Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!




ATUALIZAÇÕES DO FÓRUM




Absolutamente TUDO de novo que foi adicionado ao fórum DEVE ser postado neste tópico (localizado em "Noticias e Atualizações" do Mural Divino). Esse é um tópico de uso exclusivo da ADM para expor novas informações e servirá como um meio de comunicação onde os players poderão se manter atualizados sobre aquilo que vem acontecendo dentro do fórum.
Por isso peço encarecidamente que sempre estejam olhando este tópico e que o enviem aos novatos para se ater das mesmas coisas que vocês, avisem colegas e amigos sempre que virem algo novo acontecendo.
Se você, jogador, tiver algo para falar a respeito do que foi postado aqui, use nossa chatbox ou mesmo o tópico da central de atendimento: http://www.heroisdoolimpo.com/t46-central-de-atendimento-ao-campista

IMPORTANTE: Esse tópico é para ser atualizado sempre que algo mudar, não precisa ser preenchido somente por Ártemis e Hefesto. Se vc tem algo novo para postar, POSTE COMO COMENTÁRIO AQUI, seja uma mega missão, ou qualquer outra coisa.

Veja em: http://www.heroisdoolimpo.com/t2341-atualizacoes-do-forum-leiam-e-fiquem-por-dentro-do-que-esta-acontecendo

Novidades serão postadas como comentários ao longo do tópico!



Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Arenas » Arena MvP » 

Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 3]

Perséfone

avatar
Deusa Menor
Deusa Menor
Ver perfil do usuário
Nas arenas do acampamento Meio-Sangue, muitos guerreiros saiam de lá completamente machucados pelo novo desafio do Quirion, em uma das expedições dos filhos da guerra, eles encontraram esses goblins que se portavam como guerreiros e que mesmos derrotados, decidiram captura-los para treinar os novos filhos que viam para sua casa.

Mas esse experimento estava sendo uma vergonha, pois muitas crianças saíram machucadas e ninguém derrotou esses monstros.

-Eu estou dizendo, eles são muito bons, eu me ferrei todo. -Comenta um dos filhos de Ares em seu chalé, mostrando as ataduras dos seus ferimentos.

-Eu não sei o que é pior, nosso pai vendo essa vergonha, ou ver a vergonha de olhar pro Quirion, não estamos vencendo eles, só espero que algum de nós vença eles, porque se isso continuar, os outros colegas do acampamento vão querer participar e se derrotarem os monstros que foram trazidos pra gente, aí sim, nosso pai vem pessoalmente matar cada um dos filhos que ele teve.

Era nítido a vergonha dos jovens guerreiros, pois o desafio que deveria ser de entretenimento, está tirando o sono de todos e logo seriam aberto as portas das arenas para um novo desafiante que deseje encarar tais criaturas.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
Por favor colocar os itens e habilidades nas abas, bom mvp



#1

Michael Murray

avatar
Filho(a) de Ares
Filho(a) de Ares
Ver perfil do usuário
Escuto o que um de meus irmãos estava a dizer. Eu havia ouvido falar dos tais goblins, mas por ser praticamente novato, resolvi não me meter. Sem contar que não queria ser ridicularizado por tentar aceitar uma tarefa para os mais experientes.

Fosse como fosse, não esperaria mais. Matar era para ser minha especialidade também, por isso, junto meus poucos itens: o peitoral, o elmo e a lança elétrica, e rumo para a arena para ver de perto a situação e, quem sabe, dar um fim ao problema.


Itens:
Equipamento:

- Elmo Comum
- Peitoral de Couro
- Lança Curta[Elétrica]

Passivas:
Nível 1 - Fúria: Quando o herói está em estado de fúria ele causa dano maior(+4 DANO) do que o normal, além de uma regeneração gradual de 5 HP. (+5 FOR QUANDO EM FÚRIA)

Nível 1 - Ambidestria: O herói controla armas com as duas mãos com total habilidade.

Nível 1 - Regeneração de Batalha I: Os heróis regeneram 5 pontos de vida por rodada, quando estão em batalha.

#2

Perséfone

avatar
Deusa Menor
Deusa Menor
Ver perfil do usuário
Depois de pegar todos os objetos, itens e armas que lhe pertenciam e foi em direção a arena, alguns dos seus irmãos tentaram lhe convencer do contrário, eles sabiam do perigoso é enfrentar os goblins pelas experiencias que tiveram, mas o mesmo se encontrava irredutível, mesmo dos perigos que encontraria no caminho.

Quando ele chegou perto da arena,ele viu mais uma irmã do seu chalé saindo de lá carregada pelos campistas e com o Quirion, mas seus olhos estavam petrificados, como se ela estivesse presa na própria cabeça dela.

-Droga, devíamos ter prestado mais atenção, agora esse é o terceiro caso de agressão sexual que eles fizeram, eu não tenho escolha, vou ter que chamar os outros experientes para acabar logo com isso, eles estão se tornando uma ameaça séria com os nosso meninos

Depois de ter ouvido tal informação, Michael não teve mais duvidas, ele precisava intervir, sorrateiramente entra na arena e da de cara com os novos desafios que ele iria passar.

Os três goblins se encontravam no centro da arena, o menor deles pulava de alegria, pois seriam mais um guerreiro que eles iriam encarar, os outros dois não deram atenção, por isso, o mais pequeno, foi em frente, feliz que começaria com ele. (terceiro goblin da foto, passa um pouco da sua cintura em altura)

oponentes :










#3

Michael Murray

avatar
Filho(a) de Ares
Filho(a) de Ares
Ver perfil do usuário
Vejo e escuto estarrecido a cena que se desdobra à minha frente. Isso me deixa ainda mais indignado.
Ao entrar na arena e me deparar com meus oponentes, fico um pouco preocupado, mas agora não era a hora de vacilar.


- Então são vocês que andam pedindo uma surra? Está na hora de voltarem para o Tártaro! - Digo, girando a lança em minha mão esquerda.

Como eu era ambidestro, talvez a arma na mão esquerda dificultasse a defesa de meus oponentes.

Espero o primeiro me atacar. Como eles eram grandes e presunçosos, provavelmente atacariam separadamente. Mas mesmo que recebesse mais de um ataque, tentaria pular para os lados me esquivando.

Quando o primeiro monstro me atacar, pulo para o meu lado direito, saindo do alcance da sua arma e contra ataco rapidamente, tentando fincar minha lança no seu flanco. Acertando ou não, rapidamente me afasto, puxando a lança com força comigo.

Mantenho os pés firmes no chão e a uma distância em que ele não me alcance. Presto atenção nos outros monstros para não ser atacado de surpresa.

#4

Perséfone

avatar
Deusa Menor
Deusa Menor
Ver perfil do usuário


Michel Murray começou seu movimento com grande inteligência, pois ao ver o pequeno goblin em sua direção, o mesmo pula numa altura alarmante, de um modo que uma pessoa desatenta teria perdido a garganta nesse movimento, mas o semideus desvia, indo pro seu lado direito, evitando tal ataque mortal.

Agora com total foco, o Michel desfere um ataque contra o goblin, contudo seu ataque não surtiu o efeito esperado, pois no momento em que o mesmo seria atingido, ele sacrifica sua palma da mão para se defender e se apoiar, dando ele as condições necessárias para ele se distanciar do semideus.

Agora, os três goblin ficam olhando pro Murray, querendo ver se encontram alguma abertura para a luta, mas está claro que os maiores não interfeririam, mas o pequeno parou com a sua expressão risonha e focou completamente nas ações do semideus.

goblin¹: 90% e se encontra com o braço dormente ( recuperará o controle da mão até a próxima rodada)







#5

Michael Murray

avatar
Filho(a) de Ares
Filho(a) de Ares
Ver perfil do usuário
Meu ataque não havia surtido o efeito que eu desejava, mas já me ajudou. Agora, mesmo se recuperando da dormência no braço, talvez a mão ficasse inutilizada pelo resto da batalha.

Aproveitando o segundo de vantagem, decido tomar a iniciativa, atacando meu adversário. Pularia na sua direção com a lança erguida, fingindo um golpe de cima pra baixo, no meio da cabeça dele. Provavelmente ele pularia para um dos lados, para trás, ou me atacaria ao mesmo tempo com o braço bom. Independente da movimentação dele, e estando bem atento ao movimento, eu mudaria a posição do golpe, mirando no lado que ele já tinha sido atingido.

Se ele saísse do meu alcance, alargaria meu golpe até atingi-lo. Se ele tiver alguma chance de atingir meu braço ou corpo, tento desviar com um finta e executar o golpe ao final. Meu alvo seria novamente seu flanco, ou o que desse para acertar, fosse o braço ou ombro.

Em seguida, me afasto dele, me esquivando e defendendo, sempre me mantendo longe dos outros monstros.

#6

Perséfone

avatar
Deusa Menor
Deusa Menor
Ver perfil do usuário


Michel Murray hj, teve o momento de orgulho pro seu pai Ares, ele conseguiu oq seus irmãos tiveram tanta dificuldade, ele conseguiu ferir o seu inimigo, sua estratégia funcionou de maneira excepcional.

Ao ir de encontro contra o goblin, ele fingiu realizar um movimento de ataque, tendo como resultado em fazer o goblin desviar pro lado direito e acreditando que tinha encontrado um ponto cego no semideus, ele tenta desferir um golpe na barriga, porem numa ação mais rápida, ele conseguiu atingir a lateral do monstro, deixando ele agoniado de dor.

Com a distancia dada e a paciência do goblin terminada, o pequeno ser verde vai de encontro com o filho de Ares, empunhando sua espada indo de encontro para atacar.

goblin¹=73% com a barriga perfurada (a cada roda, o goblin perde 2% de vida)



#7

Michael Murray

avatar
Filho(a) de Ares
Filho(a) de Ares
Ver perfil do usuário
Eu tivera sorte novamente, mas não podia perder a concentração.

Agora o goblin estava ferido e enfurecido. Isso o faria ser inconsequente, e eu precisava aproveitar isso.

Eu não estava nem um pouco cansado, mas vendo o monstro correr na minha direção, arco o corpo para frente e apoio a lança no chão. Minha intenção era fazê-lo achar que eu estava cansado, e me atacar ainda mais presunçosamente.

No último momento, me ergueria, e pularia para um lado. Talvez ele percebesse meu movimento, por isso além de pular, arco meu corpo para longe da arma dele. Ao mesmo tempo, estico meu pé para o lado, esperando que ele tropece, na velocidade em que vinha.

Caso consiga derrubá-lo de frente, rapidamente tento fincar minha lança no centro das suas costas, girando e cravando com o máximo de força.

Se ele não caísse, ou eu fosse ferido, tento contra atacá-lo mesmo assim, tentando ferir novamento seu tórax, aumentando o sangramento.

Em todo caso, me afastaria ao final, com a defesa atenta e prestando atenção em todos os inimigos.

#8

Perséfone

avatar
Deusa Menor
Deusa Menor
Ver perfil do usuário


O goblin muito furioso, foi em direção a ele com extrema velocidade, ele não conseguia pensar em nada e isso foi sua derrota, pois nessa investida, ele acreditou na encenação do filho do deus da guerra, mirando explicitamente em sua garganta.

Mas na aproximação, ele viu os olho do semideus e percebeu a farsa tarde demais, pois ao chegar perto suficiente, ele vê o corpo do guerreiro ir pra o lado, deixando a lança para tropeçar e lá ele viu o final da sua vida, ele só tinha uma chance para machuca-lo e aproveitou.

O goblin com um corte diagonal, feriu o deus da guerra, um simples arranhão, mas isso poderia custar a própria vida do semideus, ele arranhou o antebraço do guerreiro, perto o suficiente para o semideus sentir um cheiro pior que esgoto vindo daquela lamina, mas ele n podia se importar com isso agora.

Caído, o Michael desfere um golpe no goblin e prende no chão com sua lança.
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


goblin¹ =45% - preso agonizando de dor ( perde 10% por rodada por causa da perda de sangue)

michael = 99% - envenenado (perde 3% de vida por rodada)



#9

Michael Murray

avatar
Filho(a) de Ares
Filho(a) de Ares
Ver perfil do usuário
Trinco os dentes de dor ao sentir o ferimento. O maldito inimigo tivera a sorte de me atingir, mas como eu não podia fazer nada para resolver meu problema, sigo em pé.

Aproveitando a minha vantagem, tento apunhalar o goblin novamente nas costas, na altura de seu coração, pretendendo acabar com sua vida. Tomaria cuidado, pois ele ainda podia tentar me atacar, ou rolar para longe, e eu estaria atento para me defender e levar meu golpe ao fim, se necessário.

Caso o goblin morresse, espero para ver se a sua arma ficaria ali enquanto a luta durasse, como um espólio, ou não. Se ficasse, tomaria posse dela, usando uma arma em cada mão.

Nem esperaria muito e já me viraria para os outros dois monstros.


- Qual de vocês será o próximo? Acho que esse era pequeno demais para mim... Qual de vocês é o melhor para me enfrentar?

Faria a indagação com deboche. Além de irritá-los, queria criar um clima de inimizade entre os dois.

Caso algo desse errado, tentaria me defender e me esquivar como fosse possível, com a atenção redobrada para não ser atingido novamente.

#10

Conteúdo patrocinado


#11

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 3]

Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum