu imaginava que seria possível. Balançava a espada por cima da cabeça como é de se esperar de um esqueleto clichê, e desferiu um golpe vertical previsível, facilmente desviado pela Wasaki e uma esquiva lateral, mas a força do golpe fora surpreendente.
Vamos a pegarnos como animales.
Por um momento ele parou, quase parecendo surpreso pelo seu super ataque mestre-espadachim não ter me matado no ato. No entanto, não se permitiu pensar muito no assunto (esqueletos pensam?) e mais uma vez partiu para cima de moi.
Muévete a mi ritmo.
Pela proximidade, me livrar daquele esqueleto não fora tão fácil dessa vez. Espada contra espada, seguimos por alguns segundos em um clanquear de  Wasaki contra espada enferrujada; movimentos rítimicos, mas cada vez mais pesados. Meus braços começavam a fatigar.
Em uma brecha, desferi um golpe horizontal em suas costelas, e vi grande parte do tronco do esqueleto se desmantelar. Para a minha surpresa, no entanto, as 4 costelas restantes que ainda sustentavam tudo que estava acima delas caíram com tunc em cima dos ílios dele, formando um esqueleto-anão-disforme. Ele olhou para si, confuso, retornou o olhar para mim e voltou a correr.
QUE? Foi tudo que consegui pensar antes dar de costas com uma árvore ao cambalear de costas em uma tentativa de afastar-me daquele cotoco de cálcio. Contra a sua investida apenas pude me abaixar e esperar que ele acertasse a árvore, e não a mim.
Minhas preces foram ouvidas parcialmente. O sulco que o esqueleto abriu na árvore com sua espada apenas o ocupou por tempo suficiente para que eu me levantasse o mais rapidamente e me pusesse atrás dele. Antes que o atingisse com a Wasaki em um hit-kill perfeito, ele retirou sua espada e girou-a em um arco.
Si te dan ganas de bailar, pues dale.
Dois gritos invadiram a noite. O primeiro, meu, gutural e rouco, se dera pela espada enferrujada que agora se fincava no ombro, fazendo um fio grosso de sangue escorrer e pingar no chão de terra (-10HP).
O segundo grito fora do esqueleto, mais esganiçado e arranhado. Minha wasaki descera-o na diagonal, desfazendo seu corpo de ossos. A cabeça rolara para o lado, inutilizada.
Em um último esforço, esmaguei seu crânio com o pé, e cambaleei de volta para o Acampamento, para a Enfermaria.
Ella es señora, no es señorita.



Vida: 94/104
Energia: 106/106

Itens:
Spoiler:

Elmo Comum
Peitoral de couro
Wasaki

#1

Re: Missão One-Post Livre- Scarlet Mason

por Hera em Ter 25 Jul 2017 - 23:33

Hera

avatar
Deusa Olimpiana
Deusa Olimpiana
Ver perfil do usuário
Aprovada
Exp Recebida: 300
Dracmas Recebidos: 150

Observações: Escreve muito bem, embora pouco. Não vejo problema em utilizar gírias da internet como "hitkill" no texto, mas em minha humilde opinião atrapalha na interpretação. Porém, gostei muito. 



You keep me under your spell...
#2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum