Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!




ATUALIZAÇÕES DO FÓRUM




Absolutamente TUDO de novo que foi adicionado ao fórum DEVE ser postado neste tópico (localizado em "Noticias e Atualizações" do Mural Divino). Esse é um tópico de uso exclusivo da ADM para expor novas informações e servirá como um meio de comunicação onde os players poderão se manter atualizados sobre aquilo que vem acontecendo dentro do fórum.
Por isso peço encarecidamente que sempre estejam olhando este tópico e que o enviem aos novatos para se ater das mesmas coisas que vocês, avisem colegas e amigos sempre que virem algo novo acontecendo.
Se você, jogador, tiver algo para falar a respeito do que foi postado aqui, use nossa chatbox ou mesmo o tópico da central de atendimento: http://www.heroisdoolimpo.com/t46-central-de-atendimento-ao-campista

IMPORTANTE: Esse tópico é para ser atualizado sempre que algo mudar, não precisa ser preenchido somente por Ártemis e Hefesto. Se vc tem algo novo para postar, POSTE COMO COMENTÁRIO AQUI, seja uma mega missão, ou qualquer outra coisa.

Veja em: http://www.heroisdoolimpo.com/t2341-atualizacoes-do-forum-leiam-e-fiquem-por-dentro-do-que-esta-acontecendo

Novidades serão postadas como comentários ao longo do tópico!



Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Off Topics » Arena de Treinos » 

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

Scarlet Mason

Scarlet Mason
Filho(a) de Quione
Filho(a) de Quione
Ver perfil do usuário
Lets get down to business.
O sol se punha no horizonte por trás da Colina Meio-Sangue. Fazia um frio de inverno amenizado pelas barreiras mágicas do Acampamento, e uma brisa suave agitava as folhas de árvores que rodeavam o local. Os últimos campistas deixavam suas atividades para encontrar conforto em banhos quentes e suas camas forradas nos chalés, mas Alister Paden, um recém chegado ainda indeterminado, juntava seus pertences e dirigia-se à Arena de batalha para testar a sua sorte.
O local estava deserto, com apenas uma pilha de equipamentos amontoados no canto diametralmente oposto ao campista. Um monte de pedras, sem motivo aparente, recostava-se na parede da Arena.
Silêncio.

#1
Ver perfil do usuário
First steps
- Como assim uma pessoa tem de COMPRAR um lobo? Se Filtiarn estivesse por aqui certeza que tudo seria muito mais simples.....
Resmungava enquanto caminhava sem rumo olhando para o chão. Tudo ali era muito novo, principalmente pelo fato de ter muitas pessoas. Barulhentas e complicadas, muitas delas.
Sem perceber acabo por encontrar uma construção intrigante, como se fosse feita para batalhas, e se tinha uma coisa que entendia, era de batalhas.
- Ora ora....vejamos se há algo de interessante. - sinto meu peito pulsar forte com a chance de uma aventura se aproximando, acabo por soltar um sorriso pelo canto do rosto.
Enter the sandman
A primeira coisa que percebo é o silêncio. Como se estivesse parado em outro mundo, aquilo que parecia uma arena emanava uma aura desafiadora, provavelmente pelo fato de estar deserta e ter equipamentos como um convite para uma dança mortal. Noto um montante de pedras em determinado canto, pergunto-me o porquê delas estarem justo ali, pode ser que os 13 anos vivendo em bosques causem esse efeito, você nunca sabe de onde vem o próximo ataque.
- Bah, só por precaução...- saco a espada curta que me foi entregue ao chegar no acampamento e começo a andar em direção aos equipamentos - talvez haja alguma coisa ali para me ajudar em momentos posteriores.

Equipamentos:
- Elmo Comum
- Peitoral de Couro
- Espada Curta

#2

Scarlet Mason

Scarlet Mason
Filho(a) de Quione
Filho(a) de Quione
Ver perfil do usuário
Did they send me daughters when i asked for sons?
Com espada em mãos, Alister caminhou pé ante pé até a pilha de equipamentos. Chegando lá, no entanto porque não descreveu o que faria, ficou diante dela, encarando-a.
Um estrondo contínuo penetrou seus ouvidos, e num susto estático observou grande parte da pilha fundir-se em uma espécie de Alphonse cavaleiro oco de armadura completa, brandindo uma espada velha e um escudo de madeira parcialmente comido por cupins. Era pelo menos duas cabeças mais alto que Alister, e parecia mais forte também. Dos equipamentos que sobraram da sua transmutação, apenas um escudo velho e uma espada jaziam atrás do cavaleiro.
Em um movimento rápido de escudo, empurrou o campista para longe, fazendo sujar suas roupas. O impacto fora parcialmente amortecido pelo peitoral, mas a velocidade do ataque havia sido impressionante.


Alister:
HP: 100/100

MP: 100/100.

Al:

HP: 100/100.


Oponente:
Spoiler:

http://data.whicdn.com/images/292260222/large.png



Última edição por Scarlet Mason em Qui 27 Jul 2017 - 17:09, editado 2 vez(es)

#3
Ver perfil do usuário
First Act
- Mas se não temos um novo parceiro de dança! - bato a poeira da roupa como uma forma de me concentrar no novo alvo, para alguém que acabou de nascer de uma pilha de equipamentos esse parceiro dançava muito bem.
A primeira coisa a se fazer é analisar o que ele pode fazer e o quão rápido. As pedras podem virar a vantagem que preciso para danificar essa armadura, por isso ergo a minha espada até a altura do peito e começo a andar lentamente em direção ao montante sempre o mantendo a minha frente e linha de visão. A armadura permanece parada, como se estivesse a fazer o mesmo comigo, rodando a medida que me movimento pela arena. Ela teria algo como uma consciência ou é apenas um resquício de uma magia de proteção do local?
Chego ao local das pedras e pego uma do tamanho da minha mão e arremesso em direção a armadura.
- Ó O GÁS! PRESENTE DE NATAL ADIANTADO!

#4

Scarlet Mason

Scarlet Mason
Filho(a) de Quione
Filho(a) de Quione
Ver perfil do usuário
You´re the saddest bunch i ever met.
Não sabendo quem quem dá as ações do oponente é o NARRADOR, Alister leva o seu primeiro dano real.
Por apenas rodear o Cavaleiro e não se previnir de qualquer tipo de ataque, Alister se vê sem ação quando Al se adianta para cima dele e desfere um golpe em arco em seu braço da espada, ferindo-o gravemente [-20 HP]. Seguiu-se então com um chute na barriga do campista, mais uma vez o atirando longe e roubando-lhe o ar dos pulmões.
O Cavaleiro mais uma vez se aproximava do garoto, 20 segundos para o confronto.

Alister:
HP: 80/100.
MP: 100/100.

Al:
MP: 100/100.

#5
Ver perfil do usuário
Time to get serious
Dor. Mais uma vez volto a me encontrar com você, velha amiga. Em meio a este silêncio,meu braço direito encosta no chão, ensaguentado. "Pelo visto não conseguirei mais usar a espada da melhor forma" penso comigo mesmo enquanto tento recuperar o mínimo de fôlego o suficiente para me levantar. 5 segundos se passaram até conseguir voltar a me apoiar nos meus joelhos. Recolho a espada no chão, seguro-a com a mão esquerda e a ponta virada para trás, já é muito pesada para o lado direito.
A armadura é mais alta que eu, logo posso me aproveitar disso se puder me locomover no plano médio e baixo no momento certo. A dor latejante faz com que cada respiração seja compassada e percebo que preciso me arriscar ainda mais na próxima aposta se quiser ter uma chance de vencer, mais que isso, preciso dos equipamentos que ficaram para trás após a transmutação.
Com uma rota traçada até eles na minha mente,espero mais 8 segundos recuperando o máximo de fôlego para o que estar por vir e parto para cima da armadura em linha reta pela primeira vez desde o inicio da luta. Isso vai ser semelhante a lutar contra um urso em pé. Sem poder errar o momento e o lado para onde se jogar, reparo no movimento dos ombros da armadura, se o lado do escudo mexer, pulo para este mesmo lado, melhor mais um empurrão com este escudo comido caso não pule no tempo certo do que sofrer outro golpe de espada.
Se o lado da espada mexer levemente para cima o golpe vem potencialmente na vertical, agacho-me para ganhar impulso e um tempo a mais até que espada chegue perto e desfiro um golpe abaixo do que seriam as costelas com a espada curta enquanto me locomovo para frente depois de soltar o impulso gerado anteriormente.
Se o movimento for levemente para a direita, o golpe poderá ser na diagonal ou em arco, para ambos a resposta ainda está em usar bem o plano baixo, abro as pernas e levo o braço esquerdo acima da cabeça, afim de fazer com que o angulo do corte deslize sobre a espada apoiada no meu braço.
Por fim, o último movimento restante seria a locomoção para trás, um ataque perfurante. Este me alcançaria mais fácil até no plano baixo, mas semelhante ao vindo na vertical, creio que este consigo 'escorregar' por minha espada curta com um passo a esquerda.

#6

Scarlet Mason

Scarlet Mason
Filho(a) de Quione
Filho(a) de Quione
Ver perfil do usuário
You can bet before we're through. Mister, I´ll make a man out of you!
Em um rompante de coragem- ou de loucura-, Alister parte para cima do Cavaleiro com toda a força que lhe restava. Empunhava a espada com a mão esquerda, um pouco mais desajeitado do que seria bom para a sua segurança. Vinha levemente abaixado em resposta à postura de seu oponente, acreditando que aquilo lhe daria alguma vantagem.
Ao ver a Armadura montar um golpe diagonal, abaixou-se ainda mais, brandindo a espada para aparar o golpe. No entanto, como não estava na sua mão mestra, o movimento perdeu muito de sua destreza, e serviu apenas para que o golpe de Alphonse não o atingisse em cheio. Ao aparar a velocidade da espada inimiga, perdeu a sua própria, deixando-a para trás em sua corrida. Sentiu a lâmina gélida riscar seu ombro [-5 HP], mas chegou em mais ferimentos ao outro lado.
A armadura apenas virou-se para Alister e correu em direção a ele, agora mais rápido do que antes.
Dez segundos para o impacto.


Alister:
HP: 75/100.
MP: 100/100.

Alphonse:
HP: 100/100.

#7
Ver perfil do usuário
Come...
"Passei!" foi o primeiro suspiro a vir a mente. Sem muito tempo para comemorar ou sequer olhar para trás, continuo a correr, cada fibra do tecido muscular de minhas pernas trabalhando para um único objetivo: chegar na espada e escudo antes que a armadura me alcance.

Chego aos equipamentos e os visualizo enquanto me agacho para pegá-los. O escudo como prioridade, este vai para o braço direito, mesmo debilitado considero distribuir seu peso por toda a extensão do antebraço, quaisquer golpes que tentar defender com certeza irão piorar a dor do corte, entretanto, planejo o utilizar apenas como um material por onde a lâmina da armadura possa deslizar por cima e não propriamente a aparar, diminuindo assim o tempo de contato e intensidade do impacto.
A espada para a mão esquerda mais uma vez, acabara de perder a anterior na corrida pelos equipamentos, tinha de me certificar que tal situação não ocorresse novamente se ainda desejasse vencer. Equipado, volto a me posicionar devidamente para a batalha. Surpresa. A armadura já estava a uma distância de ataque, não havia tempo de sequer dar um passo em outra direção sem arriscar abrir a guarda para mais um ataque. Tinha de assegurar o meu terreno no golpe a seguir e contra-atacar. Neste exato momento, uma voz familiar ecoa na mente, como a gota do orvalho que cai sobre uma poça d'água.

Oponha força com fraqueza e fraqueza com força.

"As juntas!". Por mais que a espada não possa causar danos significativos em uma estrutura daquele porte, um cavaleiro ainda precisa ter as juntas não-revestidas para que possa se movimentar, e dado a velocidade com que se movia, estas áreas deviam ser proporcionalmente desprotegidas.

Ele é pedra, forte.

Frente-a-frente a um cavaleiro quase que bufante (apesar disso não ser anatomicamente possível), posso sentir a brisa fria de inverno que me saudou ao chegar no acampamento envolver o meu corpo enquanto seguro espada e escudo posicionados. Havia deduzido parcialmente o padrão de possíveis golpes e aquilo de certa forma me trazia confiança.

Seja a água, fraca, mas fluída.

Seguro fortemente a espada. Confiar em um contra-ataque é confiar em si mesmo. Filtiarn sempre estivera ao meu lado nesses momentos, mas conhecia muito bem essa sensação.

Com o padrão de quatro possíveis golpes em mente, flexiono levemente os joelhos, tanto para reduzir o alvo dele, quanto para me preparar para o movimento a seguir. A decisão vai estar no momento de começar a abaixar o escudo para o lado esquerdo do meu corpo enquanto este estiver em contato com a espada da armadura, de forma a conseguir diminuir o impacto, enquanto aproveito o momentum para girar o meu corpo, realizando um movimento de lua crescente com a perna esquerda até que esteja em posição de aplicar um golpe na vertical na junta equivalente ao cotovelo.

Como não há carne embaixo dessa armadura não sei o que esperar na hora do golpe, mas o único jeito de descobrir é tentando.

#8

Conteúdo patrocinado


#9

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum