Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!




ATUALIZAÇÕES DO FÓRUM




Absolutamente TUDO de novo que foi adicionado ao fórum DEVE ser postado neste tópico (localizado em "Noticias e Atualizações" do Mural Divino). Esse é um tópico de uso exclusivo da ADM para expor novas informações e servirá como um meio de comunicação onde os players poderão se manter atualizados sobre aquilo que vem acontecendo dentro do fórum.
Por isso peço encarecidamente que sempre estejam olhando este tópico e que o enviem aos novatos para se ater das mesmas coisas que vocês, avisem colegas e amigos sempre que virem algo novo acontecendo.
Se você, jogador, tiver algo para falar a respeito do que foi postado aqui, use nossa chatbox ou mesmo o tópico da central de atendimento: http://www.heroisdoolimpo.com/t46-central-de-atendimento-ao-campista

IMPORTANTE: Esse tópico é para ser atualizado sempre que algo mudar, não precisa ser preenchido somente por Ártemis e Hefesto. Se vc tem algo novo para postar, POSTE COMO COMENTÁRIO AQUI, seja uma mega missão, ou qualquer outra coisa.

Veja em: http://www.heroisdoolimpo.com/t2341-atualizacoes-do-forum-leiam-e-fiquem-por-dentro-do-que-esta-acontecendo

Novidades serão postadas como comentários ao longo do tópico!



Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Estados Unidos da América » Estados Unidos da América » Los Ângeles » Submundo » 

Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 4]

Teste para Guarda | Louis.

por  em Ter 9 Out 2018 - 0:07


avatar
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
Era cedo no acampamento meio sangue quando Louis acordou com o primeiro trovão..

Os próximos foram ignorados pelo semideus deitado em seu chalé, afinal de contas alguns trovões não significavam nada nos dias atuais, pois Zeus e os outros deuses tinham abandonado aquelas terras.

Os próximos três barulhos podiam não significar nada para o campista, mas mudariam sua vida.

TOC (x3) kkxd

Três leves toques na porta de carvalho do chalé fizeram o conselheiro finalmente se levantar. Ele sabia que era pra ele, por algum motivo inexplicável. Talvez a hora de se provar que ele tanto procurava havia chego.

Porém, ele nunca alcançou a maçaneta. Uma forte lufada de vento escancarou a porta do chalé fazendo o filho de Dionísio cair sentado no chão. Ao seu colo, um papel repousava:

Nos encontre no porão da casa grande. Não seja visto.


Chegar na casa grande sem ser percebido não seria problema, o difícil seria atravessar a tempestade torrencial que afetava o acampamento em plena 8 horas da manhã.

#1

Ω Louis Kannenberg

avatar
Filho(a) de Dionísio
Filho(a) de Dionísio
Ver perfil do usuário
Acordo com um susto. Um maldito trovão. Antigamente era um sinal de Zeus, mas em tempos de guerra... trovões eram só trovões mesmo,, ou algo criado pelos inimigos para nos fuder. Observo a videira que fiz crescer na janela do chalé enquanto os céus rugiam varias e varias vezes.

Assim que escuto as batidas na minha porta, estico prontamente a mão para o anel que repousava em minha cabeceira, transmutando-o em sabre. Empunho a arma e enquanto andava, uma sensação estranha percorria o meu corpo, como se cada fio de cabelo em meu corpo soubesse que aquilo era um chamado...

Antes de encostar na porta, um forte vento me derruba e caio de bunda no chão. Um estranho papel havia sido jogado pela ventania e sua mensagem era um tanto quanto inesperada. O porão da Casa Grande ? Eu sabia onde era, mas acho que em toda a minha vida nunca fui até la.

Passo o olho sobre meus equipamentos, algo me dizia que deveria levar tudo que poderia ser útil, menos a armadura. Não queria ser um para-raios ambulante. Em seguida transmuto o sabre em anel novamente, encho meu cantil com água, pego a mochila e saio pela porta.

Apesar da tempestade afetar a visibilidade, sabia que direção seguir para chegar até a Casa Grande, então sigo direto para a entrada do porão.

Itens:
Equipamento:

- Sabre [Oricalco][Ferro mortal][Veneno Paralisante][H]Transmutação: Anel][≅]³
- Armadura Ateniense Completa (Couro Revestido com Bronze)
- Elmo do Ilusionista***
__________________
Acessórios:

- Tatuagem do Vinho*
- Cantil
- Isqueiro Zippo
- Braçadeira Conselheiro [12]
- Semente Egípcia#
__________________
Mochila Rumos e Trilhas:

- Poção de Cura [Heroico][x5]
- Poção de Energia [Heroico][x5]
- Poção de Energia [Mítico][x2]
- Poção de Cura [Mítico][x2]
- Esfera de Luz [2x]
- Esfera Explosiva [Grande] [2x]
- Ares Personalité [Forte] [2x]
__________________
Outros:

- Boneco de Pelúcia [Forever Alone][Divino] ***
- Pão de Queijo[Comum][Presente de Hermes]
- Ferradura velha [Bronze Celestal][Quíron]
__________________
*A tatuagem na palma da mão que armazena o vinho do filho de Dionísio. Será possível invocar quantos quiser, e armazenará quantos forem necessários. A tatuagem não FORNECE vinho, somente armazena.

*** Presente dado àqueles presentes na virada do ano 2015 – 2016, ao ser pressionado na barriga o personagem entende que sua vida é uma bosta.

³: Sabre de batalha com videiras decorando o cabo e duas lâminas, sendo uma delas de Ferro Mortal e outra de Oricalco. O Veneno Paralisante que foi usado no encantamento da arma faz com que o membro atingido pelo corte fique paralisado entre 1 e 2 rodadas, dependendo do tamanho do corte e do tamanho do alvo. O efeito paralisante não se acumula em regiões atingidas duas vezes. (ou seja, se o mesmo ponto for atingido duas vezes seguidas, o efeito será cancelado entre 1 e 2 rodadas após o primeiro ataque).

***- Eleva em um nível a passiva [Ilusões] do conselheiro. Enquanto for usado, este não cairá em truques dessa categoria.

-1- Ele passa o campista para o nível seguinte independente de quanto de xp que falta.

≅ - Monstros gregos e romanos são só feridos com ouro imperial ou então bronze celestial. Monstros egípcios são são feridos com magia, essa benção deixa sua arma mágica para matar monstros e criaturas vindas do Egito antigo.

# - Ao engolir essa semente o usuário aumenta sua força física e agilidade em 50% por 3 turnos.



#2

Re: Teste para Guarda | Louis.

por  em Ter 9 Out 2018 - 22:36


avatar
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
Ignorando qualquer sinal de perigo e mostrando que era destemido, o campista sai no meio da tempestade. Talvez fosse difícil para algum campista novato chegar até a casa grande, mas não o era para o Conselheiro. Mesmo com a visibilidade afetada, o garoto consegue chegar até a soleira da casa grande, com a certeza absoluta que vultos sussurravam para ele em meio à tempestade.

Molhado, derrubando rios de água para todo lado, ele entra na casa e ruma ao porão. Ninguém o tinha visto, ou talvez ninguém ligasse. Eram tempos difíceis para todos os semideuses.

A porta do porão estava entreaberta e estendia uma luz fina pelo corredor. Reunindo o que ele tinha de coragem, Louis entra na sala para dar de cara com um Romano sentado atrás de uma velha escrivaninha.

- Olá Louis, te chamei aqui porque tenho uma missão para ti.

O rosto de Jack tinha uma expressão seria, porém ainda passava um ar de bom humor quando pediu educadamente para Louis sentar em uma poltrona puída ali na sala.

Louis fica quieto. O que um dos melhores filho de Quione estava fazendo ali no porão? E o que queria com ele?
Os pensamentos de Louis são interrompidos pelo garoto, que começa:

- Eu te chamei porque nosso serviço secreto acha que você tem o perfil para completar uma missão de suma importância para toda essa balbúrdia que está acontecendo no mundo grego... Sem mais delongas, preciso que você vá até o submundo encontrar a alma de um informante. Não estamos conseguindo contatá-lo pelos meios convencionais, então precisamos da boa e velha conversa. Você partirá sozinho sem recursos e mais importante de tudo: Evite ao máximo ser visto.

-Boa sorte. - Sussurra um garoto preocupado ao cumprimentar um filho de Dionísio atônito.

No próximo segundo, o filho de Quione havia sumido em uma névoa de gelo, deixando Louis sozinho com seus pensamentos ali na sala.

#3

Re: Teste para Guarda | Louis.

por Ω Louis Kannenberg em Qua 10 Out 2018 - 18:49

Ω Louis Kannenberg

avatar
Filho(a) de Dionísio
Filho(a) de Dionísio
Ver perfil do usuário
Chego no porão como um cachorro molhado. Assim que entro dou de cara com Jack, o que fazia aquela situação ficar ainda mais estranha. O filho de Chione me designa uma missão que, resumindo, consistia em ir até o submundo, falar com um informante e tudo isso pra uma organização secreta, sem dinheiro mortal e sem recursos. Engulo em seco.

- Mas Jack... - Assim que me viro para perguntar algo ao semideus, ele já havia sumido. Merda.

Bom, já que não teria a ajuda de ninguém, vou ter que me virar sozinho. Começo primeiro traçando um plano:

1 - Ir até o submundo. Até onde eu sei, existem três entradas: Morrendo, pelo Labirinto ou Los Angeles. As duas primeiras opções estão fora de cogitação, então só me restou ir até LA. E já que sair pelo acampamento romano não está rolando no momento, teria que ir de avião;

2 - Encontrar o informante. Quem caralhos é esse informante e onde o filho da puta está ? O Jack me passa uma missão pra encontrar um cara e não me fala quem o cara é, que maravilha. Porém, acho que posso encontrar mais informações no sótão da Casa Grande.

Saio do porão e vou até o temido sótão para me encontrar com o Espírito de Delfos, o Oráculo. Quem sabe ele possa me esclarecer quem é o tal informante ou pode acabar me confundindo ainda mais com uma profecia maluca. Depois de sair da pequena reunião, analiso o tempo. Possuía esperanças de que os pégasos ainda conseguiam voar mesmo com a chuva. Caso essas esperanças sejam realidade, vou até os estábulos e monto em um dos seres alados.

Porém, caso a voo dos pégasos estejam debilitados devido ao mau tempo, as Irmãs Cinzentas não recusariam um dracma. Lusilindo

O destino era óbvio: O aeroporto mais próximo. Porém SEM adentrar Manhattan, afinal, não queria passar no meio do Apocalipse.



#4

Re: Teste para Guarda | Louis.

por  em Qui 11 Out 2018 - 10:44


avatar
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
Louis tira alguns minutos para refletir sobre sua situação e decide pedir ajuda ao oráculo.

Saindo do porão e subindo as escadas, o garoto percebe que seu plano de pedir um pégaso emprestado ia por água abaixo, ao passo que relâmpagos iam iluminando o seu caminho pelas janelas da casa grande. O barulho de chuva martelando a parede pelo lado de fora também era ensurdecedor.

Então Louis cruza a porta do sótão, e todo o barulho para, como se ele tivesse entrado em outra dimensão separada da realidade.

Bancadas cheia de espólios, outrora valiosos, enchiam o lugar. Grandes troféus que estavam jogados por semideuses há muito mortos espalhados como tesouros perdidos, e ao fundo da sala, encostado num canto que parecia ser a quilômetros de distância, estava o que Louis procurava, mas não o que ele esperava.

Parecia um animal ferido a um primeiro momento, encolhido no chão envolto de uma névoa verde-jade, porém ao se aproximar, o filho de Dionísio viu que se tratava de várias coisas ao mesmo tempo.

Em um segundo, era um cachorro atropelado, no outro o bicho tremeluzia e virava uma criança suja encolhida no chão... E esses eram apenas as formas que o campista conseguia distinguir. Aquilo ali, seja o que era, era tudo e nada ao mesmo tempo.

E quando ele finalmente chegou perto, foi para longe.

Voou para longe, para bem baixo, mais do que jamais havia ido, mas mesmo assim sabia que estava no submundo: na beira do tártaro.

Então olhou para baixo, para a escuridão abismal e viu, mesmo sabendo que era impossível.

Um filho de Hades que outrora Louis havia conhecido estava ajoelhado no chão com os braços amarrados em uma grande barra de madeira, deixando-os esticados.

O garoto sabia que esse era o informante, sabia o que tinha que fazer, então pensou em pular no abismo...

Mas uma mão encostou em seu ombro, e ardia como ferro quente.

Quando o garoto abriu os olhos, percebeu que ainda estava no sótão, mas a imagem a sua frente não era de algum ser indefeso: Era o espírito de Delfos.

Para longe você vai viajar
Com uma missão
Mais importante do que você possa imaginar
Dois grandes amigos perdidos na escuridão
Você precisa salvar
Um está perdido por querer
E o outro, corrompeu seu próprio ser.

Em seguida, o espírito de Delfos grita e Louis apaga.

-----

Quando acorda, o semideus está na porta do sótão, e o dia está lindo. Perfeito para voar com um Pégaso, então o garoto vai até o estábulo e começa a lutar para por a sela em um dos seres.

- Você vai precisar de ajuda com isso aí, pô.
Era Cedar, conselheiro de Íris que ajuda o conselheiro de Dionísio a montar no cavalo alado.

- Se você machucar o Bodin, é bom nem voltar para o acampamento.

Com um tapinha na potranca, Louis estava nos céus, e tem um voo tranquilo até começar a sobrevoar um aeroporto. Ele podia descer direto no aeroporto, ou em alguns lugares da redondeza, como um parque abandonado, uma cobertura ou um anfiteatro a céu aberto que parecia estar em reforma.

#5

Re: Teste para Guarda | Louis.

por Ω Louis Kannenberg em Qui 11 Out 2018 - 11:43

Ω Louis Kannenberg

avatar
Filho(a) de Dionísio
Filho(a) de Dionísio
Ver perfil do usuário
Parte do medo causado pelo sótão eram os espólios e os olhos em frascos de conserva empilhados nas estantes, assim como as cabeças empalhadas de monstros que nunca tinha visto penduradas nas paredes. A outra parte era justamente o que eu tinha vindo procurar, e geralmente deixavam os semideuses á beira da loucura.

Assim que vejo o animal ferido e jogado nos cantos do sótão, meu coração aperta. Porém, quando chego perto, percebo que aquilo era muito mais do que os olhos podiam ver. O ser começa a tomar várias outras formas e a névoa verde que o circulava entregava sua identidade: O Oráculo. Neste momento a pena e a dó se esvaem do meu corpo, deixando apenas um leve pitada de raiva pelo maldito brincar com os meus sentimentos.

O Espírito parecia saber que fiquei bolado, pois assim que me aproximo já me encontrava na beira do Tártaro. Tive que me equilibrar para não cair na escuridão imensa do abismo e assim que começo a prestar mais atenção no ambiente, noto o filho de Hades acorrentado. O Informante. De algum mode eu sabia que era ele. Precisava tira-lo daquele sofrimento e completar minha missão imediatamente, então quando decidido que pular no abismo seria a minha única opção, algo ou alguém agarra meu ombro e a sensação era como se tivessem marcado minha pele com ferro quente.

Quando abro os olhos, o Espírito de Delfos me encarava enquanto recitava uma profecia. Assim que termina de recitar com sua voz rouca, ele solta um grito estridente que me faz apagar na hora.

Enquanto dormia, sonhei. Sonhei com a mão ardente agarrando meu ombro e as palavras do ultimo verso da profecia saindo flutuando de trás de mim e indo direto para dentro do abismo. Justo quando pensava em me virar para descobrir quem era o ser que se segurava, acordo no porta do sótão.

Balanço minha cabeça e olho em volta. Pela janela dava para perceber que o tempo havia mudado bruscamente e algo me dizia que não era por acaso, talvez os deuses finalmente haviam decidido ajudar. Saio da Casa Grande e vou direto aos estábulos. Estava tendo muitos problemas em colocar a maldita sela no pégaso, mas graças aos deuses Cedar vem ao meu auxilio. Assim que monto no cavalo alado, me despeço:

- Obrigado cara. - Falo realmente com gratidão no olhar. Em seguida acaricio a crina do Pégaso gentilmente e enquanto soltava um sorriso. -Não se preocupe, o Bodin está em boas mãos.

Saio dos estábulos e alço voo em direção ao aeroporto. Estava tão preocupado em curtir o cheiro de grama molhada que batia incessantemente contra o meu rosto que não notei quando chegávamos perto do aeroporto. Decido por aterrissar no estacionamento do local, não muito longe da entrada. A Névoa faria seu trabalho e esconderia o pégaso do olhos mortais, então não precisava me preocupar.

Assim que desmonto do pégaso, ordeno que retorne para o Acampamento imediatamente. Quando o mesmo alçar voo, adentro o aeroporto. Primeiramente encosto em uma das paredes e observo o movimento, procurando algo "mitológico" e incomum, com meu anel pronto para ser transmutado no sabre. Caso a barra esteja limpa, procuro um atendente mais afastado dos outros, para que meu próximo plano não dê errado, e me aproximo.

- Olá ! Tudo bem ? - Abro um sorriso usando todo o [Carisma] que conseguisse. - Preciso de uma passagem para Los Angeles no próximo voo, por favor.

Assim que o atendente me questionasse sobre a forma de pagamento, crio uma ilusão na cabeça do mesmo e coloco a mão no bolso, retirando a quantidade exata de "dinheiro mortal ilusório" para pagar minha passagem, abusando da minha habilidade de [Dramatizar] para ter mais chances de sucesso e depois entrego a ele.

Obs: Elmo do Ilusionista - Eleva em um nível a passiva [Ilusões] do conselheiro. Enquanto for usado, este não cairá em truques dessa categoria.

Passivas Importantes:
Nível 5 - Carisma: Carisma: O herói tem a capacidade de fazer amizade mais facilmente, podendo às vezes usar essa personalidade em suas missões para conseguir informações ou então passar por dificuldades. (+9 CHA)

Nível 11 - Dramatizar: Como filho do Deus do Teatro, filhos de Dionísio consegue fazer uma excelente dramatização de qualquer coisa, conseguindo contra mentiras e meias verdades como ninguém, ou exacerbar qualquer fato que quiram. (+8 CHA)

Nível 8 - Ilusões I: Neste nível, o filho de Dionísio começa a apreender uma das artes de seu pai: as ilsuões. Neste nível, suas ilsuões ainda não são ótimas, e tem seus efeitos melhorados contra oponentes bêbados. (+ 9 WIS, + 10 WIS CONTRA OPONENTES BÊBADOS)

Nível 15 - Ilusões II: Neste nível, suas ilsuões são muito boas, e tem seus efeitos melhorados contra oponentes bêbados. (+ 11 WIS, + 20 WIS CONTRA OPONENTES BÊBADOS)



#6

Re: Teste para Guarda | Louis.

por  em Qui 11 Out 2018 - 19:53


avatar
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
Era um aeroporto comum como qualquer outro. Algumas pessoas mais feias do que as outras, mas todas com algo em comum: Tinham pressa.

O conselheiro também a tinha, mas era paciente ao mesmo tempo. Com todo o cuidado que possuía, se esgueira até o balcão de uma companhia aérea e paga uma passagem com dinheiro falso. A moça estava tão absorta em seus próprios pensamentos que ser enganada pela névoa foi fácil.

O bilhete do garoto informava que seu voo partia em uma hora. Ele tinha esse tempo para fazer o que quisesse pelo aeroporto.

#7

Re: Teste para Guarda | Louis.

por Ω Louis Kannenberg em Qui 11 Out 2018 - 20:10

Ω Louis Kannenberg

avatar
Filho(a) de Dionísio
Filho(a) de Dionísio
Ver perfil do usuário
Enganar a mulher que me vendeu o bilhete foi mais fácil do que esperava. Infelizmente agora o próximo passo era esperar o embarque, porém não esperaria atoa. Infelizmente a hiperatividade não iria deixar.

Vou até um bebedouro, também mais afastado da multidão, e encosto na parede. Em seguida aperto o botão, transformando a água em vinho assim que meus olhos a vissem e depois deixando-o cair em minha tatuagem. Faço isso até que o embarque seja anunciado. Coloca a quantidade exata de vinho que guardei pra n confundir depois pls

Não havia encostado na parede por um acaso. Tendo um apoio, poderia focar minha visão em outros lugares. Aproveitaria disso para observar o local, o mundo mortal NUNCA é um lugar seguro.



Tatuagem escreveu:Tatuagem do Vinho: A tatuagem na palma da mão que armazena o vinho do filho de Dionísio. Será possível invocar quantos quiser, e armazenará quantos forem necessários. A tatuagem não FORNECE vinho, somente armazena.

Ativa escreveu:Nível 2 - Vinho: Esse poder permite de transformar água em vinho. Se uma pessoa que não criou o vinho o beber, ficará meio tonta por alguns segundos. O uso desta habilidade requer 15 pontos de energia e entrará em espera durante 2 rodadas.



#8

Re: Teste para Guarda | Louis.

por  em Dom 14 Out 2018 - 19:30


avatar
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
O semideus sai pelo aeroporto procurando um lugar afastado para brincar de jesus. Sua peripécia dura uns bons 10 minutos, acumulando 5 litros de vinho.

Porém, se o garoto achou que ninguém perceberia que ele estava jogando 'água' na mão, se enganou.

Um guardinha peludo em colete amarelo passa por Louis e o cumprimenta. O garoto alegremente cumprimenta de volta e ignora a ameaça iminente.

A próxima coisa que Louis percebe é uma clava de madeira batendo do lado de seu corpo e o jogando com bebedouro e tudo a uns 8 metros de distância.

O guardinha se revela ser um Minotauro, enfurecido.


Minotauro:

100%

Louis:

160/180
165/180

#9

Re: Teste para Guarda | Louis.

por Ω Louis Kannenberg em Dom 14 Out 2018 - 20:27

Ω Louis Kannenberg

avatar
Filho(a) de Dionísio
Filho(a) de Dionísio
Ver perfil do usuário
O plano era passar despercebido e fabricar centenas de litros de vinho, mas não seria assim tão fácil. Infelizmente o que parecia ser um guarda inofensivo acabou se tornando um minotauro com sede de sangue.

O ar sai dos meus pulmões instantaneamente enquanto sou jogado a metros de distância. Levo um segundo para recompôr o ar e averiguar se não havia nenhuma costela quebrada. Me levanto e logo em seguida transmuto o anel em sabre novamente, dessa vez preparado para o combate.

Apesar de ter muita resistência corporal, meu oponente tinha um QI um pouco abaixo da média então teria que partir pra cima com meus poderes mentais se quisesse ganhar. Avanço em direção ao minotauro, com uma estratégia pré-estabelecida.

Assim que chego a uns dois metros, aplico [Euforia]. Em seguida, crio uma ilusão no qual uma imagem exata de mim o ataca pela direita, enquanto o eu verdadeiro avança pela esquerda. Assim que a segunda imagem é formada, causo uma [Amnésia] no minotauro, deixando-o mais confuso ainda.

Caso minha estratégia dê certo, finalizo realizando uma estocada com a ponta do sabre em direção as costelas do monstro, injetando veneno paralisante em sua corrente sanguínea e recuando logo em seguida.

Ativas escreveu:Nível 1 - Euforia: Pode deixar o oponente levemente bêbado, tonto e tendo ilusões. O uso desta habilidade requer 10 pontos de energia e entrará em espera durante 4 turnos.

Nível 9 - Amnésia [Inicial]: Você pode fazer seu inimigo esquecer o que ia fazer, dessa forma cancelando um movimento de seu inimigo e ainda o fazendo ficar sem entender o que estava fazendo no momento. O uso desta habilidade requer 35 pontos de energia e entrará em espera durante 5 rodadas.

Passivas Importantes:
Nível 7 - Fintar I: Utilizando um sabre ou florete, o filho de Dionísio consegue utilizar suas habilidades teatrais e realizar fintas incriveis, aumentando a chance de acertar o lavo. (+6 AGI, + 4 CHA)

Nível 9 - Perícia com Espadas [Intermediária]: Confere nível de perícia [Intermediário] para a perícia com espadas. Permite que o herói treine suas outras perícias até o nível [Intermediário]. (+10 FOR)

Nível 10 - Agilidade [Intermediária]: Concede a capacidade de esquivar mais de ataques inimigos e também de ter mais acertos em seus ataques. (+10 AGI)

Nível 15 - Ilusões II: Neste nível, suas ilsuões são muito boas, e tem seus efeitos melhorados contra oponentes bêbados. (+ 11 WIS, + 20 WIS CONTRA OPONENTES BÊBADOS)



#10

Re: Teste para Guarda | Louis.

por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado


#11

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 4]

Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum