Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!




ATUALIZAÇÕES DO FÓRUM




Absolutamente TUDO de novo que foi adicionado ao fórum DEVE ser postado neste tópico (localizado em "Noticias e Atualizações" do Mural Divino). Esse é um tópico de uso exclusivo da ADM para expor novas informações e servirá como um meio de comunicação onde os players poderão se manter atualizados sobre aquilo que vem acontecendo dentro do fórum.
Por isso peço encarecidamente que sempre estejam olhando este tópico e que o enviem aos novatos para se ater das mesmas coisas que vocês, avisem colegas e amigos sempre que virem algo novo acontecendo.
Se você, jogador, tiver algo para falar a respeito do que foi postado aqui, use nossa chatbox ou mesmo o tópico da central de atendimento: http://www.heroisdoolimpo.com/t46-central-de-atendimento-ao-campista

IMPORTANTE: Esse tópico é para ser atualizado sempre que algo mudar, não precisa ser preenchido somente por Ártemis e Hefesto. Se vc tem algo novo para postar, POSTE COMO COMENTÁRIO AQUI, seja uma mega missão, ou qualquer outra coisa.

Veja em: http://www.heroisdoolimpo.com/t2341-atualizacoes-do-forum-leiam-e-fiquem-por-dentro-do-que-esta-acontecendo

Novidades serão postadas como comentários ao longo do tópico!



Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Acampamentos » Acampamento Meio-Sangue » Outros Locais » Floresta » 

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

A CAÇADA - Markeniko, Seraph e Pierre

por Apolo em Ter 19 Dez 2017 - 18:32

Apolo

avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
A tarde estava quente e abafada, um sentimento de monotonia pairava pelo acampamento e ninguém estava fazendo algo que realmente importasse. Os filhos de Afrodite estavam fofocando um com os outros, as crias de Ares estavam treinando sem muita animação na arena enquanto a prole de Atena lendo algo nas sombras das árvores. todos fazendo suas atividades corriqueiras, porém totalmente desinteressados.

Era quase pôr-do-sol quando uma loba gigante se aproxima da Casa Grande, ninguém viu exatamente de onde ela veio, alguns novatos se prepararam achando que era uma batalha, mas os demais logo explicaram que se tratava de Lupa, a coordenadora do Acampamento Jupiter. Atrás dela vinha um grupo de legionários, todos equipados e preparados pra batalha.

Quíron estava a sua espera, ele estava com seu terno puído que o fazia parecer um professor, porém ele estava fora de sua caixa mágica disfarçada de cadeira de rodas, o que o fazia ficar bem mais imponente devido a sua altura.

A conversa entre os dois é rápida, até que um filho de Hermes sai avisando todos de que eram para se equipar e ir para a entrada da floresta.






Os últimos raios de sol se esvaem no horizonte enquanto os campistas ainda estão chegando para a pequena multidão, ninguém sabe exatamente o que está acontecendo, apenas que seria um pouco de movimento e animação para o dia.

- Semideuses, esqueci de avisa-los antes, mas aqui vamos, hoje faremos um jogo com nossos irmãos romanos, apenas um treinamento conjunto entre os acampamentos.

Lupa se aproxima e começa a comunicar as regras:

- As regras são as seguintes, encontre a caverna no meio da floresta e traga até aqui, vocês tem até o amanhecer.

- Para os que não sabem a floresta é perigosa, tomem cuidado - alerta o centauro, provavelmente se dirigindo para os legionários, afinal nem todos já estiveram anteriormente no local - se ouvirem a corneta de chifre, quer dizer que já temos um vencedor - ele toca para que todos saibam como é.

- Poderão formar grupos de até 3 semideuses, mas as recompensas serão divididas entres os componentes.

- Isso é tudo, COMECEM


Regras:
- Quem quiser participar é só postar.
- É um evento atemporal, logo, mesmo quem estiver em narração pode entrar
- Apenas um personagem por pessoa



Última edição por Apolo em Sex 22 Dez 2017 - 12:08, editado 1 vez(es)

#1

Ж Pierre

avatar
Filho(a) de Mercúrio
Filho(a) de Mercúrio
Ver perfil do usuário
A muito tempo estava com aquilo planejado, e o plano seria executado naquela tarde. Um dos meus sonhos de consumo no Acampamento, sempre foi roubar a Cadeira de Rodas de Quíron, puta que pariu seria extremamente bacana tatuar aquela coisa no meu corpo, e poder utiliza-la como Bau, como se tivesse uma Bolsa Mágica de Herminone Granger. Caminhei com a cara mais Dissimulado do mundo em direção a Casa Grande, porém um bom ladrão sabe que quando uma fudendo Loba Gigante entra pela porta da frente, não se deve entrar ali pra roubar. Dei meia volta imediatamente e caminhei em direção ao Dormitório de novo, logo recebi a Notícia referente a Reunião. Maldita Lupa, não me deixa roubar em Roma, não me deixa roubar a Grécia, que inferno.

Após a Reunião fico sabendo do que se tratava, deixando claro que eu não me meteria com isso, se não fosse pra roubar os outros. Decido aceitar o Desafio. Quando o jogo começa, em vez de correr igual louco em direção a Floresta decido uma estratégia mais inteligente. Os Romanos em geral diferente dos Gregos, tinham um senso de honra e lealdade a Patria muito grande, e eu iria me aproveitar disso para conseguir a Vitória. Me reuno a todos os Romanos que gostariam de participar, e Libero meu Perfume no ar, despertando o Desejo de todos em relação a minha pessoa [Luxúria [Inicial]].Após conseguir a atenção de todos, utilizando minhas habilidades como um Dissimulador Nato e me aproveitando de minhas habilidades de fazer Amizade começo a discursar:

-Caros amigos de Roma, não se enganem!Isso não se trata de um desafio individual e um teste de habilidades entre duas nações aliadas. Mas se trata de uma demonstração de poder entre duas nações inimigas que fingem um paz tão frágil quando um fio de cabelo. Nós não podemos nos esquecer, que vivemos uma guerra contra os Grecos por mais de 500 anos. E que a honra de Roma está em nossas mãos, desejo humildade que sigam-me nessa busca em honrarias a nossa amada Roma, e que esqueçam como seres individuais o egoismo e a Glória sobre si. Unam-se a mim irmãos , e venceremos em desafio em nome da nossa Amada Roma!!!

Obviamente meus discurso carregado de Demagogia, serveria apenas para reunir o máximo de seguidores possíveis para que eu pudesse usar a meu favor e quando achar melhor descartar. Após isso, seguiria para a Floresta com o máximo de seguidores possíveis, abusando das habilidades individuais de cada um deles para chegar mais rápido ao local desejado.



Habilidades Citadas:
Nível 4 - Dissimulador: Os filhos de Vênus possuem total controle sobre suas emoções e conseguem escondê-las dos demais, tendo maior facilidade para mentir e dissimular seus pensamentos e sentimentos.

Nível 3 - Luxúria [Inicial]: Você pode despertar o desejo dos outros com apenas um olhar, ou com uma passagem deixando seu perfume no ar. (+5 CHA)
Nível 3 - Amizade: O filho de Mercúrio assim como o seu pai e capaz de fazer amigos em qualquer lugar que vá, ele tem a lábia muito boa e pode vir a conseguir aliança em batalha com outros seres. (+5 CHA)

Levar em Consideração junto a minhas habilidades:
Marca do Diplomata * O selo grifado na nuca do semideus, permitirá que o mesmo consiga persuadir pessoas/semideuses, que possuam um intelecto pouco maior que o seu. Facilitando, que o mesmo consiga usar as palavras, de maneira livre e ainda assim ter menos chances de cair, diante de sua própria lábia (+5 INT + 10 CH


Levar em Consideração em minha movimentação:
Botas do Gatuno ****Enquanto calçar estas botas, o filho de Hermes não emitirá som algum pelos pés enquanto se desloca

Equipamento:
Elmo Comum
Peitoral de Couro
Marca do Diplomata*
Pingente do Larápio**
Ás de Copas***
Botas do Gatuno****
Motherfucker Sister's*****(São duas Adagas de Prata Celestial iguais]
Crachá de Identificação "Foda-se"


#2

Markeniko

avatar
Filho(a) de Ares
Filho(a) de Ares
Ver perfil do usuário
Era mais um dia no acampamento meio-sangue,
nos últimos dias esse lugar estava uma merda, parecia que todos haviam morrido com o tempo e não tinha mais nada além de ficar indo para arena treinar, treinar e treinar mais uma vez, já estava cansado daquilo precisava de mais emoção, alguma coisa que não se tratasse de ver a cara de cu e gritos de ódio dos meus irmãos, já havia até me irritado com vários deles.

Estava treinando com um de meu irmão em uma luta bem parada, ele havia acabado de entrar no acampamento então tinha que pegar leve com ele. Mas por sorte aquela lutinha tosca não durou muito, pois um lobo se aproximava a casa grande de relance levanto minha espada flamejante, mas olho adentamente ao lobo e vejo que não era um lobo e sim Lupa, coordenadora do acampamento romano. Ela estava falando com Quíron sobre uma espécie de jogo, não sei disser o que era, mas envolvia algo diferente de lutas sem emoção então logicamente entrei nessa.

Pego minha lança que estava jogada ao meu lado e coloco meu medalhão no pescoço e falo ao meu irmão

-Desculpa irmão, mas havia muito tempo que não entrava em uma luta boa dessas, boa sorte com seu treinamento, agor deixe-me ir.

Dou um pulo de felicidade e com ambas as armas em mãos me preparo para a batalha, Lupa havia dito que poderia formar time de até três semideuses, então procuraria um de Afrodite, por mais que os odeie, e outro de Apolo, caso não achasse ambos, faria um time com qualquer semideus que viesse falar comigo e pensaria em alguma estratégia para a batalha.

Passivas:

Nível 1 - Ambidestria: O herói controla armas com as duas mãos com total habilidade.

Nível 1 - Regeneração de Batalha I: Os heróis regeneram 5 pontos de vida por rodada, quando estão em batalha.

Nível 3 - Adaptador [Inicial]: Confere nível de perícia [Inicial] para todas as perícias possíveis de serem treinadas. (+ 5 MIRA, AGI, FOR E CON)

Nível 4 - Filho da Guerra: Em batalha, o filho de Ares dificilmente erra seu movimento, executando quase sempre com sucesso aquilo que nasceu para fazer. (+4 AGI)

Nível 4 - Flexibilidade com Armadura: O filho de Ares, poderá se locomover bem em batalhas, de forma que a armadura não lhe causa algum problema, desconforto ou atrapalhe.

Nível 5 - Comandante de Batalha: Aqueles que lutam a seu lado ganham capacidades extremas. (+5 FOR E AGI PARA OS ALIADOS)

Nível 6 - Instinto de Batalha: O filho de Ares consegue perceber a batalha por um ângulo completo, ciente mesmo dos golpes vindos por suas costas, dando-lhe chance de esquivar-se, defender-se ou mesmo de revidar.

Nível 7 - Fortitude: A Fortitude confere uma flexibilidade e vigor muito além até mesmo da resistência heroica normal. O herói recebe um pouco menos de dano, e atenua os efeitos de venenos muito fracos. (+8 CON)

Equipamentos:
Equipamentos:
-Elmo comum
-Peitoral De Couro
-Lança Curta [Elétrica]
-Espada Espartana [Flamejante]
________________________________________

Acessórios:

-Medalhão do retorno*
________________________________________

Mochila Comum:

-Poção De Cura [Mítico] x2
-Poção De Energia [Mítico] x2
-Poção De Energia [Heróico] x2
________________________________________

Outros:

- Chifre de Minotauro

*Faz com que a última arma do semideus se materialize em suas mãos instantaneamente.
Só pode ser usado 1 vez por batalha.

#3

Ω Seraph Dimaggio

avatar
Filho(a) de Phobos
Filho(a) de Phobos
Ver perfil do usuário
Nem em meus pesadelos mais horrendos me imaginei vendo a legião romana cruzando o acampamento armada até os dentes sendo liderados pela loba que fora responsável pelo treinamento de todos o que ali estavam.

Devo admitir que gelei com a possibilidade de uma guerra, especialmente agora que tudo havia se aquietado depois de tanto tempo, mas aparentemente era apenas um evento de confraternização. Um evento de confraternização com um grupo de adolescentes armados — que por um acaso foram inimigos durante séculos — se dirigindo a uma floresta lotada de monstros apenas para procurar um item da qual desconhecemos a procedência...E ainda perguntam porque a taxa de mortalidade da nossa espécie é baixíssima...

Claro que estava com minhas armas prontas para o embate, sempre estávamos. Era um pré-requisito de todo campista: Estar sempre pronto para lutar com a morte e talvez sobreviver.

Vi muitos de meus ex-companheiros entre as fileiras dos legionários e podia sentir seus olhares acusatórios direcionados a mim, mas havia pouca coisa que pudesse fazer para negar o fato de que eu era um desertor romano, mesmo que um punhado de explicações e razões pudessem serem dadas a respeito disso.

Sem mais delongas, tão logo foi dado o sinal de início, parti floresta adentro, mantendo meus sentidos alertas. Não pedi ajuda de ninguém, pois sabia que ninguém, com exceção dos meus irmãos se prontificaria a me dar suporte.

Deixei que minha | Aura Fúnebre[Intermediária] | e conjunto com | Medo Irracional[Inicial] | suportados pela minha | Máscara de Horror | afastasse o máximo de oponentes ao meu redor, contando com esse fato para tornar minha ida o mais tranquila possível pela floresta. Caso o ambiente fosse propício, devido a todas as circunstâncias atenuantes, faria com que o medo ao redor me guiasse, usando o | Radar do Medo | e o | Vislumbre | para entender o que se passava na floresta, além de valer de minhas passivas de buff, caso a floresta realmente assuste os demais.

Equipamentos:
Equipamento:

- Elmo Comum
- Peitoral de Couro
- Espada Curta
- Scutum Pequeno
- Adaga Curta
- 6 Facas de Arremesso
- Armadura Ateniense [Completa]
- Braçadeira Conselheiro [18]
__________________
Acessórios:

- Mascara do Medo: Uma máscara oriental horrenda, capaz de aterrorizar inimigos e amigos. (maximiza os poderes do filho de Phobos relacionados ao medo).
- Capa do Destemor: Uma capa que expande a habilidade de destemor, de modo que ela se torne uma habilidade passiva. Enquanto usa-la, o filho de Timmor poderá trabalhar em grupo sem o receio de causar medo em seus aliados.
__________________
Mochila Comum:

- 1 Héracles Personalité[Forte]
- 1 Cantil de Cura [Mítico][2 goles]
- 1 Cantil de Energia [Mítico][3 goles]
- 4 Poção de Cura[Heroico]
- 4 Poção de Energia [Heroico]
- 1 Esfera Explosiva [Pequena]
- 1 Esfera Explosiva [Média]
- 1 Esfera de Luz
__________________
Outros:

- 2 Sementes da Vida: Uma semente que assim que toca o solo se transforma em 1 Soldado Planta. Lanceiro,com chicote ou arqueiro. A escolha do narrador. Quando morre, deixa uma nova semente para ser usada à menos que o soldado seja destruído por fogo. Uma vez por narração. (150/150 Hp)
__________________

Poderes Passivos:
Nível 1 - Aura Fúnebre [Inicial]: O filho de Phobos não tem nada a temer, mas os outros é que costumam temê-lo. Eles emanam uma aura fúnebre. Nesse nível ainda é fraca, podendo apenas dar calafrios e arrepios em quem se aproximar ou avistar o semideus. O alcance da Aura Fúnebre compreende até 5 metros. (+3 VONT)

Nível 2 - Sangue Frio: Todos os Filhos de Phobos praticamente não sentem medo algum, e quanto mais forte vão ficando, menos medo sentem, assim, conseguem agir tranquilamente nas mais extremas circunstâncias. (+5 INT)

Nível 2 - Catalisador [Inicial]: Em ambientes macabros e assustadores, os filhos de Phobos se sentem naturalmente, como parte do ambiente. O semideus catalisa toda a energia assustadora do local, e faz com que sua Aura Fúnebre e seu Toque Fúnebre fiquem mais concentrados e mais potentes, suas habilidades relacionadas ao medo ficam evidentemente mais destacadas e mais medonhas do que o normal. O semideus se sente mais vivo, apesar dos outros se sentirem apreensivos com o ambiente, e com toda essa catalisação ele também aumenta sua agilidade. (+5 CHA e +6 AGI)

Nível 3 - Perícia com Ilusões [Inicial]: Assim como o Pai, todos os Filhos de Phobos se tornarão mestres nas ilusões, mas por enquanto, suas ilusões só conseguem confundir a visão de alguns alvos, no máximo 2, com vislumbres. (+5 CHA)

Nível 3 - Perícia com Lanças [Inicial]: Confere nível de perícia [Inicial] para a perícia com Lanças. Permite que o herói treine suas outras perícias até o nível [Inicial]. Os filhos de Phobos só recebem o nível Inicial dessa perícia. Para conseguir os outros níveis, o campista deverá treinar esta perícia. (+5 AGI)

Nível 4 - Medo Irracional [Inicial]: Filhos de Phobos exalam uma presença amedrontadora. Nesse nível, ANIMAIS PEQUENOS começarão a temê-lo grandemente, podendo ter penalidades nos movimentos, ou em alguns casos podem acabar tentando fugir da presença dele, contudo sob a vontade do Narrador. Esse medo, também afeta outros semideuses que estiverem próximos, diminuindo sua coragem. (-5 Coragem)

Nível 5 - Radar do Medo [Inicial]: O Filho de Phobos sente quando tem alguém próximo, no máximo a 20 metros, que esteja se sentindo amedrontado. (+10 CHA)

Nível 5 - Vislumbre: Quando o filho de Phobos sente que alguém levou um susto ou ficou com medo, ele tem um curto vislumbre do que causou o medo, seja ele o que for. Esse vislumbre dura menos de um segundo e aparece na mesma hora que o alvo sentiu o medo, mas é o suficiente para que o semideus analise e saiba do que se trata. O alcance dessa habilidade aumenta conforme a evolução da habilidade Radar do Medo. (+5 INT)

Nível 5 - Máscara do Horror: Agora o filho de Phobos, quando estiver em posse de sua máscara do medo presente de seu pai, terá mais facilidade em fazer Ilusões ou até mesmo fazer o seu oponente tremer até os ossos.

Nível 6 - Filho do Medo [Inicial]: Sempre que houver temor no ar, o Filho de Phobos se sente mais forte, aumentando sua força e velocidade. (+5 FOR e +5 AGI)

Nível 6 - Toque Fúnebre [Inicial]: Quando o filho de Phobos tocar em algum alvo, é capaz de produzir uma sensação desconfortante, um medo arrepiante, intensificando sua presença. Em alguns casos, pode até deixar o alvo paralisado de turpor, se ele for considerado bem mais fraco que o filho de Phobos.

Nível 7 - Bicho Papão: Os filhos de Phobos se dão melhor no escuro, pois, no escuro é mais fácil transmitir o medo e até mesmo assustar alguém. Assim, no escuro os filhos de Phobos enxergam normalmente e se tornam um pouco mais ágeis. Sua Aura Fúnebre e seu Toque Fúnebre ficam mais intensos, e suas habilidades de medos dão ainda mais medo. (+5 CHA e +5 AGI)

Nível 8 - Elixir do Medo [Inicial]: Todo o medo que o Filho de Phobos sentir ao seu redor o revigorará, recuperando 5 pontos de HP por rodada e para cada oponente que estiver sentindo medo. Obs.: Recuperará NO MÁXIMO o equivalente a DOIS oponentes, mesmo que haja 10 oponentes sentindo medo. Ou seja, recuperará no máximo 10 pontos de HP por rodada.

Nível 9 - Sucção: Quando o filho de Phobos toca em alguma coisa que possa transmitir medo, o semideus canaliza a essência do medo e recupera 1/18 de seu MP total. Só funciona um toque para cada coisa, e desde que não seja nenhum item do próprio semideus.

Nível 9 - Aura Fúnebre [Intermediário]: O filho de Phobos não teme a praticamente nada, quase nada poderá fazê-lo estremecer, mas os outros é que podem temê-lo. Eles emanam uma aura fúnebre, agora um medo mais intenso e concentrado. Nesse nível já não é fraca, mas também não muito forte, emitindo uma onde de medo, dando calafrios e arrepios em quem se aproximar ou olhar para o semideus. O alcance da Aura Fúnebre compreende ao nível divido por 2, em metros. (+6 VONT)



Seraph Dimaggio
Filho do Medo.
COPYRIGHT ©  2014 ALL RIGHTS RESERVED FOR PERSSON!
#4

Re: A CAÇADA - Markeniko, Seraph e Pierre

por Apolo em Sex 22 Dez 2017 - 0:40

Apolo

avatar
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
Conforme foi anunciado o começo do jogo, os semideuses romanos em geral foram correndo em direção a floresta enquanto os gregos ainda assimilavam o que estava acontecendo e lutavam pra montar equipes. A animação era geral, coisa notada por Seraph, o conselheiro do chalé 18, a falta de medo fazia com que ele visse apenas o que seus olhos mesmo vissem. Mesmo que sua habilidade não tenha tido o efeito esperado, o garoto consegue ver que alguns semideuses mais fracos se afastam dele.

O meio-sangue não demora muito a entrar na floresta. Está tudo muito escuro e logo ele nota que alguém ficou com medo do escuro, provavelmente um semideus novato de algum dos acampamentos, ele não sabe dizer qual. Seraph nota algumas luzes na floresta, algumas ele consegue identificar como sendo tochas e outras são de fontes desconhecidas, ele por si só não carregava nenhuma fonte de luz o que dificultava um pouco sua movimentação.

Ele segue cautelosamente floresta adentro, as vezes se arriscando a seguir um pouco mais rápido, mas em geral não estava fazendo muito progresso. Ele teve um vislumbre de alguém que estava lutando com alguma criatura exatamente no momento em que tropeça em algo. O garoto logo desembainha sua espada e se prepara para o pior quando ele ouve um murmuro e uma voz meio cansada.

- Ai

Ele olha melhor e vê que é um garoto que estava deitado encostado em uma arvore, mas nada além disso, a escuridão estava grande e Seraph podia jurar que ficava ainda maior em volta do menino.

- Toma cuidado por onde anda moleque.








No meio romano se ergue um filho de Mercúrio invocando a antiga rivalidade na esperança de arrumar para si uma aliança, a qual ele seria o líder, porém muitos já haviam partido antes mesmo dele começar a falar suas primeiras palavras, outros simplesmente não concordavam com ele e foram andando sem mais perda de tempo. Apenas cinco legionários ficaram com o descendente de Vênus.

- E porque você deveria ficar no comando? – disse alguém no meio do grupo.

A autora da pergunta era uma garota alta e forte, seus cabelos morenos e olhos castanhos refletiam o luar, ela tinha uma cicatriz que começava em seu queixo, descia por seu pescoço e terminava em algum lugar dentro de sua camiseta larga. Pierre a reconhece como Emma, uma filha de Marte da segunda coorte.

- Não acho que você esteja errado, Roma tem que ganhar dos graecus. Mas você não é ninguém pra estar no comando. Um líder tem que ser forte.

Ao falar a ultima frase ela se aproxima do garoto, querendo intimidá-lo e obviamente querendo o liderança para si.








Mark vai procurando parceiros em meio aquele mar de semideuses, ele percebe que vários já se juntavam em grupos e iam para a floresta. Ele se aproxima de um dos filhos de Afrodite, mas percebe que este já esta com mais dois irmãos e saem assim mesmo em direção à floresta. Achar filhos da deusa do amor estava sendo complicado para ele, então ele passa para sua segunda opção.

Olhando ao redor ele vê um filho de Apolo sozinho, o garoto olha ao redor como se estivesse perdido, ele deduz que ele esta igual a ele procurando parceiros. Mark se aproxima e sugere que formassem uma equipe.

- Não vejo problema algum – diz o garoto animado – eu sou Barth.

Após estarem devidamente apresentados ambos seguem em direção ao desconhecido. Mark percebe logo que embora os romanos tivessem a vantagem de saber o que teria antes dos outros, os gregos estavam em seu território, eles conheciam a floresta (pelo menos uma parte dela).

Eles seguem por alguns minutos floresta adentro, Barth iluminava o caminho com uma bola que se iluminava sozinha. Isso facilitava bastante a movimentação por todas aquelas arvores. Barth repentinamente para de andar e grita:

- CUIDADO

Mark não tem tempo de saber o que está acontecendo quando um algo parece que explode entre ele e o filho de Apolo. Cada semideus voa para um lado, a prole de Ares bate com força em um tronco de arvore, a luz se apagou fazendo com que ele não visse quem era o seu oponente. Ele ouve Barth gemer de dor por perto, um barulho de animal parecido com um rugido pode ser ouvido à sua esquerda, pequenas lufadas de vento o acertam, ele chega a conclusão de que estavam lutando contra algum monstro alado.

A luz volta ao ambiente, ele vê a 15 metros a sua frente o arqueiro com a bola luminosa em sua mão, sua testa estava com um corte que fazia escorrer sangue em seu rosto. Ele olha para a criatura que eles estão lutando, o corpo era parecido com o de uma serpente, em suas costas tinham duas asas com penas e diversos espinhos, sua extensão parecia ser uns 5 metros.


Passaro-Serpente: 100%:

Seraph:
HP: 148/148
MP: 132/132

Pierre:
HP: 124/124
MP: 124/124

Mark
HP: 139/154
MP: 118/118

Aviso: Coloquem em spoiler as habilidades que estiverem usando no post e apenas elas ou terão consequências Manolo

#5

Ж Pierre

avatar
Filho(a) de Mercúrio
Filho(a) de Mercúrio
Ver perfil do usuário
Se as pessoas pudessem ler minha mente naquele momento, com certeza veriam algo do tipo "Um sorriso malicioso mental". Em quanto minha expressão facial continuava lindamente dissimulada, como pobre heroi, agindo pelo bem de nossa querida Roma. Minhas palavras sairam de maneira instantanea em resposta a intimidação da menina:

-Então siga em frente, nos lidere!Não me importo que a honra seja sua,contanto que isso engrandeça a nossa gloriosa Roma!!

Caso ela decidisse ir na frente a seguiria correndo, caso não, seguiria correndo na esperança que os demais nos seguissem. Em quanto corro tomo cuidado para não me afastar muito de meus aliados, e também tento puxar assunto em relação a seus poderes, para saber qual função eles poderiam agir para beneficio maior do grupo. Em quanto faço isso, tomo cuidado para não ser atacado por criaturas ou até mesmo semi-deuses.



Equipamento levados em narração:




Equipamento:


- Elmo Comum
- Peitoral de Couro
- Lança Dupla "Lança do Trapaceiro" [H][Heroico][Venenosa][Elétrico][Transmutação = Adagas][≅] -5-
- Adaga[Eletrica][Gratidão do Olimpo]
- Motherfucker Sister's*****
- Bota Alada
- Anel da Pluma [Ouro Branco] .11
- Anel del Venti [Prata][Presente de casamento de Éolo][Encantado] .15
- Juice Maker[Transformação Anel de Prata] .6
___________________
Acessórios:


- Olho de Hórus ☥
- Moeda de Ptolomeu -10-
- Marca do Diplomata*
- Pingente do Larápio** 
- Ás de Copas***
- Chave mestra -3-
- Mão Metálica -4-
- 4x Cantil de Energia [Mítico][4 goles]
- Tatuagem [Lança do Trapaceiro][Pescoço]
- Tatuagem "Caos: Tatuagem "Caos" -7-
- Anel do desordeiro -8-
- Braçadeira de Discórdia -9-
- Capa do Pretor ♣️


Outros:

- Nintendo Switch [Inquebrável]
- Crachá de Identificação "Foda-se"
- Semente Egípcia




#6

Ω Seraph Dimaggio

avatar
Filho(a) de Phobos
Filho(a) de Phobos
Ver perfil do usuário
Tenho que admitir que estar sozinho é reconfortante. Sejamos sinceros, ninguém gosta de um | Bicho-Papão | como aliado por isso o bicho-papão prefere sempre estar sozinho nas trevas. A floresta estava tão ou até ainda mais  clara para mim naquela escuridão toda, me permitindo ver a movimentação dos campistas ao longe, cruzando a floresta com seus multi-recursos.

Eu me apressava por entre as folhas, sem me preocupar com ataques surpresas no momento, já que minha | Aura Fúnebre | serviria para alertar quem estivesse ao meu encalço de que me perseguir não era um caminho muito racional. Não se corre de braços abertos para o que se teme, a menos que seja alguém sem cérebro...Devo admitir que esses que são motivo de minha preocupação...Conheci um bocado de romanos assim...

Acho que minha pressa me distraiu durante minha corrida pela floresta, alguém parecia em perigo e a urgência da ocorrência me fez tropeçar em alguma coisa, quase caindo de cara no chão.

Minha espada foi imediatamente desembainhada, pronto para fatusar a origem de um quase desastre, mas a voz humana me fez recuar a lâmina.

Olhei bem para o estranho garoto que fora o responsável pelo meu tropeção. Era magro demais até mesmo para um campista e sua constituição era frágil demais, quase raquítica, provavelmente teria grandes dificuldades para se virar sozinho naquele lugar, mas afinal de contas o que estava fazendo ali?

Minha cabeça tentou formular a situação. Um grupo próximo estava sendo atacados e talvez essa criança tivesse se escondido covardemente para salvar a própria vida. Isso me fez erguer uma sobrancelha.

- Quem é você? - Inqueri, a voz rouca, um tom grande demais para a maioria. O desuso da minha voz geralmente a deixava tão atrofiada que mais parecia o Darth-Vader falando através da máscara. - Porque está aqui? Está fugindo da caçada? - Acho que meu tom de voz se agravou um pouco mais, lembrando um baixo lírico.

Estaria atento aos arredores, valendo-me do | Radar do Medo | e do | Vislumbre | para saber da situação geral ao redor da floresta.


Equipamentos:
Equipamento:

- Elmo Comum
- Peitoral de Couro
- Espada Curta
- Scutum Pequeno
- Adaga Curta
- 6 Facas de Arremesso
- Armadura Ateniense [Completa]
- Braçadeira Conselheiro [18]
__________________
Acessórios:

- Mascara do Medo: Uma máscara oriental horrenda, capaz de aterrorizar inimigos e amigos. (maximiza os poderes do filho de Phobos relacionados ao medo).
- Capa do Destemor: Uma capa que expande a habilidade de destemor, de modo que ela se torne uma habilidade passiva. Enquanto usa-la, o filho de Timmor poderá trabalhar em grupo sem o receio de causar medo em seus aliados.
__________________
Mochila Comum:

- 1 Héracles Personalité[Forte]
- 1 Cantil de Cura [Mítico][2 goles]
- 1 Cantil de Energia [Mítico][3 goles]
- 4 Poção de Cura[Heroico]
- 4 Poção de Energia [Heroico]
- 1 Esfera Explosiva [Pequena]
- 1 Esfera Explosiva [Média]
- 1 Esfera de Luz
__________________
Outros:

- 2 Sementes da Vida: Uma semente que assim que toca o solo se transforma em 1 Soldado Planta. Lanceiro,com chicote ou arqueiro. A escolha do narrador. Quando morre, deixa uma nova semente para ser usada à menos que o soldado seja destruído por fogo. Uma vez por narração. (150/150 Hp)
__________________

Poderes Passivos:
Nível 2 - Sangue Frio: Todos os Filhos de Phobos praticamente não sentem medo algum, e quanto mais forte vão ficando, menos medo sentem, assim, conseguem agir tranquilamente nas mais extremas circunstâncias. (+5 INT)

Nível 4 - Medo Irracional [Inicial]: Filhos de Phobos exalam uma presença amedrontadora. Nesse nível, ANIMAIS PEQUENOS começarão a temê-lo grandemente, podendo ter penalidades nos movimentos, ou em alguns casos podem acabar tentando fugir da presença dele, contudo sob a vontade do Narrador. Esse medo, também afeta outros semideuses que estiverem próximos, diminuindo sua coragem. (-5 Coragem)

Nível 5 - Radar do Medo [Inicial]: O Filho de Phobos sente quando tem alguém próximo, no máximo a 20 metros, que esteja se sentindo amedrontado. (+10 CHA)

Nível 5 - Vislumbre: Quando o filho de Phobos sente que alguém levou um susto ou ficou com medo, ele tem um curto vislumbre do que causou o medo, seja ele o que for. Esse vislumbre dura menos de um segundo e aparece na mesma hora que o alvo sentiu o medo, mas é o suficiente para que o semideus analise e saiba do que se trata. O alcance dessa habilidade aumenta conforme a evolução da habilidade Radar do Medo. (+5 INT)

Nível 5 - Máscara do Horror: Agora o filho de Phobos, quando estiver em posse de sua máscara do medo presente de seu pai, terá mais facilidade em fazer Ilusões ou até mesmo fazer o seu oponente tremer até os ossos.

Nível 7 - Bicho Papão: Os filhos de Phobos se dão melhor no escuro, pois, no escuro é mais fácil transmitir o medo e até mesmo assustar alguém. Assim, no escuro os filhos de Phobos enxergam normalmente e se tornam um pouco mais ágeis. Sua Aura Fúnebre e seu Toque Fúnebre ficam mais intensos, e suas habilidades de medos dão ainda mais medo. (+5 CHA e +5 AGI)

Nível 9 - Aura Fúnebre [Intermediário]: O filho de Phobos não teme a praticamente nada, quase nada poderá fazê-lo estremecer, mas os outros é que podem temê-lo. Eles emanam uma aura fúnebre, agora um medo mais intenso e concentrado. Nesse nível já não é fraca, mas também não muito forte, emitindo uma onde de medo, dando calafrios e arrepios em quem se aproximar ou olhar para o semideus. O alcance da Aura Fúnebre compreende ao nível divido por 2, em metros. (+6 VONT)



Seraph Dimaggio
Filho do Medo.
COPYRIGHT ©  2014 ALL RIGHTS RESERVED FOR PERSSON!
#7

Hannah C.

avatar
Filho(a) de Belona
Filho(a) de Belona
Ver perfil do usuário
Hoje era dia de visita aos gregos para uma caçada na floresta deles e a Coorte estava agitada, Lupa reunira os guerreiros legionários na área e nos levará marchando através de um portal no Labirinto até o Acampamento Meio-Sangue. Nossas expressões eram sérias, mas não escondiam o olhar de êxtase por um combate armado.
Ao ser declacarada iniciada a caçada vários dos participantes correram em busca do alvo ou de aliados querendo união. Para economizar tempo nessa hora havia falado anteriormente com Jack Frost, um companheiro de legião, e com mais um outro romano, filho de Magia e neto de Ceres, usando de minha Liderança e minha aparência de General para formarmos uma aliança no caso de necessidade. Como conhecedora da Arte da Guerra pretendia usar cada um dos aspectos favoráveis nesta caçada.
Não sabia se algum deles me seguiria, mas contava com o apoio deles para me ajudarem nesta empreitada. Como um iniciante nas precauções de um Mestre do Clima sentia a temperatura cair gradativamente como se fosse chover no meio do evento. Segurei mais fortemente minha espada e meu escudo andando em direção à mata com a ajuda dos dois ou de quaisquer outros que se juntassem a mim.

Equipamento:

- Elmo Comum
- Peitoral de Couro
- Espada Curta
- Escudo
- Facas de Arremesso [Ouro Imperial]
- Mini-Microfone *
- Colar das águias **
Habilidades Passivas:

Nível 1 - A Arte da Guerra: Como herdeiro de Belona, o herói foi nascido para a guerra. Diferentemente dos filhos de Marte, entretanto, se trata de uma guerra friamente calculada. Pragmáticos, conseguem enxergar cada aspecto de um conflito e se beneficiar com cada um deles.
Nível 1 - Ambidestro: O herói controla armas com as duas mãos com total habilidade.
Nível 1 - Regeneração Bélica: Quando em combate, o herói regenera 5 pontos de energia e vida.
Nível 2 - General: Como especialistas em questões de batalhas e guerras, os filhos de Belona sempre são vistos como figura de liderança dentre os demais, especialmente em situações de conflito.
Nível 3 - Adaptador [Inicial]: Confere nível de perícia [Inicial] para todas as perícias possíveis de serem treinadas.

Nível 1 - Liderança: Os filhos de Júpiter, desde os tempos de escola, são muito bons em manipular as palavras e convencer as pessoas, que quase sempre apelam à seus comandos. O Campista é um exemplo para os outros e pode inspirá-los a fazer o que você quer. (+9 CHA)
Nível 3 - Perícia com Espadas [Inicial]: Confere nível de perícia [Inicial] para a perícia com espadas. Permite que o Campista treine suas outras perícias até o nível [Inicial].
Nível 3 - Mestre do Clima [Inicial]: Os filhos de Júpiter conseguem prever acontecimentos meteorológicos. Por exemplo, as chuvas e mudanças de temperatura.



|Per Ardua ad Astra|
“Através dos esforços às estrelas.”

#8

Re: A CAÇADA - Markeniko, Seraph e Pierre

por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado


#9

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum