Herois do Olimpo RPG

Fórum de Mitologia Grega baseado em Percy Jackson e os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo!




ATUALIZAÇÕES DO FÓRUM




Absolutamente TUDO de novo que foi adicionado ao fórum DEVE ser postado neste tópico (localizado em "Noticias e Atualizações" do Mural Divino). Esse é um tópico de uso exclusivo da ADM para expor novas informações e servirá como um meio de comunicação onde os players poderão se manter atualizados sobre aquilo que vem acontecendo dentro do fórum.
Por isso peço encarecidamente que sempre estejam olhando este tópico e que o enviem aos novatos para se ater das mesmas coisas que vocês, avisem colegas e amigos sempre que virem algo novo acontecendo.
Se você, jogador, tiver algo para falar a respeito do que foi postado aqui, use nossa chatbox ou mesmo o tópico da central de atendimento: http://www.heroisdoolimpo.com/t46-central-de-atendimento-ao-campista

IMPORTANTE: Esse tópico é para ser atualizado sempre que algo mudar, não precisa ser preenchido somente por Ártemis e Hefesto. Se vc tem algo novo para postar, POSTE COMO COMENTÁRIO AQUI, seja uma mega missão, ou qualquer outra coisa.

Veja em: http://www.heroisdoolimpo.com/t2341-atualizacoes-do-forum-leiam-e-fiquem-por-dentro-do-que-esta-acontecendo

Novidades serão postadas como comentários ao longo do tópico!



Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

 » Resto do Mundo » Resto do Mundo » 

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 3 de 5]

Marvolo Burbage

Marvolo Burbage
Filho(a) de Hermes
Filho(a) de Hermes
Ver perfil do usuário
Saio do carro com Alana, já checando tudo.

- Um frasco inteiro deve dar para um tempo suficientemente bom, por volta de meia a uma hora.

Fico atento a tudo, a espera dos touros. Vou andando ao lado de Alana para podermos formar uma força de defesa maior melhor.

Passivas a considerar:
Nível 3 - Amizade: O filho de Hermes assim como o seu pai e capaz de fazer amigos em qualquer lugar que vá, ele tem a lábia muito boa e pode vir a conseguir aliança em batalha com outros seres.
Nível 5 - Golpe Duplo: o herói pode dar dois golpes em um post, desde que esteja utilizando armas leves (adaga ou espada curta)
Nível 6 - Charme: O Filho de Hermes que é level 6, desenvolve um Charme encantador.
Nível 9 - Perícia com Facas[Intermediário] : Confere nível de perícia [Intermediário] para a perícia com facas. Permite que o herói treine suas outras perícias até o nível [Intermediário].
Nível 10 - Destreza [Avançada]: Agora o filho de Hermes é muito mais rápido, ágil e veloz que todos os outros heróis.
Nível 11 - Arremesso: o herói tem facilidade para arremessar coisas leves (inclusive armas curtas) que dificilmente não acertaram o alvo.
Nível 12 – Sorte: O Filho de Hermes nesse nível ganha a mais poderosa arma de todas, a sorte .
Nível 15 - Esquiva Sobrenatural: o herói adquire a habilidade intuitiva de reagir ao perigo antes que seus sentidos consigam identificar a ameaça. O narrador deverá definir os efeitos desta habilidade.



#21

Re: Hunt 7| Texas| Alana e Marvolo

por Hera em Seg 5 Mar 2012 - 17:42

Hera

Hera
Deusa Olimpiana
Deusa Olimpiana
Ver perfil do usuário
Os campistas vão andando, o taxista que foi embora assim que eles deixaram o taxi, e as três quadras que eles tinham que atravessar pareciam longas com o sol quente e a pino em que sem encontrava naquele momento, e o tempo seco tão comum do Texas não estava ajudando, eles sentiam muito calor e sede, e o material que carregavam parecia pesar em suas mãos e costas, eles estavam ficando exaustos de forma rápida e anormal, aquele calor todo estava anormal demais.

Mas eles não tinham qualquer indicação do que poderia ser, a vezes era dos próprios monstros que vieram derrotar, e em mais outros longos e difíceis passos eles finalmente alcançaram a porta do parque o abrindo, revelando a grama verdejante do lugar, e mais ao longe eles podiam ver o rebanho dos animais que os procuravam, e eles notaram algo estranho, cercas bem arrumadinhas cercavam os Touros Mecânicos e os Touros de Colchis, que estavam quietos ali dentro como se fossem um rebanho comum, pacíficos.

Alana foi a primeira a notar uma casa grande um pouco afastada do curral dos Touros, e era perceptível uma fumaça saindo da chaminé da casa, assim como aparelhos de ar condicionado bem instalados nas paredes laterais, e a essa perspectiva de uma casa com ar condicionado fez com que a preocupação dos dois sumisse, eles só pensavam em se refrescar e beber água, e isso toldava a percepção de ambos.

Quase sem medo eles avançaram com ímpeto em direção da casa, e parecia que a cada passo que davam o calor aumentava, assim como o cansaço e a sede, e em outra eternidade para eles, alcançaram a porta da casa que estava aberta, o que eles não tinham visto antes, e um ar frio saia de lá quase gritando aos campistas, e estes logo entraram na casa, agradecendo imensamente por aquele ambiente que os estavam refrescando. A casa parecia vazia, mas estranhamente eles encontraram na sala dois copos grandes de água com gelo, e sem pensar direito ambos pegaram os copos os tomando quase de um gole só, sentindo-se satisfeitos quase de imediato.

E logo eles sentiram o cansaço pesar, e por isso sentaram-se lado a lado no sofá da sala, em frente a mesinha onde estavam os copos, em que eles perceberam ter um prato com biscoitos, que eles também não resistiram em comer, e como dizem depois de comer um soninho sempre vem, e sem perceberem os dois adormecem no sofá.

_________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Com um sobressalto Alana acorda em uma cama de solteiro bem arrumada, e a seu lado ela escutam ronco, em que ela olha assustada e encontra Marvolo deitado em outra cama de solteiro a seu lado direito, e em uma rápida olhada ela percebe que TODOS os seus pertences estavam sumidos, ela levanta-se rápido e cutuca seu namorado o acordando.

- Estamos em apuros. – foram as palavras da Filha de Zeus.

Um barulho a fez olhar em direção a porta que estava meio aberta, e ela pode ouvir palavras sussurradas, e em um impeto ela puxa Marvolo, o colocando de pé, e vai em direção a porta, e assim em direção ao som das palavras.

#22

Alana Branislav

Alana Branislav
Filho(a) de Zeus
Filho(a) de Zeus
Ver perfil do usuário
Droga, eu havia baixado a guarda e agora estava totalmente sem proteção ou equipamentos. Agora eu estava ainda mais dependente dos meus poderes e sem minha mochila com minhas poções tudo ficava ainda mais limitado.

Sigo para a porta, mantendo-me atenta aos sons. Assim que chego à ela, paro e tento ouvir o que falavam, tentando distinguir quantas pessoas haviam ali e, pela suas vozes, se eram humanas ou não.

Caso sentisse algum movimento perto da porta, rapidamente empurraria Marvolo para longe e, colocando-me ao lado da porta, colada à parede, espero que a pessoa ou ser entre. Se não fosse um humano, rapidamente ativaria |Força de Júpiter[Inicial]| e, tomando impulso na parede, saltaria contra a criatura, dando-lhe um soco duplo no meio das costas. Então me afasto, tomando cuidado para não dar as costas para a porta, e fico atenta para desviar de qualquer ataque.

Se não sentisse nenhum movimento perto da porta, ficaria ouvindo atentamente.


Passiva a considerar:
Nível 2 - Antigravidade : Os céus conspiram a favor do filho de Zeus, puxando-o para si, garantindo assim que o filho de Zeus não se machuque tanto em quedas livres, além de permitir-lhe saltos maiores.

Ativa usada:
Nível 5 - Força de Júpiter[Inicial] : Quando o herói usa esta habilidade ele fica extremamente forte, ultrapassando até mesmo os limites heróicos, por um turno. O uso desta habilidade requer 25 pontos de energia.



Braceletes da Força Olimpiana: Enquanto utilizar esses braceletes o filho de Zeus terá sua força aumentada. (+15 FOR)
Anel do trovão: O anel oferece o raio que o filho de Zeus precisar para efetuar suas habilidades ativas, mas não o regenerará em momento algum. Além disso, anel concede a um nível a mais da passiva "Antigravidade" que o semideus tiver (ou seja se ele tiver a inicial, com esse anel concederá a intermediária). O raio demora quatro rodadas para poder ser invocado novamente.


#23

Re: Hunt 7| Texas| Alana e Marvolo

por Hera em Sex 9 Mar 2012 - 17:20

Hera

Hera
Deusa Olimpiana
Deusa Olimpiana
Ver perfil do usuário
A Filha de Zeus aproxima-se com cautela da porta , e esforça-se para escutar o que as vozes diziam, ela conseguiu pegar um pedaço da conversa.

-... Acha mesmo que eles vieram aqui carregando tudo isso apenas para olhar? - perguntou uma vez que ela claramente podia identificar que era de um homem jovem, com o sotaque Texano bem latente.

- Claro que não, meu filho. Por isso vamos manter essas mochilas e equipamentos bem guardados na sala de troféus, eles estarão bem seguros ali. Agora vamos voltar aos nosso afazeres, perdemos uma tarde e a manhã de hoje nos preocupando com os forasteiros, eles ainda devem demorar a acordar. – falou a voz visivelmente mais velha e feminina.

- Espero que esteja certa mãe... – e com isso a campista escuta os passos indo em uma direção e uma porta se abrindo e os passos ficando distantes, antes de se mexer, ela ainda continuou a porta para ter certeza de que eles foram, e com isso ela escutou a voz de seu namorado, sussurrando também:

- Acho que vamos ter que roubar nossas coisas de volta... E descobrir oque eles são, conseguiu ter qualquer que seja uma indicação do que eles sejam. – e com isso ele afasta Alana e abre a porta, cauteloso também, e vendo que não tinha nada estranho no corredor ele avança em direção a escada, o quarto estava bem próximo da mesma, por isso escutaram a conversa do mesmo.

Sem demora os dois descem a escada tomando o máximo de cuidado para não fazer algo que desperte a atenção e se deparam com um hall que eles não lembravam existir, ou talvez eles não notaram quando passaram lá pela primeira vez, nesse hall tinha as escadas, e três portas, duas fechadas e uma aberta, a que eles viram a vaga e familiar sala de estar que encontraram os copos de água, e as outras duas que restaram levava a outro lugar da casa, eles precisavam saber qual era a que necessitavam entrar para achar o que queriam.

Atrás de uma das portas vinha um barulho estranho, a da direita,, em que algo borbulhava e apitava, e da outra, a da esquerda, eles puderam perceber nenhum som. Qual delas, afinal, deviam seguir?

#24

Alana Branislav

Alana Branislav
Filho(a) de Zeus
Filho(a) de Zeus
Ver perfil do usuário
Olhei para as portas e ouvi os sons. A razão me mandava para a sala silenciosa, mas o extinto me moveu para a outra.

- Eles não pareciam normais, então seus troféus também não serão. - sussurro para Marvolo, com um sorriso meio sapeca.

Abro a porta da sala barulhenta com cuidado e devagar. Pela fresta, tento ver se havia algo que pudesse ser perigoso. Aos poucos, abriria a porta e continuaria checando a sala. Se estivesse sem ninguém e eu avistasse nossos equipamentos, entraria com cuidado e atenção redobradas e os pegaria de volta.

Se os donos das vozes aparecessem novamente, fora da sala, eu entraria rapidamente e, caso estivessem ali, pegaria meu Aégis e minha espada e me prepararia para uma luta. Se eles estivessem dentro da sala, eu entraria da mesma maneira, e tentaria chegar até meus equipamentos, se estivessem lá, atenta para desviar de qualquer ataque o melhor e mais rápido que pudesse.



Braceletes da Força Olimpiana: Enquanto utilizar esses braceletes o filho de Zeus terá sua força aumentada. (+15 FOR)
Anel do trovão: O anel oferece o raio que o filho de Zeus precisar para efetuar suas habilidades ativas, mas não o regenerará em momento algum. Além disso, anel concede a um nível a mais da passiva "Antigravidade" que o semideus tiver (ou seja se ele tiver a inicial, com esse anel concederá a intermediária). O raio demora quatro rodadas para poder ser invocado novamente.


#25

Re: Hunt 7| Texas| Alana e Marvolo

por Hera em Sab 10 Mar 2012 - 15:47

Hera

Hera
Deusa Olimpiana
Deusa Olimpiana
Ver perfil do usuário
A Filha de Zeus mostra o porque de estar lá e mostra sua astúcia ao seguir seus instintos e abre a porta em que os barulhos vinham, pela fresta da porta que ela abriu, conseguiu ver dentro de uma caixa de vidro algo quente borbulhando e assumindo várias formas, em tubos transparentes no teto presos por fios ela via algo não identificável correr, e o barulho de apito parecia vir dali, ela também viu outros objetos estranhos, outros estáticos e outros que movimentavam-se , mais ao fundo ela conseguiu ver um armário todo de vidro e em um reflexo ela viu o Áegis, e ela soube que era ali.

Mas antes que ela pudesse abrir mais a porta ela viu uma movimentação diferente dentro da sala, e em outro vislumbre ela vê três cães infernais andando na sala, eles estavam tomando conta de lá, e ainda não haviam percebido a presença deles.

Alana estava intrigada, o que seriam essas “pessoas” que tinham cães infernais a seu serviço, e criavam aqueles touros demoníacos no meio do Parque no Texas? O que estava acontecendo ali?

Cães infernais : 400/400

#26

Marvolo Burbage

Marvolo Burbage
Filho(a) de Hermes
Filho(a) de Hermes
Ver perfil do usuário
Vejo a expressam de Alana enquanto ela está olhando para dentro daquela sala, o que quer que fosse era muito estranho para deixá-la daquele jeito. Pego no braço dela e fecho a porta delicada e silenciosamente para não fazer barulho algum. Assim que a parte estiver fechada sussuro para ela perguntando o que ela viu dentro da sala.

Assim que ela me passar as informações penso em uma forma de entrar na sala, recuperar os nossos itens, e não matar esses cães infernais.

- Não podemos matar os cães assim, eles vão desconfiar de alguma coisa se os seus animazinhos de estimação começarem a sumir de repente.

Olho para Alana, aqueles olhos azuis me reconfortavam e me faziam pensar melhor. Toco na minha tatuagem onde meu escudo ficava armazenado, aquela era a única "arma" que tinhamos. Abro a porta e entro sorrateiramente, invoco meu escudo e ativo Dash II e como os cães não poderiam revidar pois seriam pegos de surpresa, desmaio os cada cão com pancadas rápidas e localizadas do escudo em seus pescoços, chamo Alana para dentro da sala, abro o armarios e recolho os nossos pertences.

Passivas a Considerar:
Nível 5 - Golpe Duplo: o herói pode dar dois golpes em um post, desde que esteja utilizando armas leves (adaga ou espada curta).
Nível 9 - Perícia com Facas[Intermediário] : Confere nível de perícia [Intermediário] para a perícia com facas. Permite que o herói treine suas outras perícias até o nível [Intermediário].
Nível 10 - Destreza [Avançada]: Agora a velocidade e agilidade do herói e superior a de qualquer outro semi-deus, o herói por exemplo pode fazer grandes esquivas e movimentos acrobáticos em batalha.
Nível 11 - Arremesso: o herói tem facilidade para arremessar coisas leves (inclusive armas curtas) que dificilmente não acertaram o alvo.
Nível 12 – Sorte: O Filho de Hermes nesse nível ganha a mais poderosa arma de todas, a sorte .
Nível 15 - Esquiva Sobrenatural: o herói adquire a habilidade intuitiva de reagir ao perigo antes que seus sentidos consigam identificar a ameaça. EX: uma faca e arremessada na direção das costas do herói, ele sentira a necessidade intuitiva de reagir e se esquivara antes mesmo de seus sentidos consigam detectar a ameaça.

Nível 9 - Dash II : : Dessa vez, você pode entrar em alta velocidade de Dash não apenas em uma super corrida no chão, mas também e um movimento aero ou uma rasteira no chão, sendo que agora o Dash faz seu movimento inteiro entrar em estado de Dash. A habilidade pode cobrir uma área de 30 metros e gasta 2 de MP para cada metro em Dash. Entrara em espera durante 4 rodadas ou ate o termino da missão.
Nível 2 – Mixa: O Herói consegue abrir qualquer fechadura sem problemas .O uso dessa habilidade gasta 10 pontos de energia .



#27

Re: Hunt 7| Texas| Alana e Marvolo

por Hera em Ter 13 Mar 2012 - 17:18

Hera

Hera
Deusa Olimpiana
Deusa Olimpiana
Ver perfil do usuário
No afã de Marvolo de se colocar como o homem, ele acaba por puxar uma compenetrada Alana, que estava distraída por seus pensamentos, que se assusta com a movimentação brusca e solta um gritinho assustado, e não deu outra, os cães começaram a rosnar dentro da sala e farejar pegando o cheiro dos dois intrusos, e correram em direção a porta que os dois mais que rapidamente fecham na cara dos cães que batem de encontro a porta rosnando e arranhando a mesma, mas pelo visto ela era ao menos resistente a força dos três cães.

Eles precisavam agora de outra tática para conseguir pegar seus pertences, e o elemento surpresa não existia mais, eles tinham e agora necessitavam de enfrentar cara a cara os cães.

Cães Infernais: 400/400

#28

Alana Branislav

Alana Branislav
Filho(a) de Zeus
Filho(a) de Zeus
Ver perfil do usuário
Argh! Marv sempre apressadinho e agora eu que tinha que agir depressa.

Respiro fundo, concentrando-me. Uso |Sugar dos Céus I| em Marvolo, concentrando-me ao máximo para que ele ficasse o mais distante do chão possível. Quando eu soubesse que ele estava seguro, acumulo toda a minha força e energia nos punhos, golpeando-os no chão o mais perto da porta que eu podia e liberando um |Asura I|. A descarda atingiria 5 metros de raio, com sorte pegando em todos os cães. Conseguindo atingi-los - eu saberia pelos sons que eles emitiam - eu apenas abriria a porta e entraria, buscando meus equipamentos.

Não tendo sucesso com o Asura, eu ativaria |Força Olimpiana [Inicial]| e, com toda a minha nova força, golpearia a porta, arrancando-a das juntas e lançando-a para trás - com sorte atingindo os cães. Então eu entraria depressa, desviando de qualquer ataque e contra-atacando como pudesse, e pegaria meu escudo e minha espada, ficando pronta para defender-me e lutar.

Logo após o efeito da Asura, independente se tivesse tido sucesso ou não, cancelaria a habilidade lançada sobre Marvolo, para que ele entrasse na sala comigo.



Ativas usadas:
Nível 5 - Força Olimpiana [Inicial]: Quando o herói usa esta habilidade ele fica extremamente forte, ultrapassando até mesmo os limites heroicos, por um turno. O uso desta habilidade requer 25 pontos de energia.
Nível 6 - Sugar dos Céus I: O filho de Zeus agora pode expandir sua passiva Antigravidade para um único alvo, fazendo-o ser puxado para os céus. Neste nível, poderá erguer apenas inimigos pequenos, e fazer alguns outros se desequilibrarem, sendo erguidos um pouco do chão. Gasta 30 de energia, e dura 2 rodadas. A habilidade entrará em espera por três turnos.
Nível 10 - Asura I: O herói golpeia o chão, dando uma descarga elétrica poderosa, num raio de 5 metros. O uso desta habilidade requer 70 pontos de energia.



Braceletes da Força Olimpiana: Enquanto utilizar esses braceletes o filho de Zeus terá sua força aumentada. (+15 FOR)
Anel do trovão: O anel oferece o raio que o filho de Zeus precisar para efetuar suas habilidades ativas, mas não o regenerará em momento algum. Além disso, anel concede a um nível a mais da passiva "Antigravidade" que o semideus tiver (ou seja se ele tiver a inicial, com esse anel concederá a intermediária). O raio demora quatro rodadas para poder ser invocado novamente.


#29

Re: Hunt 7| Texas| Alana e Marvolo

por Deméter em Dom 19 Ago 2012 - 18:48

Deméter

Deméter
Deusa Olimpiana
Deusa Olimpiana
Ver perfil do usuário
Alana age rapidamente, usando sua habilidade, conseguindo erguer seu namorado a uma altura segura do chão, sendo uns 30 cm. E com isso reúne toda sua força e em seus punhos usando outra de suas habilidades, socando o chão, criando uma descarga elétrica. O cão que estava mais perto da porta foi atingido com a descarga máxima, ela escutou um ganido doloroso e viu pó saindo pela fresta da porta, o segundo que estava mais próximo também recebeu uma grande descarga, mas ela continuou escutando o choro dele, mas bem fraco.
O terceiro também foi atingido, mas ele estava mais longe do epicentro, ele ganiu de dor, mas ele parecia estar mais forte que o outro, mas ela escutou um baque no chão indicando que ele estava, no momento, impossibilitado.

Com rapidez ela libera Marvolo de sua habilidade e dos dois entram na sala olhando espantado as coisas esquisitas que eles guardavam na sala, pareciam troféus. Ou uma coleção bem esquisita. Com rapidez correram até o armário de vidro, e tarde de mais notaram que ele estava trancado. Alana deu um soco no vidro, mas ele não se quebrou, a fazendo estranhar.

Nesse meio tempo o terceiro cão ergue-se do chão e começa a rosnar para os campistas, pendurado em seu pescoço estava uma chave dourada.

Cão Infernal(1): MORTO
Cão Infernal(2): 10/400
Cão Infernal(3) 200/400

Ambos postam!

#30

Re: Hunt 7| Texas| Alana e Marvolo

por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado


#31

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 3 de 5]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum