Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!




ATUALIZAÇÕES DO FÓRUM




Absolutamente TUDO de novo que foi adicionado ao fórum DEVE ser postado neste tópico (localizado em "Noticias e Atualizações" do Mural Divino). Esse é um tópico de uso exclusivo da ADM para expor novas informações e servirá como um meio de comunicação onde os players poderão se manter atualizados sobre aquilo que vem acontecendo dentro do fórum.
Por isso peço encarecidamente que sempre estejam olhando este tópico e que o enviem aos novatos para se ater das mesmas coisas que vocês, avisem colegas e amigos sempre que virem algo novo acontecendo.
Se você, jogador, tiver algo para falar a respeito do que foi postado aqui, use nossa chatbox ou mesmo o tópico da central de atendimento: http://www.heroisdoolimpo.com/t46-central-de-atendimento-ao-campista

IMPORTANTE: Esse tópico é para ser atualizado sempre que algo mudar, não precisa ser preenchido somente por Ártemis e Hefesto. Se vc tem algo novo para postar, POSTE COMO COMENTÁRIO AQUI, seja uma mega missão, ou qualquer outra coisa.

Veja em: http://www.heroisdoolimpo.com/t2341-atualizacoes-do-forum-leiam-e-fiquem-por-dentro-do-que-esta-acontecendo

Novidades serão postadas como comentários ao longo do tópico!



Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Acampamentos » Acampamento Meio-Sangue » Casa Grande » Livros e Fichas » 

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

✓ [FICHA] Jasper Carstairs

por Jasper Carstairs em Sab 1 Dez 2018 - 23:57

Jasper Carstairs

avatar
Filho(a) de Hécate
Filho(a) de Hécate
Ver perfil do usuário
Ω Nome: Jasper Carstairs
Ω Idade: 17
Ω Aparência: Jasper é um jovem de 17 anos, caucasiano de olhos claros do mesmo tom cinzento que nuvens antes de uma tempestade, cabelos loiros longos o suficiente para cobrir-lhe a face e traços fortes e bem definidos, tendo um queixo característicamente quadrado. Tem um porte naturalmente atlético, devido a um metabolismo acelerado.



Características Psicológicas:
Ω Humor: O humor de Jasper é uma característica peculiar dele, variando tanto quanto os tons de um arco-íris, às vezes calmo e centrado em um instante e no outro está explodindo por conta de alguma besteira, embora esse lado mais explosiva só se mostre à pessoas muito íntimas ao garoto. Sempre simpático e carismático, esconde o que sente na maior parte do tempo por não confiar em ninguém.
Ω Três Qualidades: Extremamente leal (Se conseguem conquistar sua lealdade), Corajoso e Inteligente
Ω Três Defeitos: Desconfiado, preguiçoso e cínico



Ω História:
Era uma noite fria em Falls Church, Virginia. Quando Aahron Carstairs conheceu Hécate, a deusa da magia, que se apresentou como Hécate Underwood, uma mortal que estava de visita à Falls Church, por trabalho. Aahron se apaixonou assim que a viu. Os dois ficaram juntos por cerca de um mês, até que Hécate foi embora, deixando um Aahron arrasado para trás. Após nove meses, Aahron recebeu a visita de Hécate, que lhe contou a verdade sobre si e entregou o menino para o pai cria-lo dando um aviso de que os onze anos o garoto deveria ser levado para Long Island que estariam esperando por ele.

Jasper cresceu tendo uma infância longe de ser normal. Por ser filho da deusa da magia, além de semideus, sua aura mágica era bastante influente em pequenos objetos, como livros, chaves, comida, etc. Sempre que se irritava com alguma coisa alguns desses objetivos voavam contra parede. Conforme foi crescendo, Jasper foi ficando com um temperamento mais calmo e controlado, de modo que ele se tornava quase um garoto normal, até completar 11 anos e ser quase morto por um lobo cego.  

Atrás da propriedade dos Carstairs, havia um bosque, onde Jasper costumava ir muito para andar sozinho. O dia em que as coisas mudaram, era apenas mais um dia normal e Jasper estava fazendo sua caminhada que se tornara quase diária pela floresta. Não estava muito longe de casa, quando um rosnado o fez congelar no local. Virando-se lentamente, ele viu um lobo parado, farejando o ar à frente.

Olhos de um branco leitoso, doentio, marcados por cicatrizes negras e cruéis, encaravam Jasper as orelhas se mexiam levemente a procura de quaisquer sinais sonoros de sua presa e, ficando em pé sobre as patas traseiras, ele farejou o ar a frente e ao sentir o cheiro do semideus se deixou cair novamente sobre as quatro patas e mostrou os dentes, sem fazer nem mesmo o menor dos barulhos.

Uma calma fria tomou o peito do garoto, que paralisado pelo susto e pelo medo havia congelado no lugar, mas agora as engrenagens em seu cérebro pareciam se alinhar e trabalhar rapidamente para salvá-lo daquela situação. Uma sensação inquietante começou a se acumular sob a pele de Jas, concentrando-se no coração, mas percorrendo todo o seu corpo, fazendo sua pele formigar.

O lobo rosnou e deu um passo à frente, e o que corria através das veias de Jasper se intensificou, cada vez mais e mais, até que parecesse que ia explodir. E um segundo mais tarde a escuridão tomou conta da vista de Jasper, fazendo-o mergulhar em um sono profundo e cheio de sonhos misteriosos com três mulheres.

Uma era jovem, bela, de pele clara, perfeita como porcelana, cabelos negros e lisos que balançavam lentamente com o vento de forma graciosa. A segunda era mais velha, carregava uma criança no colo, parecia na verdade com a primeira após algumas décadas e pôr fim a terceira era como as outras em aparência física, porém a pele já havia perdido mais elasticidade e caído um pouco, formando rugas encantadoras. O olhar de inocência na mais jovem, o olhar de proteção materna na do meio e um olhar de profunda sabedoria na anciã. E aqueles três olhares convergiam sobre o garoto, olhando-o analisando-o e chamando-o...

Um brilho dourado forte acordou o garoto, sua cabeça latejava de dor, fazendo-o levar as mãos ao rosto, protegendo os olhos da forte claridade do pôr do sol. “Pôr do sol...” Com um salto o garoto se pôs de pé, as memórias do dia anterior rapidamente preenchendo-lhe a cabeça, seu olhar correndo deum lado ao outro do bosque onde se encontravam, ele e o outro jovem, mas não seu pai, não alguém que ele conhecesse... O que havia acontecido?

- Calma Jasper – disse o outro jovem, atraindo toda a atenção do garoto para si. Cabelo cacheado, com pequenos chifres despontando entre os cachos negros, pele bronzeada e marcada por diversas cicatrizes, algumas quase imperceptíveis, outras já se destacavam na pele do jovem... “Sátiro” a palavra surgiu na mente de Jasper, assim como uma estranha sensação de familiaridade, de confiança. Por algum motivo confiava naquele ser de pernas de bode, percebeu o garoto mais tarde com um sobressalto.
Antes que Jasper pudesse perguntar qualquer coisa a mão do sátiro puxou a sua e ambos estavam logo correndo, o olhar do ser mítico disparava a cada sombra que crescia conforme a noite ia se assentando, arrastando Jasper cada vez mais fundo no bosque até que John foi atirado longe por algo, deixando cair uma espada longa e dourada, com um leve brilho que fez Jasper a pegar instantaneamente do chão, segurando-a com força.

Ali, em meio as árvores uma criatura perversa, ágil e faminta se empoleirou em meio aos galhos mais altos e com a visão aguçada observou o garoto antes de se lançar ao ar, descendo ao chão e pousando a alguns metros do garoto. Uma criatura metade ave, metade mulher, com um sorriso perverso no rosto.

A Harpia e seu sorriso, não foram bem recebidos pelo garoto, que jamais havia visto uma criatura como aquela antes e logo apontou a arma brilhante para ela, que não se intimidou, tanto pela aparente idade precoce do garoto, quanto pelo tremor que havia em suas mãos, ao segurar a espada.

-Abaixe isto – disse a criatura, com uma voz estridente, que poderia ser comparada ao barulho que faz o vidro ao ser arranhado, apontando para a arma nas mãos de Jasper – Isso não é coisa para crianças, querido.

O sorriso perverso continuava na face da criatura, enquanto ela se aproximava lentamente, com uma mão de garras cuidadosamente erguida, em direção à espada. Jasper, que não sabia o que fazer, brandiu a espada, sacudindo-a de um lado para o outro, fazendo a harpia se afastar, por precaução e ao ver ela se afastando, o garoto virou e saiu correndo, pela trilha, onde anteriormente o sátiro distraído caminhara tranquilamente.

Ele começou a correr o mais rápido que conseguia, mas a harpia era mais veloz e logo o alcançou e em um movimento desequilibrando-a enquanto o garoto imprudente, segurou-lhe o ombro, julgando mal a força do garoto, o que acabou se virava, tropeçando e com a espada fazendo um arco no ar. Tentando bloquear o golpe do garoto, a harpia ergueu as garras, que foram facilmente cortadas, e a espada continuou em seu trajeto, fazendo um corte profundo na altura do peito. Algo dourado começou a cair da ferida e guiado pelo instinto, o garoto descreveu outro arco com a espada, mirando mais para cima. A espada acertou a garganta da harpia, que havia ficado um instante paralisada, por ter sido ferido por uma criança. Se fosse um humano, ela teria sangue jorrando da jugular, mas tudo que aconteceu, foi uma grande explosão de pó dourada, enquanto a espada caia no chão.

Jasper Ficou ali parado, segurando a espada, por alguns minutos, quase em um estado de transe. Havia acabado de matar alguém. Tudo bem, ele estava apenas se defendendo, mesmo assim, não sabia o que aconteceria agora com ele. Ficava imaginando se seria punido ou expulso dali e teria que voltar a viver com seu pai... Onde ele estava?

Era algo um pouco demais para uma criança, e não conseguindo mais ficar ali, encarando o pequeno monte de pó dourado que havia se tornado aquilo que ele enfrentara, correu pela trilha, onde encontrou o sátiro que antes estava com ele, caído do lado de dentro de um portal de pedra, cercado por algumas pessoas que lhe apontaram armas iguais a que ele ainda carregava em suas mãos e antes que pudesse se dar conta, a escuridão envolveu novamente sua mente abalada, carregando sua consciência para longe, afundando em um sono conturbado, pesado e cheio de garras e asas e uma pergunta que lhe corroía por dentro... Onde estava seu pai?

#1

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum