Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!




ATUALIZAÇÕES DO FÓRUM




Absolutamente TUDO de novo que foi adicionado ao fórum DEVE ser postado neste tópico (localizado em "Noticias e Atualizações" do Mural Divino). Esse é um tópico de uso exclusivo da ADM para expor novas informações e servirá como um meio de comunicação onde os players poderão se manter atualizados sobre aquilo que vem acontecendo dentro do fórum.
Por isso peço encarecidamente que sempre estejam olhando este tópico e que o enviem aos novatos para se ater das mesmas coisas que vocês, avisem colegas e amigos sempre que virem algo novo acontecendo.
Se você, jogador, tiver algo para falar a respeito do que foi postado aqui, use nossa chatbox ou mesmo o tópico da central de atendimento: http://www.heroisdoolimpo.com/t46-central-de-atendimento-ao-campista

IMPORTANTE: Esse tópico é para ser atualizado sempre que algo mudar, não precisa ser preenchido somente por Ártemis e Hefesto. Se vc tem algo novo para postar, POSTE COMO COMENTÁRIO AQUI, seja uma mega missão, ou qualquer outra coisa.

Veja em: http://www.heroisdoolimpo.com/t2341-atualizacoes-do-forum-leiam-e-fiquem-por-dentro-do-que-esta-acontecendo

Novidades serão postadas como comentários ao longo do tópico!



Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Resto do Mundo » Resto do Mundo » 

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

Escolta (Luck Dillan) - Rubén Edouàrd

por Hermes em Ter 20 Dez 2011 - 14:32

Hermes

Hermes
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
Quiron estava a procura de semideuses para uma escolta, quando Rubén, filho de Tânatos, entrou em seu escritório pedindo ajuda sobre um assunto e ele percebeu que este seria perfeito para a escolta. Ele explica a situação para o filho de Tânatos, e lhe entrega a carta enviada pelo garoto. Depois de ler a carta umas três vezes o menino segue até o seu chalé e busca seus equipamentos.

Quando ele volta a Casa Grande, Quiron já o está esperando, com um mochila bem pesada, eram os equipamentos iniciais do garoto que ele iria escoltar.


- Argos levará você ao aeroporto, e com isso você terá mais tempo para achar o campista. Tome são 900 dólares, tem como você ir e voltar de avião. Boa sorte garoto!

Com isso o centauro se vira e entra novamente na Casa Grande. O garoto sobe a colina e Argos o leva até o aeroporto internacional, o lugar está lotado, já que são verias de verão. Uma quantidade incrível de adolescentes viajando falam ao mesmo tempo, a filha para o check in está enorme, a aeroporto está quase mergulhado no caos, enquanto uma quantidade incrível de pessoas fala ao mesmo tempo. O garoto vê que na American Air Lines tem uma placa de todo o tamanho escrito:

“Semideuses aqui tem desconto de 30% no valor da passagem, ordens de Zeus.

P.S.: Isso não vale para os filhos de Poseidon, eles pagam uma taxa a mais de segurança.”

Os mortais parecem não ver a placa, mas mesmo assim o quiche está lotado de gente querendo comprar passagens aérea. Ninguém queria viajar de ônibus.

#1
Ver perfil do usuário
Eu precisava falar com Quíron, algo que, desde que chegara, jamais pudera fazer. Certamente continuaria sem fazê-lo. Ao saber da carta de Luck, me ofereci prontamente para resgatá-lo. Eu, melhor do que ninguém, sabia como pode ser horrível partir em busca do acampamento sozinho, inexperiente e desacompanhado. Não que agora eu fosse exemplo de heroi, longe disso: havia muito o que aprender.

Parto com Argos para o aeroporto de Nova York. Puxei minha mochila do bagageiro, despedindo-me do motorista-sênior do acampamento com um aceno de cabeça.

Me dirijo aos guichês de venda de passagens, lotadíssimos. Mas um, da American Air Lines, atraiu minha atenção. Aparentemente, vendiam passagens COM descontos para semideuses. "Excelente!", pensei, e me dirigi à fila daquele balcão, aguardando para falar com o vendedor.

#2

Re: Escolta (Luck Dillan) - Rubén Edouàrd

por Hermes em Ter 20 Dez 2011 - 15:03

Hermes

Hermes
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
Assim que o filho de Tânatos chega ao balcão uma ninfa do vento olha para ele, ela estava digitando algo freneticamente no computador.

-Oba! Mais um semideus... Então p.. garoto no que eu posso te ajudar? – Ela tinha a voz doce como mel, e era encantadora, mas de vez em quando ela sumia e reaparecia, o seu hálito era como as brisas da primavera. – Pare de ficar com essa cara de bobo e me diga o que você quer, vários semideuses passam por aqui todos os dias e eu preciso ser rápida.

O garoto pede os preços das passagens e a ela da o preço, são exatos 250 dólares com o desconto. O garoto paga pelas passagens e segue para o detector de metal que não detecta nenhum de seus equipamentos já que todos são de metal divino.

Depois de 2 horas de espera ele finalmente embarca no avião. A classe econômica não é o melhor lugar para se viajar e para ajudar duas crianças mortais que senta atrás do garoto estão chutando o banco com muita força. As horas de voo deixam o filho de Tânatos irritado e entediado, assim que o avião pousa, ele agradece o fim da viagem e caminha para a fora do aeroporto. Agora somente existe um problema, Seatle é uma cidade enorme e existem varias estradas, e o indefinido não havia sido especifico de onde ele estaria, em qual estrada ele morava. Além do mais já era noite o que tornava a busca ainda mais perigosa e difícil.

#3
Ver perfil do usuário
Estava em casa esperando minha escolta chegar,até que escutei um grande estrondo,na frente de minha casa,fiquei um pouco preucupado,mas preferi ficar ali,até que o barulho se repete,como se estivessem tentando arrombar uma grande porta,dou a volta na casa,para sair em frente,passo por um canteiro de flores e continuo indo reto chego na frente de casa e me deparo com alguma coisa grande,mas eu não conseguia ver o mesmo,pois ele estava encoberto pelas sombras,ele tentava entrar na minha casa,mas algo o impedia,me enosto no muro e fico ali parado,esperando que o mesmo não me ataque.

#4

Re: Escolta (Luck Dillan) - Rubén Edouàrd

por Hermes em Ter 20 Dez 2011 - 17:30

Hermes

Hermes
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
Luck estava em casa quando ouve um barulho muito forte, o seu pai havia saído, então ele com medo fica parado e caminha até o quarto do pai, já que de lá dava para ter uma vista melhor da frente da casa, mas ele prefere não mexer nas cortinas. Em cima de um dos criados mudos a um bilhete, a caligrafia do pai está naquele pequeno pedaço de papel.

“Filho;
Desculpe por tudo o que você está passando agora, pegue na ultima gaveta um ramo de trigo ele te guiara até a sua ajuda. Pegue o carro na garagem e vá.

Sua mãe vai te ajudar meu querido, ela é...”

Mas o resto do bilhete estava ilegível algo havia borrado ele, e Luck soube que eram lágrimas. Ele desce as escadas correndo e pega as chaves do carro, ele não tinha idade para dirigir, mas o seu pai havia lhe dados umas aulas de direção durante outros verões. Assim que ele entra na garagem a porta da sala arrebenta, ele da a partida rapidamente no carro e levanta a porta da garagem, e sai dirigindo feito louco, o ramo de trigo que ele haviam pego na gaveta do pai estava indicando para o centro da cidade, algumas quilômetros adiante ele vê alguns carros de policia, mas não tem como parar ele sente que precisa chegar ao centro da cidade.

Ao longe o aeroporto está completamente iluminado, Rubén toma um taxi e vai para o centro da cidade, ele tem a plena impressão de que precisava chegar lá o mais rápido possível. Assim que ele chega ao centro, se arrepende completamente, o local está cheio de adolescentes, alguns já bêbados, outros conversando em bares, lanchonetes e pubs, nenhum semideus ficaria ali, ainda mais sendo perseguido. O filho de Tânatos, senti um frio na espinha, como se algo ali estivesse muito fora do comum, os adolescentes em férias estavam aproveitando o calor que fazia em Seatle, algumas garotas estavam apenas de shorts e camisetas, enquanto vários dos garotos mais velhos do ensino médio exibiam seus músculos recém adquiridos.

Todos olham para Rubén como se ele estivesse com um bicho morto em sua cabeça, ele olha para si mesmo e se vê com os equipamentos de defesa e foice, mas a nevoa deveria disfarçar esses equipamentos. Ele continua andando a procura de um mapa, ou coisa assim.

Luck pragueja mentalmente, porque faltava tão pouco tempo para ele completar 16 anos? Ele passa em alta velocidade pelos policiais que parecem primeiramente nem notar a sua posição, seu celular começa a tocar, mas ele não tem tempo para atender, quando mais perto da cidade mais brilhante o ramo fica, e mais aponta para o centro da cidade. O céu iluminado de Seatle pelas luzes da cidade vai ficando cara vez mais sem estrelas, ele entra no subúrbio da cidade e continua seguindo para o centro da cidade, o carro em alta velocidade, assim que ele cruza o limite do subúrbio e passa pelo primeiro prédio indicando que chegara ao centro da cidade, ele encosta o carro e se vê em uma situação estranha, praticamente toda a sua escola está aproveitando a noite fresca de Seatle ali, ele pode ver as lideres de torcida, os jogadores de futebol, até os nerds. Ele sai com carro e começa a andar, quando vê um garoto vestido com um peitoral de couro e equipado com uma foice, o ramo aponta para ele e praticamente puxa Luck até o mesmo, que vê aquilo e fica pasmo.

#5
Ver perfil do usuário
o ramo de trigo me leva para um garoto com uma armadura de gerra Grega,fico um pouco impressionado mas pego mesmo pelo braço e aponto para o carro.
-Entra no carro
Ele meolha como se eu fosse louco então eu falo:
-Você esta aqui por causa da minha escolta certo? Bom,tem um monstro de 2 metros me seguindo,então você pode por favor entrar no carro?
Ele olha para mim comum olhar desconfiado,mas no final entra no carro,eu não sabia o que fazer,então apenas fui dirijir pela cidade,esperando orientação.

#6

Re: Escolta (Luck Dillan) - Rubén Edouàrd

por Hermes em Ter 20 Dez 2011 - 19:23

Hermes

Hermes
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
Luck explica quem é para Rubén e este segue o indefinido para dentro do carro, que está parado do outro lado da multidão. Enquanto eles atravessam Luck sente um aberto em volta de seu braço e um puxão, é um dos jogadores de futebol americano, ele está vestido com o uniforme do time. E está completamente chapado.

- Ei plantinha! – Ele estava usando um dos apelidos que Luck recebera, já que o seu pai era dono de uma dos maiores floriculturas de Seatle. – Está de coleguinha novo é? Que interresante, será que ele quer conhecer o resto do pessoal? Nunca vi ele na escola, você é novo aqui...marmota?

Rubén estala os dedos em indignação, o gesto não passa despercebido pelo jogadores de futebol metido a valentão.

- Olha é uma marmota bravinha... e ai o que você vai fazer comigo? – Ele estava conseguindo provocar o filho de Tânatos. O garoto da um passo a frente, ainda com os punhos fechados, enquanto o valentão fica olhando para Luck. O indefinido consegue se livrar do aperto e coloca a mão sobre o ombro de Rubén.

- Deixa para lá, ele está bêbado e não vale a pena.

Assim que os garotos se fecham no carro, Rubén começa a falar para Luck sobre o acampamento e sobre os deuses gregos ainda estarem vivos, e entrega para o mesmo os seus equipamentos iniciais. Luck tenta dar a partida no carro, mas ele não pega, as luzes do painel não acedem, ele tenta de novo, mas nada acontece, então resolve verificar a bateria. Assim que ele abre o capô do carro tem uma grande surpresa, onde estava a bateria? Ela havia sumido, o garoto entra em pânico, quando ele vê Rubén está ao seu lado, e está tentando verificar o estrago, havia sinais de arrombamento, e os fios que ligavam a bateria ao sistema elétrico do carro estavam arrebentados. Eles não sairiam dali de carro.

- Matar? Matar? Matar?

Ao ouvirem essas palavras eles se viram abruptamente, e dão de cara com um garoto de mais de 2 metros de altura com uma bola flamejante nas mão direita, ele está somente de bermuda, e o seu peitoral e braços fortes indicam que não será legal uma briga corpo a corpo com esse cara.

Lestrigão: 200/200

#7
Ver perfil do usuário
Olho para o garoto,bom,o que posso dizer dele...ele era alto,e também bem forte,coloco o elmo e o peitoral que havia ganhado,e pego minha espada,giro a espada nos dedos.
-Sim cérebro de minhoca,matar Você.
Corro em direção ao monstro tentando atacar qualquer parte em que pudesse feri-lo,dou um salto para trás rapidamente para não ser atingido,não queria acabar com uma bola flamejante na cabeça...,rolo para trás dele,tento fazer cortes em sua perna,depois volto para trás novamente,e fico ali parado,se ele atacasse,eu iria contra-atacar...

#8

Re: Escolta (Luck Dillan) - Rubén Edouàrd

por Hermes em Ter 20 Dez 2011 - 20:00

Hermes

Hermes
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
Luck começa a se equipar o mais rápido que podia, mas ele não sabia como vestir aquilo, eram um monte de cordas, que deviam ser encaixadas nos lugares certos, a coisa mais fácil foi vestir o elmo. Ele sente um encontram e vê que é Rubén o jogando no chão, o Lestigão havia atirado a sua bola de fogo, e agora o carro de seu pai estava em chamas.

O Lestrigão começa a rir ao mesmo tempo em que pega outra bola de fogo, os garotos arregalam os seus olhos. As pessoas que estavam na praça começam a correr assustadas com a explosão. Rubén começa a puxar Luck para longe do Lestrigão, eles entram em um beco e o filho de Tânatos ajuda o indefinido a se equipar, mas outra bola de fogo arrebenta a parede de um prédio, bem perto dos garotos. A poeira invadi o lugar, ambos começam a tossir e saem do beco, a Lestrigão já havia destruído metade da praça, e continuaria a destruição, ele atira mais uma bola de fogo em um prédio próximo que explode em chamas.


Lestrigão: 200/200

#9

Dionísio

Dionísio
Deus Olimpiano
Deus Olimpiano
Ver perfil do usuário
l CANCELADA l

#10

Conteúdo patrocinado


#11

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum