Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!




ATUALIZAÇÕES DO FÓRUM




Absolutamente TUDO de novo que foi adicionado ao fórum DEVE ser postado neste tópico (localizado em "Noticias e Atualizações" do Mural Divino). Esse é um tópico de uso exclusivo da ADM para expor novas informações e servirá como um meio de comunicação onde os players poderão se manter atualizados sobre aquilo que vem acontecendo dentro do fórum.
Por isso peço encarecidamente que sempre estejam olhando este tópico e que o enviem aos novatos para se ater das mesmas coisas que vocês, avisem colegas e amigos sempre que virem algo novo acontecendo.
Se você, jogador, tiver algo para falar a respeito do que foi postado aqui, use nossa chatbox ou mesmo o tópico da central de atendimento: http://www.heroisdoolimpo.com/t46-central-de-atendimento-ao-campista

IMPORTANTE: Esse tópico é para ser atualizado sempre que algo mudar, não precisa ser preenchido somente por Ártemis e Hefesto. Se vc tem algo novo para postar, POSTE COMO COMENTÁRIO AQUI, seja uma mega missão, ou qualquer outra coisa.

Veja em: http://www.heroisdoolimpo.com/t2341-atualizacoes-do-forum-leiam-e-fiquem-por-dentro-do-que-esta-acontecendo

Novidades serão postadas como comentários ao longo do tópico!



Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Arenas » Arena MvP » 

Ir à página : 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 2]

Tânatos

Tânatos
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
É uma manhã fria, assim como qualquer dia de Outono no Acampamento Meio-sangue. O filho de Ares, assim como seus irmãos e irmãs, se encontra louco para uma batalha, não fazendo o minimo esforço para ir contra essa vontade, cedendo abstinência.

O semideus se equipa e se dirige até a arena. Ao entrar nela, o mesmo se depara com 3 esqueletos munidos de lanças e escudos, vestindo armaduras espartanas bem velhas, tendo até partes quebradas e a maioria delas enferrujadas. Os mesmos possuem espadas espartanas em suas cinturas.



Você já sabe as regras, então eu só lhe desejo boa sorte Manolo[/color]



"Os covardes morrem várias vezes antes da sua morte, mas o homem corajoso experimenta a morte apenas uma vez."
#1

Artas Sanada

Artas Sanada
Filho(a) de Ares
Filho(a) de Ares
Ver perfil do usuário
Equipamentos:
- Elmo Comum
- Peitoral de Couro
- Espada Curta
- Lança Curta[Elétrica]

__________________
Acessórios:

- Camiseta do acampamento (Laranja/Roxa)
__________________
Mochila Comum:

- Poção de Energia [Comum]
- Poção de Cura [Comum]



Bom... depois de um dia em estudo, decido ir a arena com meus equipamentos novos de campista. Segurei aquela espada rustica grega com um certo desconforto, já que passei anos de minha vida treinando com uma katana. Aquele peitoral e aquele elmo me incomodava um pouco apesar deles se encaixarem bem em meu corpo.

"Eu vou ver se arrumo algo mais oriental" - pensei. Mas pra isso eu teria que passar por aqueles três esqueletos bem armados ou eu morreria tentando.

Munido de minha lança curta elétrica, busco a segurar com as duas mãos dividindo bem os lados. Como eu não tinha escudo, eu buscaria usar a parte de trás da lança para bloquear.

Tendo em mente que eles poderiam me cercar, avanço com cuidado para o esqueleto da ponta esquerda. Finjo uma estocada na cara do esqueleto elevando bem meus braços a frente enquanto faço base com as pernas. Como sei que ele poderia se defender com o seu escudo, rapidamente direciono a ponta de minha lança para baixo enquanto giro meu quadril para por fim, golpear as pernas do esqueleto com a parte de trás da lança pegando-o de surpresa. Giro bem forte a ponto de fazer recuar os outros esqueletos caso eles viessem. Feito isso, aproveito para recuar com a facilidade que obtive com a base das pernas mantendo minha lança a frente pronto para bloquear possíveis ataques.



Passivas:
Nível 1 - Ambidestria: O herói controla armas com as duas mãos com total habilidade.

Nível 1 - Regeneração de Batalha I: Os heróis regeneram 5 pontos de vida por rodada, quando estão em batalha.



[MvP Comum] - Artas com sobrenome altamente propenso a trocadilhos 792d6410
Bushido
"Justiça, Honra, Respeito, Coragem, Honestidade"
#2

Tânatos

Tânatos
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
Após pensar de forma saudavelmente ambiciosa, o semideus se aproxima de seus inimigos de forma cautelosa, se mantendo atento ao movimento dos mortos-vivos, os quais se mantinham parados, como se estivessem esperando alguma coisa ou bolando algum plano. Após um tempo, dois deles recuam, fazendo com que o do meio fique na frente, com dois metros de distância dos outros.

O semideus, vendo que seria difícil de atingir o da ponta esquerda, muda o seu alvo, assim avançando contra o do meio. Ao chegar perto, o semideus finge que irá disferir uma estocada contra a face esquelética da criatura, a qual levanta o seu escudo e recua um pouco. Demonstrando um bom controle sobre a sua lança, o filho de Ares muda o seu percurso de seu ataque, apontando a ponta da lança para baixo e disferindo um ataque simples com a parte de trás da lança, não o machucando a ponto de atrapalhar a sua velocidade. Feito isso, o semideus gira com a sua lança, impedindo que o seu inimigo o ataque, também fazendo um ferimento um pouco mais sério em suas costelas.

Os outros esqueletos não fazem nada até o momento.



Artas
Vida: 100/100
Energia 100/100

Esqueleto 1
85%

Os outros dois
100%



"Os covardes morrem várias vezes antes da sua morte, mas o homem corajoso experimenta a morte apenas uma vez."
#3

Artas Sanada

Artas Sanada
Filho(a) de Ares
Filho(a) de Ares
Ver perfil do usuário
A rapidez dos meus movimentos fluem com pouca resistência. A costela do meu único inimigo naquele momento sofrera com o descuido do mesmo. Recuado eu estava e nenhuma expressão brusca dos outros inimigos havia sido demonstrada.

Busco então movimentar para não perder o ritmo da batalha a ponto de ter os três inimigos em meu campo de visão e olhando com foco principal para o meu inimigo a minha frente, seguro firme a minha lança com dons elétricos e dou um leve avanço para o lado que ele portava o escudo, mas não a ponto que eu chegasse tão perto para o mesmo me golpear com o escudo. Busco ainda usar a extensão de meus braços com a lança para me manter afastado dos possíveis golpes de escudo.

No meu ataque, a ponta da minha lança estaria um pouco mais baixa da altura de minha cintura. Eu buscaria golpear sua perna. Entendendo que ele poderia agir, ainda em meu movimento, aplico um giro rápido fazendo a extremidade de trás da minha lança ir mais uma vez a frente, golpeando-o acima do escudo. Concluo meu movimento recuando girando a lança quase sobre minha cabeça com as duas mãos fazendo a ponta da lança ir para frente de novo tão rapidamente quanto o primeiro movimento, buscando rebater a lança de meu inimigo.


Passivas:
Nível 1 - Ambidestria: O herói controla armas com as duas mãos com total habilidade.

Nível 1 - Regeneração de Batalha I: Os heróis regeneram 5 pontos de vida por rodada, quando estão em batalha.



[MvP Comum] - Artas com sobrenome altamente propenso a trocadilhos 792d6410
Bushido
"Justiça, Honra, Respeito, Coragem, Honestidade"
#4

Tânatos

Tânatos
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
O semideus, ainda mantendo uma postura agressiva, se aproxima do inimigo, ficando mais ao seu lado esquerdo do esqueleto, mantendo uma distancia boa o suficiente para que o escudo de seu inimigo não o atinja. Um pequeno período de tempo depois, ambos avançam com as suas lanças, disferindo ataques rápidos e potentes um contra o outro. A lança do morto vivo atinge o abdomen do semideus, passando as defesas de seu peitoral, mas não cortando muito a sua pele, não lhe causando um dano muito grande, enquanto a lança do semideus atinge o joelho do esqueleto, rompendo a ligação dele com o resto da perna.

Ao sentir a dor da lamina adentrando a sua pele, Artas reage quase que instantaneamente, rebatendo a lança de seu inimigo e assim, além de o derrubar no chão, ela faz a lança sair de forma dolorosa. Após isso, os esqueletos se aproximam do semideus com os escudos levantados, assumindo uma posição defensiva.



Artas
Vida: 90/100
Energia 100/100

Esqueleto 1
55%

Os outros dois
100%



"Os covardes morrem várias vezes antes da sua morte, mas o homem corajoso experimenta a morte apenas uma vez."
#5

Artas Sanada

Artas Sanada
Filho(a) de Ares
Filho(a) de Ares
Ver perfil do usuário
A dor daquele golpe percorria meu corpo. Isso me fazia ter mais atenção naquele momento. Eu não poderia simplesmente girar e atacar como um cara experiente. Eu teria que limitar isso aplicando golpes mais simples, rápidos e precisos.

Vendo que os demais vinham defensivamente em minha direção e que outro estava ao chão, limito meu espaço entre o esqueleto caído. Busco roçar nossas lanças enquanto afasto a mesma no momento que piso bem forte em seu escudo. Provavelmente ele tentaria me derrubar, então busco pisar mais para o lado onde supostamente ficava a mão do mesmo pois se eu pisasse mais para o lado onde ficava o cotovelo, ele teria mais mobilidade de me derrubar. Busco prensar o escudo dele contra o peito e com um movimento simples, giro 90 graus minha lança para atingir a cabeça do esqueleto no chão.

Caso meus movimentos não sejam rápidos o suficiente para eu me desvencilhar dos outros esqueletos, busco arquear meu corpo com a lança em posição defensiva sempre movimentando a minha arma para ter mais mobilidade de defesa desviando seus ataques, mas caso eu consiga ser mais rápido que os demais, busco recuar com a lança em posição defensiva sempre movimentando a mesma para ter mais mobilidade de defesa.

Passivas:
Nível 1 - Ambidestria: O herói controla armas com as duas mãos com total habilidade.

Nível 1 - Regeneração de Batalha I: Os heróis regeneram 5 pontos de vida por rodada, quando estão em batalha.



[MvP Comum] - Artas com sobrenome altamente propenso a trocadilhos 792d6410
Bushido
"Justiça, Honra, Respeito, Coragem, Honestidade"
#6

Tânatos

Tânatos
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
O semideus, ao ver o seu ferimento, toma consciência de sua experiencia, a qual ainda é a de um iniciante. Pensando nisso, o semideus toma uma postura mais básica, com ataques simples que podem se demonstrar extremamente efetivos para essa situação.

Ele encosta a sua lança na do monstro antes que ele faça qualquer movimento contra o garoto, impondo força para que ele não perca o controle da situação. O semideus, atento aos outros dois esqueletos, pisa no escudo que estava encima do peitoral dele, amaçando o seu peitoral e destroçando sua costela, assim o matando.

Os outros dois esqueletos, ao verem isso. se preparam par avançar, um com uma grande possibilidade de dar uma estocada e o outro com se preparando para arremessar a lança.  



Artas
Vida: 95/100
Energia 100/100

Esqueleto 1
morto

Os outros dois
100%



Última edição por Tânatos em Dom 16 Dez 2018 - 2:10, editado 1 vez(es)



"Os covardes morrem várias vezes antes da sua morte, mas o homem corajoso experimenta a morte apenas uma vez."
#7

Artas Sanada

Artas Sanada
Filho(a) de Ares
Filho(a) de Ares
Ver perfil do usuário
As costelas do esqueleto se quebram com a pisada. Não houve grito do inimigo, apenas o pó do vestígio de sua breve existência sobia por meus pés.
A reação dos demais esqueletos era esperada. Talvez tenham julgado que um dentre eles já era o bastante. Posicionei-me a uns 3 passos para trás de onde eu estava elevando a ponta afiada da lança elétrica a minha rente, na altura do peito, girando de leve a mesma.

Nesse momento, busco então uma postura mais defensiva. Eu era um filho de Ares-sama, mas não significava que eu tinha que atacar como um cachorro enraivecido. Olho então para ambos em meu campo de visão. Um tinha grande possibilidade de me estocar por conta da sua provável postura de combate. O outro parecia que queria "lançar sua lança". Provavelmente ele tentaria um truque em conjunto.

Tendo em mente essas possibilidades com um possível trabalho em equipe, posiciono a minha lança elétrica meio vertical e meio horizontal a minha frente, dou uma, duas fintas me posicionando contra o que estava para me estocar para que o mesmo ficasse entre mim e o outro esqueleto. Atacando-me, rebato a lança dele de cima para baixo enquanto faço minha postura mais sólida. Nesse meio tempo, termino girando a lança da ponta de trás para frente com uma postura mais recuada pois o outro poderia arremessar sua lança contra mim, com isso eu poderia recuar saltando. A ideia era buscar uma cobertura parcial contra o lançador usando o esqueleto a minha frente e manter os dois no meu campo de visão pois haveria uma chance, mesmo que pequena de um atacar o outro.

Passivas:
Nível 1 - Ambidestria: O herói controla armas com as duas mãos com total habilidade.

Nível 1 - Regeneração de Batalha I: Os heróis regeneram 5 pontos de vida por rodada, quando estão em batalha.



[MvP Comum] - Artas com sobrenome altamente propenso a trocadilhos 792d6410
Bushido
"Justiça, Honra, Respeito, Coragem, Honestidade"
#8

Tânatos

Tânatos
Deus Menor
Deus Menor
Ver perfil do usuário
Artas, percebendo que teria que desviar de dois ataques, assume uma posição mais defensiva, mantendo a sua lança na diagonal, bolando uma pequena estratégia. Ele avança, realizando duas fintas e com isso, além de confundir os dois esqueletos, o semideus deixa o que vai dar a estocada entre ele e o que irá arremessar a lança, assim dificultando consideravelmente os movimentos do arremessador. Entre essas fintas, o esqueleto mais próximo tenta empalar o semideus com a sua lança, mas ele somente consegue atingir o peitoral do mesmo, nem o danificando.

Um ventania começa na Arena, deixando o ambiente mais frio que o com, fazendo o semideus sentir alguns calafrios, algo que não atrapalha nenhum dos guerreiros presentes na arena sendo somente um artifício do narrador para trocar de paragrafo. Aproveitando o movimento de seu oponente, Artas rebate a lança de seu inimigo, a fazendo encostar no chão e desfazer toda a postura ofensiva de seu inimigo. Feito isso, o filho de Ares gira a parte de trás de sua lança de forma bem rígida e recuada, atingindo a cabeça do esqueleto, mas não o infringindo grandes danos por causa do capacete. Feito isso, o semideus recua com um pulo e durante isso, ele consegue ver algo passando por cima dele e quando ele encosta os seus pés no cão, ele sente algo encostando nas suas costas. O campista olha para os seus inimigos e percebe que isso se trata do cabo da lança que fora arremessada.




Artas
Vida: 95/100
Energia 100/100

Esqueleto 1
morto

Esqueleto 2
95%

Esqueleto 3
100%

Recado: primeiramente, eu peço desculpas pela demora e em segundo lugar, eu quero deixar avisado que domingo eu só poderei postar lá pras cinco horas por causa de uma prova que eu estarei fazendo



"Os covardes morrem várias vezes antes da sua morte, mas o homem corajoso experimenta a morte apenas uma vez."
#9

Artas Sanada

Artas Sanada
Filho(a) de Ares
Filho(a) de Ares
Ver perfil do usuário
O trabalho em conjunto daqueles esqueletos estava me dando uma certa dificuldade numa luta corporal. Eu não poderia simplesmente diminuir o espaço entre mim e um oponente sem levar em conta os possíveis feitos do outro.

Ao terminar o recuo, percebi que era realmente uma lança que havia passado por mim quando a encostei com as costas. "Eita" - Pensei. Provavelmente o que arremessou usaria sua espada aparentemente espartana em sua cintura, mas a distância entre mim e ele era maior do que o esqueleto que estava a minha frente. Então busco aproveitar disso.

Passo a mão para trás pegando a lança do inimigo que estava encravada no chão. Em sequência, puxo-a girando a mesma na direção do esqueleto que estava na minha frente. Giro entrando em fúria deixando meus golpes furiosos com o intuito de desequilibrar o esqueleto a minha frente. Provavelmente ele tentaria um movimento mais defensivo. Com isso em mente, busco nesse mesmo giro atingir sua lança que estava em sua mão desviando-a para o lado do seu escudo com o intuito de abrir sua guarda e ou atrapalhar seus movimentos. Provavelmente ele teria uma certa dificuldade em girar sua lança já que a mobilidade maior seria com as duas mãos. Termino com uma lambada lateral entre seu ombro e cabeça com a outra lança, a lança elétrica. Finalizo meu movimento com as duas lanças a frente com a finalidade de aumentar o espaço entre mim e meus inimigos. Uma lança apontando para cada.


Passivas:
Nível 1 - Fúria: Quando o herói está em estado de fúria ele causa dano maior(+4 DANO) do que o normal, além de uma regeneração gradual de 5 HP. (+5 FOR QUANDO EM FÚRIA)

Nível 1 - Ambidestria: O herói controla armas com as duas mãos com total habilidade.

Nível 1 - Regeneração de Batalha I: Os heróis regeneram 5 pontos de vida por rodada, quando estão em batalha.


Nível 1 - Golpes Furiosos: Os golpes do herói possuem a mesma força e intensidade de quando o herói está em estado de fúria, porém com o custo de 50% de seus pontos de vida totais. Exemplo: você nível 1 entra em Fúria, seus pontos de vida valem 100, 50% de 100=50, esses 50 pontos de vida são subtraídos dos seus pontos de vida atuais em batalha, ou seja se você não pode entrar em Fúria se estiver com menos da metade de sua vida.



[MvP Comum] - Artas com sobrenome altamente propenso a trocadilhos 792d6410
Bushido
"Justiça, Honra, Respeito, Coragem, Honestidade"
#10

Conteúdo patrocinado


#11

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 2]

Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum